Portal da Educao Adventista

*Educ' arte - Prof.ª Séulima*

8

fev
2013

Educação e brincadeira

dinamicas para primeiro dia de aula

comentários[0]

12

jun
2011

Professor: o estresse da profissão

Sabemos que ser professor não é uma profissão fácil. Além das exigências que a própria profissão exige, este deve ter muito trato com pais, alunos e outros profissionais do ambiente escolar em que vive.

As responsabilidades são muitas, visto que deve ser organizado, preparar bem os planejamentos de aula, preencher os diários das aulas com os conteúdos abordados em cada dia e sob a tensão de não poder rasurá-los, participar de reuniões de pais, de reuniões internas e de grupos de estudo para manter-se atualizado e em constante formação.

Leva muito trabalho para fazer em casa, como elaborar provas, trabalhos, projetos articulando os conteúdos da grade curricular obrigatória, adequando-os aos temas transversais, etc.

Mas lidar com vários tipos de pessoas também é tarefa desgastante. Nem sempre as coisas acontecem como gostaríamos que fosse e o estresse nas relações pessoais é quase impossível de não aparecer. O professor tem que ter jogo de cintura para conviver com atitudes de terceiros, como mau humor, agressividade, reclamações, grosserias, interrupções das aulas, alunos agitados e inquietos, atividades que não saem como foram planejadas, levando-o a sentir-se frustrado e impotente.


Um lugar tranqüilo para se distrair pode aliviar o estresse

Nessa luta constante ainda vemos que os professores convivem com o pouco reconhecimento de seu valor profissional, recebendo baixos salários, muitas vezes necessitam ter dois ou três empregos para conseguir manter-se financeiramente.
Com uma carga de trabalho muito puxada, ao chegar em casa tem ainda que lidar com a família, filhos, cônjuges, e as obrigações referentes aos mesmos. Será que sobra pique e dinheiro para a diversão?

É preciso pensar e planejar-se para isso, pois com tanta carga e o excesso de trabalho pode chegar a sofrer de depressão.
Na verdade, o professor deve tentar ser o mais prático possível, para organizar seu tempo, sua vida, de forma que não fique tão sobrecarregado. Deve evitar se ater a pequenos detalhes, tentar ser o mais dinâmico possível e aproveitar todos os momentos livres enquanto estiver na escola, para adiantar e organizar melhor seu trabalho, evitando levá-los para casa. Deixe que fiquem apenas os que não têm mesmo jeito de fazer na escola.

Organize um horário para fazer um passeio relaxante ou ainda uma atividade física, como caminhada, corrida, ir a um parque ou praça, sozinho ou com a família, de acordo com o que achar melhor. O importante é não abrir mão do tempo para descansar e se distrair, afinal, é um ser humano como outro qualquer e deve ser respeitado dentro das suas limitações.

Por Jussara de Barros
Graduação de Pedagogia
Equipe Brasil Escola

comentários[1]
Assinar RSS

mais buscadas

2004-2011 Educação Adventista Todos os direitos reservados.