Portal da Educao Adventista

*Blog do Professor Turcão *

27

abr
2014

Spray de vidro




O curioso spray de vidro líquido

Um curioso spray de vidro líquido foi criado no Reino Unido e prometecombater todo tipo de sujeira, mantendo roupas e outros objetos permanentemente limpos. Esse spray seria capaz de criar uma camada protetora contra sujeira, calor, infecções e radiação ultravioleta.

O spray de vidro líquido, chamado tecnicamente de "camada ultrafina de SiO2", é um produto feito de dióxido de silício quase puro. Essa substância é extraída da areia de quartzo. O produto também tem água ou etanol, e não possui aditivos.

O spray tem um poderoso efeito antibacteriano de longa duração. O produto é transparente, atóxico e pode ser usado em qualquer tipo de superfície.

A ação do spray de vidro líquido consiste em fazer com que as moléculas damistura grudem numa nanoescala, graças às forças quânticas. O produto impede que as bactérias se multipliquem com facilidade.

Na prática, o spray produz uma camada com largura de 15 a 30 moléculas. Essa camada é usada para repelir as bactérias.

O produto já foi testado por empresas do ramo alimentício para esterilizar objetos, e também já foi usado para cobrir sementes e plantas em testes realizados em vinhedos. O produto se mostrou bastante eficiente para proteger as uvas de fungos

comentários[0]

29

mai
2013

Visite Site do Turcão

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Clique na Imagem Abaixo


 

 

comentários[0]

29

mai
2013

Fechar o Punho Melhora a memória

Na ponta da língua? Fechar o punho pode ajudar a ativar a memória

Fonte da imagem: pixabayNa ponta da língua? Fechar o punho pode ajudar a ativar a memória

Já deve ter acontecido com você de ter uma palavra na ponta da língua, mas não conseguir se lembrar dela de jeito nenhum, não é mesmo? Pois de acordo com o siteThe Atlantic, um estudo realizado por pesquisadores norte-americanos sugere que fechar os punhos pode ajudar a ativar a atividade focal do cérebro e auxiliar você a lembrar coisas, contanto que o abrir e fechar de mãos seja feito obedecendo uma determinada sequência.

Segundo os pesquisadores, fechar um dos punhos pode estimular a atividade cerebral do lado oposto ao da mão fechada aproximadamente 90 segundos mais tarde. Assim, ao fazer isso com a mão direita, por exemplo, estimulamos a atividade do hemisfério esquerdo do cérebro, lado associado a emoções como felicidade e raiva. Por outro lado, fechar o punho esquerdo ativa a atividade do hemisfério direito, associado a emoções como a tristeza e a ansiedade.

Experimento

Estudos anteriores já haviam apontado que a área pré-frontal esquerda do cérebro parece estar associada à codificação das memórias, enquanto a área pré-frontal direita está relacionada ao resgate dessas memórias. Para comprovar essa hipótese, os pesquisadores realizaram testes de memória com um grupo de voluntários %u2014 todos destros %u2014, que tiveram que memorizar e depois lembrar palavras enquanto apertavam uma bolinha.

Fonte da imagem: pixabay

Os resultados mostraram que os participantes que memorizaram as palavras imediatamente depois de fechar o punho direito, para fechar o punho esquerdo logo em seguida, apresentaram um desempenho melhor do que os participantes que fecharam os punhos seguindo a sequência contrária.

Direita, esquerda

De acordo com os pesquisadores, estimular determinadas regiões do cérebro em uma sequência definida resulta em um melhor desempenho de algumas funções. Apesar de o estudo ter sido pequeno e envolvendo apenas um reduzido grupo de indivíduos destros, a ideia por trás do experimento é bem interessante.

Portanto, não custa nada exercitar as mãos para refrescar a memória: basta se lembrar da sequência certa %u2014 mão direita e depois a esquerda para os destros e, supostamente, a esquerda antes da direita para os canhotos %u2014 para trazer à ponta da língua aquelas palavras que escaparam da sua memória.

comentários[0]

29

mai
2013

7 Curiosidades de Matemática

Uma das ciências mais temidas nos colégios tem

histórias e explicações bem interessantes.

 

(Fonte da imagem: ThinkStock)

Das duas, uma: ou a matemática era um dos seus piores pesadelos nos tempos de escola ou você pegou tanto gosto pelos números que resolveu seguir uma profissão relacionada a eles quando crescesse.

Seja qual for o seu caso, não tem como não achar incrível a transformação dos números por meio de fórmulas e a possibilidade de calcular fenômenos da natureza inteiros só com conhecimentos de aritmética, álgebra ou geometria.

Pensando nesses fatores que impressionam desde os matemáticos até os já que encararam uma reprovação, reunimos abaixo algumas curiosidades e fatos sobre essa ciência que pode ser bastante divertida - e que muita gente ama odiar.

1. O poder do "4"

Essa aqui é mérito nacional e bastante conhecido de quem já gostava de matemática na infância. Escrito pelo brasileiro Júlio César de Melo e Sousa, sob o pseudônimo Malba Tahan, o livro "O Homem que Calculava" trazia, entre outras teorias, a dos "quatro quatros".

Nem precisa de tudo isso: o 4 dá conta do recado. (Fonte da imagem: ThinkStock)

Segundo ela, é possível formar qualquer número inteiro de 0 a 100 utilizando quatro numerais 4 e sinais de operações matemáticas, como soma, divisão, exponenciação ou fatorial. Deseja obter um "3"? É só fazer a seguinte operação: (4 4 4)/4. Fãs de Tahan já afirmam conseguir obter qualquer número até a casa dos 100.000. Será que você consegue?

2. Como é que é?

O austríaco Kurt Gödel é responsável por uma das curiosidades mais interessantes e bizarras da matemática. O "Teorema da incompletude" que leva seu nome tem duas teorias, mas a segunda delas é capaz de confundir a cabeça até do fã mais radical dessa ciência.

Segundo ela, uma teoria aritmética só pode provar sua consistência se for um axioma inconsistente. Calma, explicamos: uma fórmula não pode garantir sua própria existência - mas isso pode ser feito por outra verdade matemática, que dá continuidade ao ciclo. Que confusão!

3. Ele está em todo lugar

O número de ouro é uma das teorias mais surpreendentes da matemática - e também a que mais está envolvida em mentiras. Ela fala de uma unidade irracional que estaria presente em vários elementos da natureza, da arquitetura e até do corpo humano.

Escravos? Que nada! Quem fez isso foi a matemática. (Fonte da imagem: Reprodução/Wikimedia Commons)

Representado pelo símbolo grego Phi (f), o número 1,6180, que seria equivalente à razão diagonal/lado de um pentágono regular, é estudado desde a Antiguidade por matemáticos. Ele indicaria a harmonia, por isso estaria presente em obras de Leonardo da Vinci, construções como as Pirâmides do Egito e até no comprimento das falanges humanas. Mas isso também o levou a ser questionado por muitos outros teóricos recentes, que afirmam que a presença dele em obras de arte é pura especulação.

4. Recompensa cheia de números

Em 2000, o Clay Mathematics Institute anunciou que pagaria o prêmio de US$ 1 milhão a cada matemático que fosse capaz de resolver os chamados "problemas do milênio": sete problemas bolados durante vários séculos e que nunca haviam sido resolvidos.

Ninguém nega que o prêmio é bom, mas isso não significa que ele sairia tão facilmente. Demorou dez anos para a fundação desembolsar o primeiro dos sete pagamentos, feito ao russo Grigori Perelman, que resolveu a chamada "conjectura de Poincaré", uma série de cálculos abstratos envolvendo esferas tridimensionais. Ele rejeitou o pagamento e, até agora, ainda é o único a riscar um problema da lista.

5. Gênio precoce

Enquanto você joga video games, o Galois estuda. (Fonte da imagem: Reprodução/Wikipédia)O matemático Evariste Galois é um dos destaques dessa ciência por seu conhecimento elevado ainda na adolescência, quando muita gente não quer nem chegar perto dos números. Ele chegou até a questionar os professores e abandonar as aulas para estudar por livros de gênios já consagrados, pois se considerava um nível acima daquilo tudo.

Nessa época, ele inventou um ramo totalmente novo da matemática, a "teoria dos grupos", na qual constava a resposta sobre como resolver uma equação do 5° grau ou mais sem utilizar a transformação dos radicais, mas buscando as raízes da fórmula.

6. Tem que estudar mais, menino!

(Fonte da imagem: ThinkStock)

A nota média de matemática dos estudantes que se formaram no ensino médio em 2011 e prestaram o exame SAT (Scholastic Aptitude Test) foi de apenas 510 pontos, em um total de 800. O teste serve para avaliar a aptidão do aluno e direcioná-lo para a universidade mais adequada.

7. Primo de quem?

Os números primos fazem parte de um dos mais simples e intrigantes mistérios da matemática. Por que o 7, o 13 e o 29 são primos - e as unidades anteriores ou seguintes não? O padrão de distribuição dessa classificação permanece desconhecido, mas há uma luz no fim do túnel.

Chamada "Hipótese de Riemann", a teoria tenta estabelecer um padrão escondido e não aleatório para os números primos - mas entender isso leva ainda mais tempo do que decorá-los.

Fonte:http://www.megacurioso.com.br

comentários[0]

15

nov
2012

Olho Gigante

O misterioso olho gigante encontrado na praia

Pesquisadores de peixes e da vida selvagem apontaram a provável fonte de um globo ocular gigante e azul que foi encontrado numa praia da Flórida, nos Estados Unidos. Após os exames, os pesquisadores disseram acreditar que a esfera misteriosa foi cortada por um pescador e atirada no mar.

"Especialistas analisaram o olho, e com base em seu tamanho, cor e estrutura, juntamente com a presença de ossos ao redor dele, acreditam que ele seja de um peixe-espada", disse Joan Herrera, da Comissão de Pesquisa da Florida Fish e Wildlife Conservation (FWC).

"Com base em cortes visíveis ao redor do olho, acreditamos que ele foi removido por um pescador e depois descartado".

No Oceano Atlântico, esse tipo de peixe-espada pode chegar a um peso colossal de até 500 quilogramas, e nesta época do ano é comum que os pescadores o peguem na costa sul da Flórida, segundo a FWC. A agência disse ainda que testes genéticos serão feitos para confirmar a identificação.

As imagens do olho misterioso foram postadas pela FWC um dia depois que ele foi encontrado por um homem em Pompano Beach, ao norte de Fort Lauderdale. As fotos misteriosas caíram no Flickr e no Facebook e causaram uma grande especulação sobre a origem do olho. Alguns tinham inicialmente sugerido que este poderia ter sido desalojado de uma lula gigante, mas a maioria dos especialistas dizia que o olho pertencia a um peixe-espada.

"Você normalmente não encontra olhos flutuantes de qualquer animal", disse o biólogo Sönke Johnsen, da Universidade Duke. Johnsen foi cauteloso sobre como fazer um julgamento com base nas fotos, mas disse: "Eu tenho quase certeza que é só o olho de um peixe grande, provavelmente um espada".

"Os olhos dessa espécie ficam bem grandes, mas as pessoas não percebem isso porque a maior parte do olho é dentro da cabeça", escreveu ele num e-mail enviado para LiveScience.

Fonte: Live Science e http://www.sitedecuriosidades.com

comentários[0]

Hora Certa

Versos Bíblicos

Previsão do Tempo

Assinar RSS

mais buscadas

2004-2011 Educação Adventista Todos os direitos reservados.