Portal da Educao Adventista

*Ciências da Natureza*

14

out
2012

Carta 2

Piracicaba, 3 de outubro de 2012

Excelentíssima senhora presidenta Dilma Rousseff.

Venho por meio desta, primeiramente, parabenizá-la pelo desenvolvimento promovido pelo seu governo em nosso país. Gostaria também, caso não se importe de dar algumas sugestões sobre fontes e geração de energia.

Queria sugerir-lhe, não que investisse em apenas um tipo de energia, mas em vários formando de certa forma uma base equilibrada entre as fontes de energia do país. As hidrelétricas são boas, geram bastante energia, mas tem altos custos de produção e não podem ser construídas de qualquer jeito ou pode ocorrer da água ficar ácida devido a decomposição dos organismos do solo alagado. Sugeriria as termelétricas, se não poluíssem tanto. Quem sabe então, investir em geração a base de luz solar e vento? Não poluem e não causam danos ao meio ambiente. O nordeste brasileiro seria um ótimo local com clima bom para sede de usinas fotovoltaicas. O litoral e o sul são bons locais para geradores eólicos, principalmente perto de cidades médias. O litoral também pode ser aproveitado por geradores marítimos, substituindo parte das hidrelétricas.

Como disse no início, o ideal seria um equilíbrio na geração de energia, meu objetivo, com esta sugestão humilde, é diminuir o espaço usado por usinas, diminuir a emissão de poluentes e destacar o Brasil perante outros países do mundo, na geração de energia.

Agradeço a atenção e peço desculpas pelo incômodo, mas achei que seria útil para vosso governo. Novamente obrigado, tenha um bom dia e boa sorte no governo.

Atenciosamente,

Danilo Nalésso Rando, estudante do Colégio Adventista de Piracicaba

Envie para um amigo

Deixe seu comentário

Não há comentários a serem exibidos!

Você está aqui

Twitter

Assinar RSS

mais buscadas

2004-2011 Educação Adventista Todos os direitos reservados.