Portal da Educao Adventista

**Prof%uFFFD Thainara* *

3

mar
2011

ALGUNS TRAVA-LÍNGUAS

Trata-se de uma modalidade de parlenda.

É uma arrumação de palavras sem acompanhamento de melodia, mas às vezes rimada, obedecendo a um ritmo que a própria metrificação lhe empresta. A finalidade é entreter a criança, ensinando-lhe algo. No interior, aí pela noitinha, naquela hora conhecida como "boca da noite", as mulheres costumam brincar com seus filhos ensinando-lhes parlendas, brinquedos e trava-línguas. Uma das mais comuns é a elas ensinam aos filhos apontando-lhes os dedinhos da mão: - "Mindinho, seu vizinho, pai de todos, fura bolo e mata piolho".

Cascudo (Literatura Oral no Brasil , 1984 ) incluiu o trava-língua nos contos acumulativos, seguindo a classificação de Antti Aarne / Stith Thompson, com o que não concorda Almeida (Manual de coleta folclórica , 1965) , dizendo que os trava-línguas muitas vezes não são estórias , mas jogos de palavras difíceis de serem pronunciadas. São antes brincadeiras.

Todos os trava-línguas são propostos por fórmulas tradicionais, como : ''fale bem depressa ''; ''repita três vezes '' ; ''diga correndo '', e similares. O importante no trava-língua é que ele deve ser repetido de cor, várias vezes seguidas e tão depressa quanto possível . Lido, e devagar, perde a graça e a finalidade.


Alguns para você decorar e brincar:

O peito do pé do pai do padre Pedro é preto.

A babá boba bebeu o leite do bebê.

O dedo do Dudu é duro.

A rua de paralelepípedo é toda paralelepipedada.

Quem a paca cara compra, cara a paca pagará

O Papa papa o papo do pato.

Farofa feita com muita farinha fofa faz uma fofoca feia.

Norma nina o nenê da Neuza.

A chave do chefe Chaves está no chaveiro.

Sabia que a mãe do sabiá sabia que sabiá sabia assobiar?

Um limão, dois limões, meio limão .

É muito socó para um socó só coçar!

Nunca vi um doce tão doce como este doce de batata-doce!

Chega de cheiro de cera suja.

É preto o prato do pato preto.

Bagre branco; branco bagre.

Um tigre, dois tigres, três tigres.

Três tristes tigres trigo comiam.

Luzia listra os lustres listrados.

%u2665
Debaixo da cama tem uma jarra.
Dentro da jarra tem uma aranha.
Tanto a aranha arranha a jarra,
Como a jarra arranha a aranha.
%u2665
O caju do Juca
E a jaca do cajá.
O jacá da Juju
E o caju do Cacá.
%u2665
Atrás da pia tem um prato
Um pinto e um gato
Pinga a pia, apara o prato
Pia o pinto e mia o gato.
%u2665
Olha o sapo dentro do saco
O saco com o sapo dentro
O sapo batendo papo
E o papo soltando vento.
%u2665
Num ninho de mafagafos,
sete mafagafinhos há.
Quem melhor desmagafar,
bom desmagafagador será.
%u2665
O tempo perguntou ao tempo,
Quanto tempo o tempo tem,
O tempo respondeu ao tempo,
Que não tinha tempo,
De ver quanto tempo,
O tempo tem.
%u2665
O seu Tatá tá?
Não, o seu Tatá não tá,
Mas a mulher do seu Tatá tá.
E quando a mulher do seu Tatá tá,
É a mesma coisa que o seu Tatá tá,tá?
%u2665
O rato roeu a roupa,
Do rei de Roma.
e a rainha, de raiva,
roeu o resto.
%u2665
Gato escondido
com rabo de fora
tá mais escondido
que rabo escondido
com gato de fora.
%u2665
Essa casa está ladrilhada.
Quem a desenladrilhará?
O desenladrilhador que a desenladrilhar,
Bom desenladrilhador será!

comentários[1]

Bem Vindos!

Olá


Lady Bug Note Generators

Obrigado por Visitar...