Portal da Educao Adventista

**Prof%uFFFD Thainara* *

22

fev
2013

20 dicas importantes pra um professor de ed. infantil

Vinte Dicas Para Quem Pretende Trabalhar Ou Trabalha Com Educação Infantil

Sendo a Educação Infantil a fase inicial da vida escolar da criança, necessário se torna que os profissionais envolvidos neste processo - especialmente educadores - apresentem aspectos condizentes à realidade  em questão. Certas características devem ser observadas ao se contratar este profissional e eticamente falando - ao assumir a responsabilidade de se trabalhar com crianças. Foram elencadas abaixo vinte dicas e características que um profissional deve ter  para realizar  um trabalho prazeroso e significativo com crianças pequenas,

1- GOSTAR DE CRIANÇAS, é  imprescindível que o profissional goste de crianças , afinal nesta fase elas exigem paciência e amor  a todo momento. Pressupõe-se que quem gosta de crianças, goste também de trabalhar com elas. O trabalho com pequenos requer disposição, carinho, responsabilidade e uma energia imensa proviniente somente de quem gosta do que faz.

2- AGILIDADE é uma característica de peso considerável, pois a criança corre, pula, caí, levanta, descarrega energia e se envolve em situações  repentinas de risco, onde a agilidade do profissional pode evitar acidentes graves com os pequenos.

3- BOM PREPARO FÍSICO, nesta fase a maioria das  brincadeiras são realizadas no chão, em rodas de conversa ou em círculos programados para as atividades, para tanto o profissional necessita de boa disposição física para sentar, levantar, pular, engatinhar, enfim participar de todas as atividades que propõe à criança. Além do que, os pequenos adoram presenciar adultos executando as mesmas atividades que eles.

4- SER ÉTICO, assuntos relacionados à instituição e suas famílias devem ser preservados. Nesta fase é comum crianças comentarem intimidades das famílias - estes casos ajudam os profissionais a conhecerem a realidade de vida da criança -  e também alguém da família procurar apoio , confiando seus problemas a pessoas que trabalham na Instituição.  Todavia, estes fatos  somente poderão ser comentados em casos extremos- a pessoas especializadas ( Pedagogos, Psicopedagogos, Psicólogos e Assistentes Sociais) e com a aprovação da Equipe dirigente da Instituição. Tratar aos colegas com respeito e cordialidade, evitando brincadeiras desnecessárias e abusivas, afinal a criança observa o professor e o imita a todo momento.

5- SABER OUVIR OS RELATOS INFANTIS, nestes momentos o profissional poderá detectar possíveis problemas de várias naturezas, pelos quais a criança poderá estar passando - ou até mesmo sobre sua personalidade. 

6- SER FIRME E AMÁVEL AO MESMO TEMPO, a criança testa o adulto a todo instante e quando percebe que está vencendo, se torna indiscilplinada e resistente às regras de convivência. Porém, a amabilidade deve ser cultivada, assim a criança se sentirá segura, afinal está em um ambiente onde todos são estranhos a ela. Então, caberá ao educador conciliar ambos aspectos, ponderando suas atitudes e conscientizando a criança sobre seus deveres, sempre que necessário.

7- RECEBER BEM OS PEQUENOS E SEUS FAMILIARES, os pais precisam se sentir seguros em relação ao local e às pessoas em que estão confiando seus filhos. Portanto, o profissional deve recebê-los sempre com cordialidade, esclarecendo suas dúvidas, tranquilizando-os em seus anseios, se disponibilzando a atendê-los quando necessitarem  e  utilizando estratégias que motivem  a criança a gostar de ir para a  instituição.

8- SER CRIATIVO, o planejamento pedagógico deverá nortear o trabalho do educador, todavia, poderá ser alterado sempre que a atividade proposta não estiver despertando o interesse da turma, para isso o profissional deverá ser criativo e  tornar a atividade em questão mais prazerosa ou até mesmo lançar mão de outra atividade. Elaborar um plano de aula focado em situações cotidianas das  crianças ou da Instituição, encontrando ou criando músicas, histórias, jogos, atividades  e brincadeiras que enfatizem o tema do planejamento é uma ótima estratégia para um trabalho diversificado.

9- QUERER APRENDER, a todo momento surgem fatos inesperados quando o assunto é criança, e nem sempre o profissinal está preparado para resolver tudo o que acontecer, portanto, deverá ter humildade para pedir ajuda e querer aprender com os mais experientes.

10- UTILIZAR ROUPAS ADEQUADAS, caso a instituição não adote uniforme, o ideal é camiseta e calça de malha ou jeans - mais largo - para não prejudicar o desempenho das atividades, e tênis ou sandálias rasteirinhas. Roupas decotadas, saias, sandálias de salto, roupas apertadas, transparentes, miniblusas ou tomara que caia devem ser evitados, pois além de inibir o trabalho do profissional, desperta a tenção de pais, colabores, profissionais e demais pessoas envolvidas no processo.

11- NÃO DEIXAR AS CRIANÇAS SOZINHAS, ter consciência de que as crianças não podem ficar sozinhas em nenhum momento, caso tenha necessidade de se ausentar do espaço onde se encontra com a turma, peça a uma criança que chame outro profissional para assumir seu lugar temporariamente. Um segundo sozinhas, os pequenos cometem atitudes inesperadas.

12-  JAMAIS DÊ AS COSTAS ÀS CRIANÇAS, ao falar com alguém na porta da sala - ou em qualquer outro espaço - jamais dê as costas às crianças, em fração de segundos acontecem muitos problemas sem que o educador esteja vendo.

13- TRABALHAR SEU TOM DE VOZ, não falar em tom áspero, irônico e  volume alto - assim a criança só compreenderá suas solicitações quando as mesmas forem feitas com gritos. O ideal é manter um tom baixo e calmo, todavia caso haja necessidade de uma alteração, que não haja grito e sua mudança na tonalidade da voz..

14- GOSTAR DE MÚSICA, nesta fase a musicalização é muito utilizada. O profissional deverá gostar, conhecer e querer aprender mais e mais músicas, de preferência acompanhadas de gestos que ajudam muito no desenvolvimento infantil.

15- SABER CONTAR HISTÓRIAS, sim pois contar histórias não é ler o livro - é contar com emoção, despertando a curisidade e a imaginação da criança.

16- CONHECER AS ÁREAS DO CONHECIMENTO A SEREM TRABALHADAS: Racíocinio lógico matemático, Linguagem oral e escrita, Psicomotricidade, Áreas Perceptivas,  Conhecimento Social, Áreas de expressão artística e cultural, Valores Humanos,Religiosidade, Consciência Ecológica e Conhecimento físico - elaborando seu plano de aula enfatizando todas as áreas.

17- LER E EXECUTAR A PROPOSTA PEDAGÓGICA E O REGIMENTO DA INSTITUÇÃO,   assim  o trabalho do profissional terá embasamento teórico e sustentabilidade pedagógica.

18- SABER ELABORAR PROJETOS DE AÇÃO PEDAGÓGICA envolvendo temas atuais, o trabalho com projetos  facilita o trabalho do educador, porém, estes projetos devem ser executados com criatividade envolvendo temas de interesse das crianças e ao mesmo tempo objetivando uma conscientização sobre o tema proposto. Os projetos devem ser constantemente avaliados, caso contrário, não terão significado ao processo educacional.

19- DECORAR E REDECORAR O AMBIENTE SEMPRE QUE NECESSÁRIO, os olhos da criança se cansam com facilidade de determinadas decorações, para evitar esta situação, o ideal é utilizar cores claras, tons pastéis e desenhos acompanhados de paisagens, passarinhos, vales, árvores e flores, pois acalmam os pequenos.

20- RESERVAR UM ESPAÇO NA SALA PARA EXPOSIÇÃO DAS PRODUÇÕES DAS CRIANÇAS e convidar os demais profissionais da Instituição, bem como os familiares dos pequenos, para visitarem a exposição de trabalhos delas. Pode-se colocar um nome na exposição e um pseudônimo para o autor da obra. Expor trabalhos nos corredores de entrada da Instituição -  de forma criativa, sempre identificados e relatando os objetivos- também apresenta bons resultados.

É importante ressaltar que  não há receita pronta para se trabalhar em nenhum nível educacional, mas a troca de experiências tem garantido excelentes resultados aos profissionais. Entretanto, a chave do sucesso de qualquer trabalho consiste em gostar do que faz. Quando se faz o que se gosta, as barreiras se tornam transponíveis e as amarras mais frouxas.
Vinte Dicas Para Quem Pretende Trabalhar Ou Trabalha Com Educação Infantil

Sendo a Educação Infantil a fase inicial da vida escolar da criança, necessário se torna que os profissionais envolvidos neste processo - especialmente educadores - apresentem aspectos condizentes à realidade em questão. Certas características devem ser observadas ao se contratar este profissional e eticamente falando - ao assumir a responsabilidade de se trabalhar com crianças. Foram elencadas abaixo vinte dicas e características que um profissional deve ter para realizar um trabalho prazeroso e significativo com crianças pequenas,

1- GOSTAR DE CRIANÇAS, é imprescindível que o profissional goste de crianças , afinal nesta fase elas exigem paciência e amor a todo momento. Pressupõe-se que quem gosta de crianças, goste também de trabalhar com elas. O trabalho com pequenos requer disposição, carinho, responsabilidade e uma energia imensa proviniente somente de quem gosta do que faz.

2- AGILIDADE é uma característica de peso considerável, pois a criança corre, pula, caí, levanta, descarrega energia e se envolve em situações repentinas de risco, onde a agilidade do profissional pode evitar acidentes graves com os pequenos.

3- BOM PREPARO FÍSICO, nesta fase a maioria das brincadeiras são realizadas no chão, em rodas de conversa ou em círculos programados para as atividades, para tanto o profissional necessita de boa disposição física para sentar, levantar, pular, engatinhar, enfim participar de todas as atividades que propõe à criança. Além do que, os pequenos adoram presenciar adultos executando as mesmas atividades que eles.

4- SER ÉTICO, assuntos relacionados à instituição e suas famílias devem ser preservados. Nesta fase é comum crianças comentarem intimidades das famílias - estes casos ajudam os profissionais a conhecerem a realidade de vida da criança - e também alguém da família procurar apoio , confiando seus problemas a pessoas que trabalham na Instituição. Todavia, estes fatos somente poderão ser comentados em casos extremos- a pessoas especializadas ( Pedagogos, Psicopedagogos, Psicólogos e Assistentes Sociais) e com a aprovação da Equipe dirigente da Instituição. Tratar aos colegas com respeito e cordialidade, evitando brincadeiras desnecessárias e abusivas, afinal a criança observa o professor e o imita a todo momento.

5- SABER OUVIR OS RELATOS INFANTIS, nestes momentos o profissional poderá detectar possíveis problemas de várias naturezas, pelos quais a criança poderá estar passando - ou até mesmo sobre sua personalidade. 

6- SER FIRME E AMÁVEL AO MESMO TEMPO, a criança testa o adulto a todo instante e quando percebe que está vencendo, se torna indiscilplinada e resistente às regras de convivência. Porém, a amabilidade deve ser cultivada, assim a criança se sentirá segura, afinal está em um ambiente onde todos são estranhos a ela. Então, caberá ao educador conciliar ambos aspectos, ponderando suas atitudes e conscientizando a criança sobre seus deveres, sempre que necessário.

7- RECEBER BEM OS PEQUENOS E SEUS FAMILIARES, os pais precisam se sentir seguros em relação ao local e às pessoas em que estão confiando seus filhos. Portanto, o profissional deve recebê-los sempre com cordialidade, esclarecendo suas dúvidas, tranquilizando-os em seus anseios, se disponibilzando a atendê-los quando necessitarem e utilizando estratégias que motivem a criança a gostar de ir para a instituição.

8- SER CRIATIVO, o planejamento pedagógico deverá nortear o trabalho do educador, todavia, poderá ser alterado sempre que a atividade proposta não estiver despertando o interesse da turma, para isso o profissional deverá ser criativo e tornar a atividade em questão mais prazerosa ou até mesmo lançar mão de outra atividade. Elaborar um plano de aula focado em situações cotidianas das crianças ou da Instituição, encontrando ou criando músicas, histórias, jogos, atividades e brincadeiras que enfatizem o tema do planejamento é uma ótima estratégia para um trabalho diversificado.

9- QUERER APRENDER, a todo momento surgem fatos inesperados quando o assunto é criança, e nem sempre o profissinal está preparado para resolver tudo o que acontecer, portanto, deverá ter humildade para pedir ajuda e querer aprender com os mais experientes.

10- UTILIZAR ROUPAS ADEQUADAS, caso a instituição não adote uniforme, o ideal é camiseta e calça de malha ou jeans - mais largo - para não prejudicar o desempenho das atividades, e tênis ou sandálias rasteirinhas. Roupas decotadas, saias, sandálias de salto, roupas apertadas, transparentes, miniblusas ou tomara que caia devem ser evitados, pois além de inibir o trabalho do profissional, desperta a tenção de pais, colabores, profissionais e demais pessoas envolvidas no processo.

11- NÃO DEIXAR AS CRIANÇAS SOZINHAS, ter consciência de que as crianças não podem ficar sozinhas em nenhum momento, caso tenha necessidade de se ausentar do espaço onde se encontra com a turma, peça a uma criança que chame outro profissional para assumir seu lugar temporariamente. Um segundo sozinhas, os pequenos cometem atitudes inesperadas.

12- JAMAIS DÊ AS COSTAS ÀS CRIANÇAS, ao falar com alguém na porta da sala - ou em qualquer outro espaço - jamais dê as costas às crianças, em fração de segundos acontecem muitos problemas sem que o educador esteja vendo.

13- TRABALHAR SEU TOM DE VOZ, não falar em tom áspero, irônico e volume alto - assim a criança só compreenderá suas solicitações quando as mesmas forem feitas com gritos. O ideal é manter um tom baixo e calmo, todavia caso haja necessidade de uma alteração, que não haja grito e sua mudança na tonalidade da voz..

14- GOSTAR DE MÚSICA, nesta fase a musicalização é muito utilizada. O profissional deverá gostar, conhecer e querer aprender mais e mais músicas, de preferência acompanhadas de gestos que ajudam muito no desenvolvimento infantil.

15- SABER CONTAR HISTÓRIAS, sim pois contar histórias não é ler o livro - é contar com emoção, despertando a curisidade e a imaginação da criança.

16- CONHECER AS ÁREAS DO CONHECIMENTO A SEREM TRABALHADAS: Racíocinio lógico matemático, Linguagem oral e escrita, Psicomotricidade, Áreas Perceptivas, Conhecimento Social, Áreas de expressão artística e cultural, Valores Humanos,Religiosidade, Consciência Ecológica e Conhecimento físico - elaborando seu plano de aula enfatizando todas as áreas.

17- LER E EXECUTAR A PROPOSTA PEDAGÓGICA E O REGIMENTO DA INSTITUÇÃO, assim o trabalho do profissional terá embasamento teórico e sustentabilidade pedagógica.

18- SABER ELABORAR PROJETOS DE AÇÃO PEDAGÓGICA envolvendo temas atuais, o trabalho com projetos facilita o trabalho do educador, porém, estes projetos devem ser executados com criatividade envolvendo temas de interesse das crianças e ao mesmo tempo objetivando uma conscientização sobre o tema proposto. Os projetos devem ser constantemente avaliados, caso contrário, não terão significado ao processo educacional.

19- DECORAR E REDECORAR O AMBIENTE SEMPRE QUE NECESSÁRIO, os olhos da criança se cansam com facilidade de determinadas decorações, para evitar esta situação, o ideal é utilizar cores claras, tons pastéis e desenhos acompanhados de paisagens, passarinhos, vales, árvores e flores, pois acalmam os pequenos.

20- RESERVAR UM ESPAÇO NA SALA PARA EXPOSIÇÃO DAS PRODUÇÕES DAS CRIANÇAS e convidar os demais profissionais da Instituição, bem como os familiares dos pequenos, para visitarem a exposição de trabalhos delas. Pode-se colocar um nome na exposição e um pseudônimo para o autor da obra. Expor trabalhos nos corredores de entrada da Instituição - de forma criativa, sempre identificados e relatando os objetivos- também apresenta bons resultados.

É importante ressaltar que não há receita pronta para se trabalhar em nenhum nível educacional, mas a troca de experiências tem garantido excelentes resultados aos profissionais. Entretanto, a chave do sucesso de qualquer trabalho consiste em gostar do que faz. Quando se faz o que se gosta, as barreiras se tornam transponíveis e as amarras mais frouxas.

comentários[0]

21

fev
2013

Erick, nosso primeiro príncipe a ser coroado!

Confira os resultados de nosso projeto!

c5a580e3313106249143a0ec4427743d.jpg

Báu dos tesouros

8bb016172e5ca5c34902c3a7255ade62.jpg

415d86c36faf2253e545572f168cda29.jpg

cf0d651aae42b49f1320c262feedfded.jpg

44a457725c4893a71e42a182c074ff4f.jpg

bbe5ae3cad359755f460512ebfa20551.jpg

95907639d6421890464ae1c95be95ca4.jpg

0e65f158ae5764a672a566a55b4a2831.jpg

1dbae51408a82c1bd8f8789dacd7be7f.jpg

99b5bab917fc3923ac1766d0d4ab611f.jpg

79bf3d492b71babefd17851212d3aeda.jpg

feffc0393e3c15881b23e7786236deec.jpg

2f2d4d37050fe936af72f497c5d74926.jpg

bee03d6868f49baec3095171d320b32b.jpg

6a855449101e0dc6aac7786b2ad6d099.jpg

505d4017e331705b1eb90e121087d160.jpg

71bfbb4dc0ad4b7a24e1a8acf6092ff0.jpg

cf54d735c22895140f80bfb8d7e222a5.jpg

a189ec729d0827f7b6925e4f0e1a8d3c.jpg

c20a55707eb73aa6f1e9ffc3f74387c4.jpg

95403afcf38482116e51795f4acd0416.jpg

 

cf341fdb9383284538410e7e41f60428.jpg

1be1c604e088418bcd649e3217b8b973.jpg

 551b9bdb1f17181a2e0a1ec2fb3c7b27.jpg

5f38ecbf628e386475e6dbaf9f8789d4.jpg

comentários[0]

19

fev
2013

Projeto de adaptação: "Um dia na realeza"

PLANO DE AULA - EDUCAÇÃO INFANTIL E 1º  ANO

 

Bimestre: 1

Professor(a): Thainara Dal-Bó Medeiros Goulart

 

Data: 17/02/2013                                             Turma: Pré II

 

I - Tema do Projeto:  "Um dia na realeza"

II - Duração: 14.02 à 22.02

III - Justificativa:  Durante esse período de adaptação, iremos aprender um pouco mais sobre cada criança. Todos

terão seu "dia na realeza". Dentro do "baú  dos tesouros" estará tudo o que é importante para a criança. Durante 

aquele dia  todas as atividades serão em torno do objetivo que é conhecer mais o nosso colega e dessa forma

facilitar o entrosamento entre todos da classe.

 

IV - Integração Fé Ensino: Apresentar as crianças o nosso amigo especial: Jesus. É importante que saibam: Somos

Filhos do Rei e por isso somos príncipes e princesas. Lá no céu receberemos uma coroa muito brilhante e podemos

Desde já ter um gostinho de como será viver como príncipes e princesas. História Bíblica: Rei  Salomão: I Reis 3: 3-28

 

V - Objetivos Gerais: - Conhecer nosso amigo Jesus; - Integrar todos os colegas da sala e professora; - Conhecer a

Realidade familiar de cada aluno, sua história; - Avaliar os conhecimentos gerais sobre o alfabeto, numerais, cores;

- Identificar seu nome, nome dos colegas e da professora, nome dos familiares; Organizar histórias em sequencia

Temporal; Aprimorar os conceitos de lateralidade de forma concreta; Conhecer auto retratos de alguns pintores; - Destacar as diferenças entre a vida da realeza do mundo atual e a vida das crianças: moradia, vestimentas, culturas, etc.;

 

VI - Referências:

- Bíblia Sagrada

- Uni- Duni-Tê/ Neire de Souza Araújo e  Jane Dias Carrilho

- Projetos Pedagógicos na Educação Infantil/ Maria Carmem Silvana Barbosa e Maria da Graça Horn

- <http://terearteira.blogspot.com.br/2009/02/poesia-nome-da-gente.html>

 

VIII- Procedimentos de Trabalho:

Descrição do Procedimento

 

Quinta feira (14/02)

 

Boas Vindas; Orar; Chamada; Ajudante do dia; Como está o tempo hoje? Fazer as apresentações;

Gincana;

Piquenique Pré I e Pré II;

Dinâmica de socialização: ao fim da brincadeira de socialização cada criança ficará junto com outro colega, de frente um para o outro irão desenhar o amigo;

Momento livre;

Despedida, Orar, Entrega das lembrancinhas;

 

Sexta-Feira (15/02)

 

Boas Vindas; Orar; Chamada; Ajudante do dia; Como está o tempo hoje? Devocional das crianças;

Momento Livre: Dia do Brinquedo;

Lanche;

História do Quadradinho: Somos diferentes, mas ainda somos iguais;

Descobrindo as formas pela sala e pela escola;

Despedida, Orar.

 

Segunda-feira (18/02)

 

Boas Vindas; Orar; Chamada; Ajudante do dia; Como está o tempo hoje? Devocional das crianças;

Coral : 13:15 às 14:05

A professora vestida como rei Salomão contará a história de I Reis 3:3-28. Assim como o rei Salomão,

cada aluno terá seu dia na realeza, um dia que em que serão coroados príncipes e princesas, e juntos iremos

descobrir o que trarão em seu baú de tesouros. Apresentar o Baú de Tesouros: Tirar de dentro do baú itens que a

realeza utiliza.Escrever os nomes dos itens no quadro, perceber quais as letras que as crianças conhecem e quais

elas tem dificuldade.

Lanche;

Atividade 1: Confecção dos crachás, Apresentar o gráfico dos aniversariantes (Vamos construí-lo a medida que

as crianças tiverem seu dia na realeza e apresentarem-se para a turma;

Brincar com os crachás: pedir que agrupem os crachás - meninos e meninas, número de letras, letra inicial,

fonemas semelhantes, etc.

Atividade 2: Bingo dos nomes;

Momento livre; Avaliação Diagnóstica Individual (Conhecimentos gerais: letras, números, cores)

Despedida, Orar.

Tarefa: Pedir que tragam um garrafa pet para a construção do boliche dos nomes.

 

Terça-feira  (19/02)

 

Boas Vindas; Orar; Chamada; Ajudante do dia; Como está o tempo hoje? Relembrar o que aprendemos ontem;

Trabalhar a poesia: "Nome da Gente"  de Pedro Bandeira; Questionar: Você gosta de seu nome? Se pudesse

escolher, como você se chamaria? E se seus pais não lhe dessem um nome, como seria ser um "sem nome"?

Fazê-los perceber a importância do seu nome; Desafiá-los a perceber as rimas no texto; O que é rima?

Lanche;

Atividade 1: Com os nomes de cada colega criar um texto coletivo com rimas: Ex. Prof Thainara gosta muito das

araras;

Atividade 2: Construir juntos, o livro : "Nomes do Pré II" Em uma folha A3, cada criança irá escrever o verso com

seu nome e ilustrar;

Tarefa: Enviar Recado para os pais com a tabela das apresentações do dia da realeza.

Parque; Despedida, Orar;

 

Quarta-feira (20/02)

 

Boas Vindas; Orar; Chamada; Ajudante do dia; Como está o tempo hoje? Relembrar o que aprendemos ontem;

Ed. Física: 13:15 as 14:55

Musicalização: 14:05 as 14:55

Lanche;

Informática: 15:45 às 16:35

Atividade 1: Muitos artistas pintaram seu próprio retrato. Essas obras são chamadas de autorretratos. Iremos

conhecer o autorretrato de dois artistas muito conhecidos: Frida Kahlo e Vincent Van Gogh. Cada Criança em

frente ao espelho irá fazer seu autorretrato com guache em uma folha A3. (atividade para o portfólio)

Despedida, Orar;

 

Quinta-feira (21/02)

 

Boas Vindas; Orar; Chamada; Ajudante do dia; Como está o tempo hoje? Relembrar o que aprendemos ontem;

Biblioteca: 13:15 às 14:05

Coroação do primeiro príncipe ou princesa: Apresentação dos itens dentro do baú do tesouro.

(Com direito a tapete vermelho, e marcha musical para entrada da realeza, coroação e cetro real! Vai ser muito divertido!)

Lanche;

Inglês: 14:55 às 15:45

Atividade 1: Confecção do Livro dos reis do Pré II. Juntos construir um texto coletivo sobre as preferências de

nosso Príncipe de hoje; Com o alfabeto Móvel desafiá-los a montarem seu nome e do príncipe ou princesa de hoje.

Parque;

Despedida; Orar;

 

Sexta-feira (22/02)

 

Boas Vindas; Orar; Chamada; Ajudante do dia; Como está o tempo hoje? Relembrar o que aprendemos ontem;

Momento Livre; Dia do Brinquedo

Coroação do príncipe ou princesa: Apresentação dos itens dentro do baú do tesouro.

Atividade 1: Dar continuidade a confecção do Livro dos reis do Pré II.

Lanche;

Levá-los para quadra e brincar com o boliche dos nomes. Primeiro acertar o seu nome, depois seguindo a ordem

da professora acertar o nome dos colegas escolhidos, só das meninas, só dos meninos, só os que possuem a

mesma letra inicial, etc..;

 

comentários[0]

19

fev
2013

Tenha Fé.!!

Continuem acreditando, orando!Deus está atento a todos os seus pedidos!!

Forte abraço!

Prof Thainara

comentários[1]

19

fev
2013

Nosso Primeiro dia de aula!

Vejam só o piquenique queas turminhas do Pré fizeram!!

bf3f1e572e02eff80bc1dd6b63b755cf.jpg

078562b9347e6e3a4aa0195319499dca.jpg

f00cad32d956883fcbac4a099381c5e7.jpg

151ae3e73bb1d29a68d22365f52ee40d.jpg

34436084d18f44723ee3a485279907a8.jpg

43266f86f0c8d02cf20e806ba8726963.jpg

620e94eef7e7fdbfcf12a39e905afb5f.jpg

bb8ef73e394ad2ab1162f859dee8b216.jpg

44736bc5594c69e122ba510823254aa6.jpg

f960deae4c64f2818f082ad334fd77f5.jpg

2d16b16e6af4554cdaffe90f29213925.jpg

0d51774c70a631da33ffd15b1d583f56.jpg

5498ff5f11a4b92f691c7e99c3e6928a.jpg

e5a3bf4abea1d03eccaa9ce9d74bd362.jpg

93fbab36e69620fd29bfe071918cdb50.jpg

defb8155024353fe7b73a92d1efd1b94.jpg

280ca2dcd47eeca0287df35bdda8176a.jpg

83dd4b8f9ec77b19d99818173989804a.jpg

7a4c3e6d7353a92149f86feaff792159.jpg

dad4b8b49160d713795fcea15102fa72.jpg

53fc02762eb67e89c01e45d7771cb7f0.jpg

02e09c9629bdf1d099514b3084cfb24e.jpg

cb904c29a75b3fbe8a6aad6234481134.jpg

5fb9dbdfe18e0cf19be3e0868ff60388.jpg

1ce9bc3ee55b7e787c60a4fc2943da35.jpg

94e8ebc0d9719c197850367b708c661a.jpg

8e61cd792ba0999b9bdca32a614c0ed1.jpg

4295610b50064d7fba7d65407d011e71.jpg

Atividade: Somos diferentes, mas ainda assim, iguais!

Uma ótima semana para todos vocês!!

comentários[0]

Bem Vindos!

Olá


Lady Bug Note Generators

Obrigado por Visitar...