Portal da Educao Adventista

**Prof%uFFFD Thainara* *

26

out
2010

Continuação dos projetos sobre animais....

                         ESCOLA ADVENTISTA  DE  TUBARÃO

  EDUCAÇÃO

ADVENTISTA                                           PLANO EDUCAÇÃO INFANTIL

 

                                   PROFESSORA: Thainara Dal-Bó Medeiros Goulart

                                   TURMA: Pré I

 

I - Tema do Projeto: "O mundo dos animais - parte 4: Conhecendo um caracol"

 

II - Duração Provável: 13/10 à 08/10

 

III - Justificativa: Dar continuidade ao projeto anterior. As crianças mostraram interesse em conhecer um pouco mais sobre o caracol, devido a brincadeiras com as massinhas em momentos que apareceram caracóis. Objetivos: Responder as perguntas que surgiram sobre o caracol: Como é a casinha que o caracol leva nas costas?, por exemplo. Através da história : "O Caracol" iremos conhecer um pouco mais sobre ele e sobre outros bichinhos que aparecem na história. Trabalhar também o amor ao próximo e de como somos valioso para Deus, tendo como exemplo a atitude de alguns bichinhos da natureza....

 

IV - Integração Fé e Ensino: Olhai para as aves do céu, que nem semeiam, nem segam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não tendes vós muito mais valor do que elas? Mateus 6:26

 

 

Quarta-feira (13/10)

 

 

Conversa de Criança: Recepcionar cada criança, ouvir as novidades, fazer a chamadinha, escolher o ajudante do dia, Relembrar o que trabalhamos no dia anterior e orar.

Informática;

História ENCENADA: Mateus 6:26

Passear pela escola e ver os pássaros que passeiam ao nosso redor.

Onde eles moram? Eles se alimentam de que? Mais uma ver ler na bíblia nosso verso de Mateus 6:26

Ed. Física;

Momento Livre; relembrar o que foi trabalhado hoje; Orar; Despedida;

 

Quinta-feira  (14/10)

 

Conversa de Criança: Recepcionar cada criança, ouvir as novidades, fazer a chamadinha, escolher o ajudante do dia, Relembrar o que trabalhamos no dia anterior e orar;

Momento Livre;

Lanche;

Contação de histórias: A história do senhor Caracol (Caracterizar a mão como um caracol)

Interpretação da história: Quais os bichinhos que o Senhor Caracol viu?

Porque ele estava triste?

O que o Senhor Caracol viu que tinha de especial?

Nós carregamos nossas casas nas costas?

Quem o fez assim?

Interpretando a imagem: Gravura de um caracol sobre a folhinha verde e uma joaninha de seu lado.

Relembrar a história do Senhor Caracol e pintar suas mãos para que eles sejam os caracóis e assim recontem a história.

Atividade 1: Fazer a releitura da história do Senhor Caracol em um cartaz; Cada um irá pintar um bichinho da história;

 

Parque; relembrar o que foi trabalhado hoje; Orar; Despedida;

 

 

Sexta- feira (15/10)

 

 

Conversa de Criança: Recepcionar cada criança, ouvir as novidades, fazer a chamadinha, escolher o ajudante do dia, Relembrar o que trabalhamos no dia anterior e orar;

Lanche;

Ed.Física;

Montar o Livro "O Senhor Caracol do Pré I"

Capa: Com uma folha de jornal iremos torcer até que fique bem enroladinha... faremos assim a casinha do caracol; Eles irão pintar as mãos e farão o "corpo do caracol". Montar então a capa;

Escrever: No quadro escrever o título que escolheram pra história do nosso livro: O Senhor Caracol do Pré I; Eles irão escrever as letrinhas que eles conhecem na capa de nosso livro;

 

Momento Livre; relembrar o que foi trabalhado hoje; Orar; Despedida;

 

 

Segunda-feira (18/10)

 

Conversa de Criança: Recepcionar cada criança, ouvir as novidades, e orar.

Coral;

Conversa de Criança: Fazer a chamadinha, escolher o ajudante do dia;

Lanche;

Atividade: Montagem do Livro: 1° Página: "O caracol viu uma joaninha"

Mostrar gravuras de joaninhas; Distribuir os matérias para  a colagem: Trabalhar com o E.V.A., deixar que eles cheguem a conclusão que se usarmos as tesouras será mais fácil para picar o E.V.A.; Permitir que eles organizem a página de seu livro; Mostrar como é um livro e deixar pra que eles montem das melhores maneiras possíveis.

 

Momento Livre; relembrar o que foi trabalhado hoje; Orar; Despedida;

 

Terça - feira (19/10)

 

Conversa de Criança: Recepcionar cada criança, ouvir as novidades, fazer a chamadinha, escolher o ajudante do dia, Relembrar o que trabalhamos no dia anterior e orar.

Biblioteca;

Tempo para ler as histórias...

Lanche;

Atividade: Montagem do Livro: 2° Página: "O caracol viu um grilo"

Mostrar gravuras de grilos; Onde ficam os grilos? Nas folhinhas, nas graminhas, nas árvores. Levá-los em um passeio pela escola e permitir que coletem o quanto conseguirem de folhinhas para colar no grilo; Permitir que eles organizem a página de seu livro; Mostrar como é um livro e deixar pra que eles montem das melhores maneiras possíveis.

 

Momento Livre; relembrar o que foi trabalhado hoje; Orar; Despedida;

 

 

Quarta-feira (20/10)

 

 

Conversa de Criança: Recepcionar cada criança, ouvir  as novidades, fazer a chamadinha, escolher o ajudante do dia, Relembrar o que trabalhamos no dia anterior e orar.

Informática: Mostrar todos os tipos de joaninhas, grilos, caracóis e cigarras, até então nenhum deles já tinha visto uma cigarra;

Atividade: Montagem do Livro: 3° Página: "O caracol viu uma cigarra"

Mostrar gravuras de cigarras; Onde elas ficam?Geralmente ficam nas árvores. Levá-los em um passeio pela escola e permitir que coletem o quanto conseguirem de pedaços dos troncos das árvores para desenharem suas árvores; Permitir que eles organizem a página de seu livro; Mostrar como é um livro e deixar pra que eles montem das melhores maneiras possíveis.

 

 

Momento Livre; relembrar o que foi trabalhado hoje; Orar; Despedida;

 

 

Quinta-feira  (21/10)

 

Conversa de Criança: Recepcionar cada criança, ouvir as novidades, fazer a chamadinha, escolher o ajudante do dia, Relembrar o que trabalhamos no dia anterior e orar;

Atividade 1: Mostrar uma gravura, mamãe protegendo seus filhotes de um predador; O que estão vendo aqui? Quantos animais tem nessa imagem? Chamar a atenção para o predador lá longe... O que ele está fazendo? O que será que ele quer? ... Deixar que eles contem suas idéias e possíveis histórias. Ler o verso bíblico que diz: "Ame a teu próximo como a ti mesmo". Falar-lhes do amor e da proteção que os bichinhos demonstraram naquela imagem. Como nós podemos mostrar amor?

Em roda colocar a música "Todos os animais cantam" e ir passando uma caixa. Quando a música parar, a criança irá tirar da caixa um objeto. Questionar, como você usa esse objeto?

Lembrar o verso novamente para que todos cantem comigo: "Ame ao teu próximo como  amas a ti mesmo..." Como esse objeto pode ajudar amar o teu amigo? Fazer novamente a brincadeira até acabarem os objetos. Mostrar outra figura dessa vez: Jesus e as criancinhas;

Há amor nessa imagem? Jesus ama as crianças e ele diz : Deixai vir a mim os pequeninos porque deles é o reino dos céus. Cantar a musica do verso novamente " Ame ao teu próximo como amas a ti mesmo"

Momento livre;

Lanche;

Atividade: Montagem do Livro: 4° Página: "O caracol viu um vagalume"

Mostrar gravuras de vagalumes; Onde eles ficam? Mostrar que seu "bumbum pisca". Levá-los até o pátio da escola e mostra-lhes uma lâmpada, explicar como a corrente elétrica caminha pelos fios dos postes como estes que vemos aqui fora na rua, e levam a energia para nossas casas,que acendem a lâmpada.

Montar uma cabana com eles e ligar a lanterna, o vagalume é como essa lanterna no escuro. Explicar como o bumbum do vagalume "acende". Dar então um desenho da lâmpada e pedir que desenhem o vagalume sendo que o "bumbum do vagalume" pode ser a lâmpada. Permitir que eles organizem a página de seu livro; Mostrar como é um livro e deixar pra que eles montem das melhores maneiras possíveis.

Momento Livre; relembrar o que foi trabalhado hoje; Orar; Despedida;

 

Mandar o recadinho para os pais de como poderão trazer os bichinhos das crianças nas próximas semanas.

 

Sexta- feira (01/10)

 

 

Conversa de Criança: Recepcionar cada criança, ouvir as novidades, fazer a chamadinha, escolher o ajudante do dia, Relembrar o que trabalhamos no dia anterior e orar;

Ed. Física: Trabalhar a coordenação motora e o equilíbrio com algumas brincadeiras com a corda e o bambolê.

Lanche;

Atividade: Montagem do Livro: 5° Página: "O caracol viu uma formiga"

Mostrar o vídeo: Como as formigas trabalham em equipe e ajudam umas as outras; Mostrar onde as formiguinhas moram. Com o pó de café deixar que construam a 5° página de nosso livro. Montem um formigueiro;

Permitir que eles organizem a página de seu livro; Mostrar como é um livro e deixar pra que eles montem das melhores maneiras possíveis.

Momento Livre; relembrar o que foi trabalhado hoje; Orar; Despedida;

 

comentários[0]

19

out
2010

A importÂncia da brincadeira na educação infantil!

Queridos pais, é importante que vocês saibam como é essencial a brincadeira e o lúdico dentro da educação infantil. Aqui eu apresento a vocês alguns trechos importantes do artigo científico que encontrei nas minhas andanças pelas bases de dados online da Unisul.  Escrito por Norma Lucia Neris de Queiroz, Diva Albuquerque Maciel e Angela Uchôa Branco da Universidade de Brasília. Este artigo entitula-se Brincadeira e desenvolvimento infantil: um olhar sociocultural e construtivista, ele foi publicado na revista Paidéia (Ribeirão Preto) v.16 n.34 Ribeirão Preto  maio/ago. 2006.

A seguir trechos importantes retirados desse artigo:

Conceito da Atividade de Brincar

"A brincadeira é uma atividade que a criança começa desde seu nascimento no âmbito familiar" (Kishimoto, 2002, p. 139) e continua com seus pares. Inicialmente, ela não tem objetivo educativo ou de aprendizagem pré-definido. A maioria dos autores afirma que ela é desenvolvida pela criança para seu prazer e recreação, mas também permite a ela interagir com pais, adultos e coetâneos, bem como explorar o meio ambiente.

Como a criança é um ser em desenvolvimento, sua brincadeira vai se estruturando com base no que é capaz de fazer em cada momento. Isto é, ela aos seis meses e aos três anos de idade tem possibilidades diferentes de expressão, comunicação e relacionamento com o ambiente sociocultural no qual se encontra inserida. Ao longo do desenvolvimento, portanto, as crianças vão construindo novas e diferentes competências, no contexto das práticas sociais, que irão lhes permitir compreender e atuar de forma mais ampla no mundo.

Vygotsky (1998), um dos representantes mais importantes da psicologia histórico-cultural, apresenta o brincar como uma atividade em que, tanto os significados social e historicamente produzidos são construídos, quanto novos podem ali emergir. A brincadeira e o jogo de faz-de-conta seriam considerados como espaços de construção de conhecimentos pelas crianças, na medida em que os significados que ali transitam são apropriados por elas de forma específica.

Desta maneira, os objetos com os quais a criança se relaciona são significados em sua cultura e a relação estabelecida com eles se modifica à medida em que a ela se desenvolve. Em um primeiro momento esta relação é marcada pela predominância de sentidos convencionais, característicos da cultura em que está inserida; o objeto, de certa forma, diz para a criança como deve agir. Com o passar do tempo, de modo gradativo, a relação entre objeto significado e ação se altera, tendo a brincadeira um lugar de destaque nessa mudança.

A importância do brincar para o desenvolvimento infantil reside no fato de esta atividade contribuir para a mudança na relação da criança com os objetos, pois estes perdem sua força determinadora na brincadeira. "A criança vê um objeto, mas age de maneira diferente em relação ao que vê. Assim, é alcançada uma condição que começa a agir independentemente daquilo que vê." (Vygotsky, 1998, p. 127).

Na brincadeira, a criança pode dar outros sentidos aos objetos e jogos, seja a partir de sua própria ação ou imaginação, seja na trama de relações que estabelece com os amigos com os quais produz novos sentidos e os compartilha (Cerisara, 2002).

(Só abrindo um parenteses no artigo, é por isso que muitas vezes a vassoura, que em nosso mundo real tem um significado e é usada especificamente para limpar, torna-se um cavalo na brincadeira da criança.)

A brincadeira é de fundamental importância para o desenvolvimento infantil na medida em que a criança pode transformar e produzir novos significados. Em situações dela bem pequena, bastante estimulada, é possível observar que rompe com a relação de subordinação ao objeto, atribuindo-lhe um novo significado, o que expressa seu caráter ativo, no curso de seu próprio desenvolvimento.

Para Vygotsky (1998), a criação de situações imaginárias na brincadeira surge da tensão entre o indivíduo e a sociedade e a brincadeira libera a criança das amarras da realidade imediata, dando-lhe oportunidade para controlar uma situação existente (Cerisara, 2002). As crianças usam objetos para representar coisas diferentes do que realmente são: pedrinhas de vários tamanhos podem ser alimentos diversos na brincadeira de casinha, pedaços de madeira de tamanhos variados podem representar diferentes veículos na estrada. Na brincadeira, os significados e as ações relacionadas aos objetos convencionalmente podem ser libertados. As crianças utilizam processos de pensamento de ordem superior como no jogo de faz-de-conta, que assume um papel central no desenvolvimento da aquisição da linguagem e das habilidades de solução de problemas por elas (Meira, 2003).

A criança é capaz de entender o faz-de-conta e usar processos mentais de forma representacional a partir dos três anos de idade (Andrensen, 2005; Branco, 2005). E é nessa faixa etária que ela passa a dar maior importância ao grupo de pares (Eckerman & Peterman, 2001). O faz-de-conta social implica em negociação; para brincar com outra sobre um mesmo tema, a criança precisa de um acordo quanto aos significados implícitos nos papéis e ações, caso contrário, a brincadeira não ocorrerá em grupo. Sendo assim, as transformações realizadas sobre os objetos precisam ser acompanhadas pelos parceiros e, para fazer parte da brincadeira, deve haver a aceitação dos papéis e/ou formas de negociação.

( é o que acontece em nossa turminha, temos uma amiga que coordena toda a brincadeira de faz de conta, ela assume o papel de mamãe ou professora e distribui os papéis da brincadeira para os demais. Essa brincadeira de faz de conta as permite vivenciar situações que na vida real não é possível que elas façam. Portanto, mamães e papais, elas brincam aquilo que vivenciam ou veêm, SEJA EM CASA OU NA RUA. Por isso, QUANDO UM MENINO BRINCA DE FAZER COMIDINHA OU DE BONECA É PORQUE GERALMENTE ELE AJUDA A MAMÃE EM CASA AO FAZER COMIDA OU CUIDAR DO IRMÃOZINHO. SE QUEREMOS QUE ELES BRINQUEM DE CARRINHO OU DE BOLA, VOCÊS PAPAIS DEVEM VIVENCIAR ESSAS BRINCADEIRAS COM ELES EM CASA. MAS ESSE JÁ É UM OUTRO ASSUNTO QUE EU ESTAREI TRAZENDO PRA VOCÊS TAMBÉM. ESSA ´É UMA QUESTÃO QUE GERALMENTE TRAZ DISCUSSÕES INTERESSANTES, MAS IREMOS FALAR DISSO MAIS NA FRENTE, OK?)

O Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil (MEC, 1998) estabeleceu a brincadeira como um de seus princípios norteadores, que a define como um direito da criança para desenvolver seu pensamento e capacidade de expressão, além de situá-la em sua cultura. Atividades de brincadeira na educação infantil são praticadas há muitos anos, entretanto, torna-se imprescindível que o professor distinga o que é brincadeira livre e o que é atividade pedagógica que envolve brincadeira. Se quiser fazer brincadeiras com a turma, deve considerar que o mais importante é o interesse da criança por ela; se seu objetivo for a aprendizagem de conceitos, habilidades motoras, pode trabalhar com atividades lúdicas, só que aí não está promovendo a brincadeira, mas atividades pedagógicas de natureza lúdica.

Quando é mantida a especificidade da brincadeira livre, têm-se elementos fundamentais que devem ser considerados: a incerteza, a ausência de conseqüência necessária e a tomada de decisão pela criança; ela emerge como possibilidade de experimentação, na qual o adulto propõe, mas não impõe, convida, mas não obriga, e mantém a liberdade dando alternativas (Dantas, 2002).

QUERIDAS PROFESSORAS, ESSE É UM ASSUNTO MUITO IMPORTANTE PARA TRABALHAR COM OS PAIS EM REUNIÕES, OU ENCONTROS POSSÍVEIS... ESPERO TER AJUDADO!!!

ME AGUARDEM TRAREI MAIS NVIDADES PARA VOCÊS!!

ABRAÇOS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

PROF° THAINARA

comentários[1]

15

out
2010

Parabéns!!!!

comentários[0]

8

out
2010

Semana da Criança EAT!!!!

Momento de Festa!!!

          

                  

comentários[0]

7

out
2010

Lembrancinhas....

comentários[0]

Bem Vindos!

Olá


Lady Bug Note Generators

Obrigado por Visitar...