Portal da Educao Adventista

**Prof%uFFFD Thainara* *

26

abr
2011

Sugestões dia das mães...

 

 

[minhas

comentários[0]

24

abr
2011

Noite: "Brincando com o papai"

Através do prjeto "Família e escola: um elo de amor" Vimos as mães vindo a escola contar histórias e agora preparamos um anoite especial para que cada criança pudesse brincar com seu papai!...

Quero agradecer a presença das famílias que sempre apóiam os nossos eventos, saibam que seus filhos ficaram muito felizes....

Abraços....

Prof: Thainara

 

FOI UMA NOITE MARAVILHOSA..........

comentários[0]

21

abr
2011

Bom Feriado.. e Feliz Páscoa!!!

21 de abrilQuinta


Um Ladrão no Paraíso


Jesus, lembre-Se de mim quando o Senhor vier como Rei! Lucas 23:42, NTLH


O último amigo de Jesus era um pecador, ladrão, malfeitor que no caminho descendente para o fracasso se encontrava no último degrau. Ali estava ele na última hora de sua vida, colocando a confiança no poder e misericórdia do Salvador. Como outros, desejava uma segunda chance. Um novo começo. Uma página em branco. Foi a única pessoa que chamou Jesus de Jesus.


Quando chamou Jesus de Senhor, aquele homem declarou sua crença na existência de um reino. Se Ele era rei, possuía um reino. Se Jesus tinha um reino, então ele queria ser Seu súdito. Por isso, disse: "Senhor, apesar do que sou, há a possibilidade de que Te lembres de mim quando vieres como Rei?"


Jesus viu aquele momento como se fosse o clímax do trabalho da redenção, e então, no último instante de Sua vida, na hora mais difícil, proferiu uma palavra de ânimo a um bandido que estava ao Seu lado, numa cruz. Respondeu: "Eu lhe garanto [hoje]: você estará comigo no paraíso" (v. 43). Em realidade, ali se cumpria o que o profeta Isaías escrevera: "Ele verá o fruto do penoso trabalho de Sua alma e ficará satisfeito" (Is 53:11, ARA).


A força que transcendeu desse encontro há 20 séculos ainda nos alcança. Ali estava um homem que não mais "se escondia". Que se jogou totalmente nos braços da graça de Deus. Com ele aprendemos que não podemos ganhar a salvação. Nem podemos comprá-la. Nem mesmo ser suficientemente bons para recebê-la. O que o ladrão fez para merecer essa graça?


O caminho da salvação é simples. O pior dos pecadores pode ser salvo. Tudo o que ele teve que fazer foi receber a graça de Deus por meio da fé em Jesus.


Hoje também você pode orar como o ladrão penitente: "Jesus, lembre-Se de mim quando o Senhor vier como Rei!"


E assim como Jesus respondeu ao ladrão arrependido, Ele certamente também lhe dirá que você tem um lugar garantido em Seu reino.

comentários[0]

18

abr
2011

bOM DIA...

Obrigada pelas visitas... e comentários.. vocês são d

Beijão..

Prof° Thainara

comentários[0]

18

abr
2011

Atividades em sala...

Blog da Elen.... www.educacaoadventista.org.br/blog/elenprado

Atividades para a Semana da Páscoa

 

Objetivos:

- Reconhecer o preço do sacrifício de Cristo.
- Compreender que o sacrifício de Jesus só faz diferença na vida quando, através da decisão pessoal, o aceitamos como nosso Salvador.
- Entender que Jesus nos purifica de todo o pecado.
- Conhecer um pouco da cultura do Oriente Médio: vestimentas, culinária, ambientes e outros;

Para introduzir o tema:

Mostrar no mapa mundi o Egito e os países vizinhos. Fazer um Power Point com curiosidades destes países, como culinária, esportes, vestimentas, etc. Mostrar algumas a cada dia e falar a respeito dessa curiosidade. No terceiro dia as crianças deverão vir vestidas como os árabes e assistir aulas vestidas assim. Serviremos pão sem fermento, coalhada seca, alface e suco de uva.

Prepare algo com as figuras de coelho, ovo, cruz, Jesus e todas as outras que foram separadas para o momento. Pode também vestir uma criança de coelho.
Escolha uma criança para segurar cada gravura, assim haverá participação.
Pergunte às crianças sobre a Páscoa. Deixe que comentem o que sabem sobre Páscoa, sem censurá-las e sempre de acordo com cada figura. Dê oportunidade para quem quiser expressar sua opinião.

Comente:

Será que tudo o que nós aprendemos sobre Páscoa está certo? E os símbolos da Páscoa? Coelhos? Judas? Ovos de chocolates?  O que será que a Bíblia nos diz? Ela é a Palavra de Deus. Vamos aprender o que a Bíblia diz sobre a Páscoa .

História:  

1º dia: O desejo de Deus de libertar seu povo

Quando o povo de Israel era escravo no Egito viviam sofrendo e sendo maltratados. Eram obrigados a trabalhar por muito tempo e a fazer coisas muito difíceis.  Às vezes, nós temos que fazer coisas difíceis também. É um coleguinha que nos trata mal na escola, ou quando nossos pais passam por momentos em que não podem nos dar tudo o que queriam dar, ou quando ficamos doentes. Mas Deus amava o povo de Israel, assim como nos ama. Ele estava com os israelitas mesmo no sofrimento, mas desejava vê-los felizes. Algo precisava ser feito. Então Deus disse a Moisés, líder do povo:"Avise a cada israelita que Eu farei com que os primogênitos (explicar o significado da palavra), de cada família na Terra do Egito morra."
Moisés deve ter ficado muito assustado!


2º Dia  -  O aviso

Revisar rapidamente o dia anterior

Mas Deus continuou:

"Porém, não quero que os filhos do meu povo morram. Por isso, mande cada família matar um cordeirinho e usar o seu sangue para passar ao redor das portas de suas casas. Depois devem preparar uma comida com ele e comerem todos juntos. Aonde houver sangue nas portas, o primeiro filho de cada família não morrerá."
Como Deus é maravilhoso! Ele ama tanto o Seu povo que sempre procura salvá-los e ajudá-los! Por isso devemos buscar a Deus sempre que temos problemas.
Naquela mesma noite aquilo aconteceu contra o Egito. Só escaparam da tragédia as casas em cujas portas havia o sangue protetor.

Essa foi primeira Páscoa.

3º dia - O Cordeiro de Deus
(Revisar os 2 dias anteriores)


Páscoa significa "passar por cima" ou "passagem sobre", ou seja, passar por aqueles que estavam protegidos pelo sangue e não os destruir. Então os israelitas foram libertos da escravidão no Egito. Da mesma forma, Deus deseja nos libertar das coisas ruins que nos afastam Dele. O pecado nos torna escravos e vivemos longe de Deus.

Por isso, Deus mandou Jesus para ser o nosso Cordeirinho. Ele pegou tudo aquilo que fazemos de errado como se Ele tivesse feito. Jesus morreu na cruz, ou seja, se sacrificou por nos amar!

Para sermos felizes, precisamos muito de Jesus em nossa vida. Sem Ele, o pecado nos torna escravos. Até hoje o povo de Israel comemora a Páscoa, quando Deus libertou o povo do Egito. Nós comemoramos a Páscoa, que é Jesus, porque Ele deu a Sua vida por nós, derramando Seu sangue para que pudéssemos ser livres, assim como o cordeirinho.

Jesus é o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo! Mas Jesus não permaneceu morto. Quando se passaram três dias Ele ressuscitou, ou seja, voltou a viver, e subiu ao céu. Jesus está vivo para sempre! Se alguém quer que Jesus limpe o seu coraçãozinho da sujeira do pecado, deve permitir que Jesus more em seu coração.

Para culminância:
Preparar uma mesa com pães sem fermento e o suco de uvas. Explicar o simbolismo.
Falar também do lava-pés de Jesus com seus discípulos por ocasião da morte de Jesus.

Ore e cante com as crianças. (música Páscoa - CD Cante Conosco vol. 3)

Aplicando a História:

  • Como o povo estava no Egito?
  • O que Deus fez? Por quê?
  • O povo obedeceu?
  • O que aconteceu com os que não obedeceram a Deus?
  • Para que o nosso coração fique limpo, o que devemos fazer?
  • Por que Jesus morreu na cruz?
  • Depois que Ele morreu, permaneceu morto?
  • O que comemoramos na Páscoa?


Sugestões de lembrancinhas


1ª Sugestão: Cordeiro de Deus
Veja a imagem no blog :  

O molde pode ser ampliado
Representação de Jesus Cristo (o Cordeiro) que morreu por nós na cruz:
Colar o cordeirinho inclinado para manter a cruz em pé!
O molde do coração:
(o pé da cruz é picotado em três partes, e coladas duas para um lado e a terceira para o outro para ficar bem firme).
O acabamento não aparece depois, já que o cartãozinho com o nome da professora e uma frase legal sobre a páscoa podem ser colados sobre ele.
Finalizando: uma tirinha de EVA na cor amarela ou marron cortado com tesoura de picotar para representar a coroa de espinhos que Jesus usou na cruz!

Maria de Fátima Silva - Coordenadora pedagógica
Neide Scheffer -  professora de música do Colégio Adventista de Presidente Prudente, SP.

Sugestões de atividades para a Páscoa

Introdução: Quando falamos em Páscoa, qual é a primeira coisa que nos vêem a mente? Se você pensou nisto (mostrar um ovo de chocolate), acertou!

Em todos os supermercados, o produto mais exibido nesta época são os ovos de Páscoa; grandes ou pequenos, chocolate branco ou chocolate preto, crocante, com bombons ou balas; enfim todo tipo de ovos de chocolate são encontrados.

Mas, o que este ovo tem a ver com a Páscoa? Como surgiu essa crença, ou essa lenda dos ovos de Páscoa?

Há muito tempo que existe o hábito de se dar ovos de animais a parentes e amigos. Os egípcios e os persas, a quase 2.000 a.C. já tinham o costume de dar ovos aos seus entes queridos, ovos principalmente de pata, onde pintavam as cores da primavera.

Os cristãos da Mesopotâmia foram os primeiros a utilizar esse costume pagão dentro do cristianismo, no 2º séc. d.C.

No século XIX, na Polônia, algumas mães pegavam ovos, pintavam eles e abriam apenas uma pequena parte do ovo, onde após tirarem a gema e a clara eram inseridos amendoins torrados ou pequenas guloseimas.

No início do séc. XX, começou-se na Suíça, a terra do chocolate, a fabricação dos ovos como temos hoje. As pessoas antigas acreditavam que os ovos representavam a fertilidade das raças, daí o serem trazidos por um coelho que também é símbolo de fertilidade. Apesar de incorrem no absurdo, pois coelhos não botam ovos.

Hoje a Páscoa tem um caráter comercial, onde o verdadeiro significado foi deixado para trás escondido pelo grande número de ovos de chocolates fabricados todos os anos.

História Bíblica:


O Povo de Deus passou muitos anos cativado no Egito. Eles eram mantidos prisioneiros e tinham que fazer trabalhos escravos. Fabricavam tijolos sob o sol quente, faziam os trabalhos de reboco nas construções e também o trabalho no campo - as colheitas e o plantio e, além disso, muitas vezes eram açoitados.

Deus então, mandou através de Moises as 10 pragas, mas estas serviam apenas para endurecer o coração do Faraó. Para que Faraó deixasse o povo ir, algo de ruim deveria acontecer: todos os primogênitos (explicar o que é primogênito) dos filhos dos egípcios deveriam morrer em um determinado dia.

Através de Moisés, Deus deu todas as orientações necessárias para aquele momento. Todos os que adorassem a Deus deveriam pegar um cordeiro, matá-lo e assar a sua carne. O sangue desse cordeiro deveria ser passado nos batentes da porta de cada casa.

Todas as famílias deveriam deixar tudo arrumado, pois à meia noite Deus enviaria um anjo que iria passar por cada casa do Egito. Nesse momento, os moradores deveriam estar comendo o cordeiro assado, pães sem fermento (pães asmas) e ervas amargas.

Quando o anjo passasse por uma casa e a porta estivesse marcada com sangue, ele nada faria caso contrário, o filho mais velho morreria.

Foi isso que aconteceu quando foram mortos todos os primogênitos do Egito, inclusive o filho do próprio Faraó. Esse cerimonial, de preparar o cordeiro, passar o sangue na porta, comer pão sem fermento e ervas amargas, representava a páscoa que quer dizer liberdade.

O cordeiro que era morto significava Cristo, o sangue que era colocado na porta representava o sangue de cristo que deveria dar liberdade a todos quantos O aceitassem.

A cerimônia da Páscoa deveria ser repetida todos os anos para que ninguém se esquecesse da liberdade que o ganharam no Egito. Foi assim que após 430 anos de cativeiro, o povo de Deus saia do Egito.Após a travessia do Mar vermelho, estavam totalmente livres de Faraó e da escravidão. Houve festa e grande alegria.

Atividades:


1.Colar papel pardo nos batentes da porta da sala e pintar com tinta vermelha.
Material necessário:
- papel pardo ou craft (papel de embrulho)
- jornal
- pincel
- tinta vermelha

Descrição: Trazer recortado o papel que será usado no batente da porta do tamanho apropriado. As crianças devem pintar o papel, esperar secar e fixar ao batente. Quanto mais envolvimento e participação dos alunos melhor.

2. Pintar a atividade 1: pão com ervas amargas para ilustrar a história. Para imprimir a atividade clique aqui.

Sugestão de pesquisa: No site wikipédia (http://pt.wikipedia.org/wiki/P%C3%A1scoa) existem muitas informações sobre páscoa, origem do nome, simbolismos e muito mais.
Sugestão de Música: CD Tia Cecéu canta para crianças Vol. 1 - música páscoa, faixa 11.


{mospagebreak}


{mosimage}A primeira páscoa de Jesus


Sugestão de introdução:
Perguntar às crianças sobre como foi a sua primeira páscoa, ou pelos menos a primeira que eles lembram. Escutar os relatos. A partir disso comentar que Jesus também teve uma primeira páscoa, mas ela foi bem diferente. Em sua páscoa, Jesus foi ao templo pela primeira vez.

História Bíblica: Lucas 2:40-52


E o menino crescia, e se fortalecia em espírito, cheio de sabedoria; e a graça de Deus estava sobre ele. 

Ora, todos os anos iam seus pais a Jerusalém à festa da páscoa; E, tendo ele já doze anos, subiram a Jerusalém, segundo o costume do dia da festa. E, regressando eles, terminados aqueles dias, ficou o menino Jesus em Jerusalém, e näo o soube José, nem sua mãe. 

Pensando porém eles, que viria de companhia pelo caminho, andaram caminho de um dia, e procuravam-no entre os parentes e conhecidos; E, como o não encontrassem, voltaram a Jerusalém em busca dele. 

E aconteceu que, passados três dias, o acharam no templo, assentado no meio dos doutores, ouvindo-os, e interrogando-os. E todos os que o ouviam admiravam a sua inteligência e respostas. 

E quando o viram, maravilharam-se, e disse-lhe sua mãe: Filho, por que fizeste assim para conosco? Eis que teu pai e eu ansiosos te procurávamos. E ele lhes disse: Por que é que me procuráveis? Não sabeis que me convém tratar dos negócios de meu Pai?

E eles não compreenderam as palavras que lhes dizia.E desceu com eles, e foi para Nazaré, e era-lhes sujeito. E sua mãe guardava no seu coração todas estas coisas.E crescia Jesus em sabedoria, e em estatura, e em graça para com Deus e os homens.

Atividade: Por ocasião da páscoa, naquela época, as pessoas costumavam levar um cordeiro para sacrifício. Jesus também deve ter feito isso.

Atividades:
Colar algodão na ovelha

Dica:
para o trabalho ficar mais bem feito é necessário que as crianças façam pequenas bolinhas de algodão e colem uma por uma.
Clique aqui para imprimir o desenho
2. Montar ovelha de E.V.A. conforme o molde
Clique aqui para imprimir o molde
Material: EVA de duas cores (branco e bege), prendedor de roupas de madeira, imã, cola quente.
{mospagebreak}


{mosimage}A Última Páscoa


História Bíblica: Lucas 22:7-30


Chegou, porém, o dia dos ázimos, em que importava sacrificar a páscoa.
E mandou a Pedro e a João, dizendo: Ide, preparai-nos a páscoa, para que a comamos.

E eles lhe perguntaram: Onde queres que a preparemos?
E ele lhes disse: Eis que, quando entrardes na cidade, encontrareis um homem, levando um cântaro de água; segui-o até à casa em que ele entrar.

E direis ao pai de família da casa: O Mestre te diz: Onde está o aposento em que hei de comer a páscoa com os meus discípulos?Então ele vos mostrará um grande cenáculo mobilado; aí fazei preparativos.

E, indo eles, acharam como lhes havia sido dito; e prepararam a páscoa.
E, chegada a hora, pôs-se à mesa, e com ele os doze apóstolos. E disse-lhes: Desejei muito comer convosco esta páscoa, antes que padeça; Porque vos digo que não a comerei mais até que ela se cumpra no reino de Deus.

E, tomando o cálice, e havendo dado graças, disse: Tomai-o, e reparti-o entre vós;Porque vos digo que já não beberei do fruto da vide, até que venha o reino de Deus.

E, tomando o pão, e havendo dado graças, partiu-o, e deu-lho, dizendo: Isto é o meu corpo, que por vós é dado; fazei isto em memória de mim.

Semelhantemente, tomou o cálice, depois da ceia, dizendo: Este cálice é o novo testamento no meu sangue, que é derramado por vós.

Atividades: Preparação do pão - ensinar como se faz o pão.

RECEITA: Ingredientes: 1 xícara de óleo de oliva, 1 xícara de água morna, 2 xícaras de farinha de trigo branca, 1 xícara de farinha integral fina, sal a gosto.

Preparo: Misturar o óleo, água e sal e bater até ficar um mingau esbranquiçado. Despejar imediatamente esse mingau sobre a farinha e amassar até ficar macia. Estendê-la com rolo, colocar na forma e cortar com carretilha, deixando apenas marcas. Furar cada pedacinho em forma de quadrado com o garfo para não formar bolhas. Assar em forno brando até ficar dourado.

Pintar a folhinha do pão
Comer o pão que já foi trazido pronto
Completar a folhinha do trigo colando as sementinhas no ramo de trigo

 
História Bíblica

Jesus passou muito tempo cumprindo sua missão entre os homens. O ritual da páscoa era feito, mas sem sentido pois Jesus é o verdadeiro sacrifício. Era apenas um aviso do que iria acontecer no futuro.

Justamente numa sexta-feira que era véspera da páscoa Jesus foi preso e condenado à crucificção. Naquela noite Jesus tomou a última ceia com os discípulos. Tomou o vinho (suco) e repartiu o pão. Logo após saiu para o jardim onde ele seria preso, julgado e crucificado.

A morte na cruz era uma das mortes mais difíceis. Quando alguém ia ser crucificado primeiramente era amarrado e açoitado. A pessoa recebia 39 açoites, sendo 13 no peito e 26 nas costas. O chicote era feito de duas tiras de couro, com pedacinhos de ossos nas pontas.

As chicotadas eram dadas e o carrasco não se importava onde pegava. Ás vezes pegava no cabelo e ao puxá-lo vinham junto mechas de cabelo que eram arrancadas, provocando ainda mais dores.

Após a crucificção a pessoa era lançada com força no buraco que era cavado no chão e como se não bastasse tudo isso ainda havia a vergonha de ficar sob o olhar dos curiosos que o amaldiçoavam.

Todo esse sofrimento de dor e vergonha, Jesus passou para que ficássemos livres da culpa do pecado.
Você já parou para pensar no que Jesus fez por nós. Jesus morreu com as mãos estendidas para lhe salvar, mas isto não basta.

É preciso que você também estenda sua mão. Assim fazendo estaremos prontos para a liberdade e a vida eterna que só Jesus nos dá.

Atividades:
Pintar a folha sobre a cruz de Cristo.
2. Servir suco de uva aos alunos em lembrança ao sacrifício
Final da aula: Entrega da lembrancinha - Porta Retrato com a foto do aluno.

comentários[1]

Bem Vindos!

Olá


Lady Bug Note Generators

Obrigado por Visitar...