Portal da Educao Adventista

*Professor Genivaldo *

26

nov
2015

Entenda o que é a microcefalia e como se proteger do surto

 

É a primeira vez que o país declara emergência internacional de saúde pública e o surto da doença é inédito no mundo.

 

O Bem Estar desta quinta-feira (26) falou sobre como se proteger do surto de microcefalia que o Brasil vive com o presidente da Sociedade Brasileira de Genética Médica Caio Rosenthal e com a neuropediatra Vanessa van der Linden. É a primeira vez que o país declara emergência internacional de saúde pública e o surto é inédito no mundo.

Entenda a microcefalia

A microcefalia é um quadro em que bebês nascem com o cérebro menor do que o esperado (perímetro menor ou igual a 33 cm para bebês a termo) e que compromete o desenvolvimento da criança em 90% dos casos. As causas exatas do surto no Brasil ainda estão sendo investigadas. O principal suspeito é o Zika vírus, de origem africana e primo do vírus da dengue. Ele circula no país desde maio do ano passado e uma das hipóteses é que chegou aqui junto com turistas que vieram para a Copa do Mundo. Os casos de microcefalia coincidem com áreas em que o vírus circulou no ano passado.

 

Microcefalia por Zika vírus


Os cientistas têm feito um trabalho de detetive. Primeiro descartaram causas genéticas, porque a mudança no padrão epidemiológico se deu de uma hora para outra. Depois, foram atrás do que mudou na região e então voltaram a atenção para os casos de Zika vírus, novidade de 2014. A hipótese é que o vírus, primo da dengue e transmitido também pelo Aedes aegypti, atravessaria a barreira placentária e entraria no corpo da criança prejudicando a formação do cérebro. As tomografias feitas pelos cientistas indicaram sinais de infecção viral no cérebro em alguns casos e também foram achados sinais do Zika vírus em exames do líquido amniótico, em bebês que ainda estavam na barriga, e no líquido cefalorraquidiano, naqueles que já nasceram.


Conhecendo o Zika


O vírus Zika é transmitido especialmente por mosquitos infectados, principalmente o mosquito da dengue. A maioria das pessoas não tem sintomas, mas quando surgem são principalmente erupções na pele, olhos vermelhos e dores no corpo. Eles desaparecem em até uma semana, em geral.

 

Prevenção

 

Recomendações do Ministério da Saúde específicas para grávidas:


-  Atualizar as vacinas de acordo com o calendário vacinal do programa nacional de imunização do Ministério da Saúde.


- Atenção sobre a natureza e a qualidade daquilo que se ingere (água, alimentos, medicamentos), consome ou se tem contato, principalmente sobre a ação desses produtos no desenvolvimento do bebê.


- Proteger-se das picadas de insetos, evitando horários e lugares com presença de mosquitos e, sempre que possível, utilizar roupas que protejam o corpo. Consultar o médico sobre o uso de repelentes e verificar atentamente no rótulo a concentração do produto e definição da frequência do uso para gestantes. Além disso, telas de proteção, mosquiteiros e ar-condicionado também são medidas de proteção.


- Se houver qualquer alteração no estado de saúde, principalmente no período até o quarto mês de gestação, comunicar aos profissionais de saúde.

 

Fonte: G1

comentários[8]

15

nov
2015

População do Brasil é formada basicamente d brancos e pardos

 

vestibular.uol.com.br

 

 

A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) 2014 divulgada na sexta-feira (13) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revela que, no critério de declaração de cor ou raça, a maior parte da população brasileira residente, um total de 92,4 milhões de pessoas, é branca, representando 45,5% do total.

 

Já o grupo de pessoas de cor parda representava 45% do total populacional do país. Outros 8,6% se declararam de cor preta, um total de 17,4 milhões de pessoas e 1,8 milhão de pessoas declarou outra cor ou raça (indígena ou amarela).

 

Entre as grandes regiões do país, 76% da população residente da Região Sul são formados por pessoas de cor branca, enquanto nas regiões Norte e Nordeste a maioria dos moradores se disse parda, com 69,3% e 61,9%, respectivamente.

 

Em 2014, a população residente no Brasil foi estimada em 203,2 milhões de pessoas. Comparando com o ano anterior, houve crescimento de 0,9%, representando aumento de 1,7 milhão de pessoas.

comentários[20]

12

nov
2015

Gosma cor-de-rosa na costa da Noruega intriga cientistas

 

 

Uma área enorme da costa norte da Noruegaficou coberta com uma gosma de coloração rosada e avermelhada.

 

Cientistas afirmam que provavelmente o aumento na quantidade de gosma na área se deve a um grande número de águas-vivas mortas e em processo de decomposição.

 

Os pescadores da região começaram a relatar a aparição do lodo no fiorde de Lyngen no final de agosto e agora eles a descrevem como uma "praga", que tem causado problemas em equipamentos usados na pesca, nas redes e nas cordas.

 

Ainda não se sabe com certeza a origem do lodo colorido, mas os oceanógrafos do Instituto de Pesquisa Marinha local suspeitam que sejam águas-vivas de uma espécie comum da área.

 

"Provavelmente são águas-vivas mortas ou parcialmente mortas - acreditamos que seja a espécie Ctenophora Beroe. Não podemos explicar por que (a água) está assim, mas não é incomum que águas-vivas surjam em aglomerações muito densas como essas, especialmente nas profundezas do fiorde", disse a pesquisadora Tone Falkenhaug a um site de notícias local.

 

A gosma agora cobre uma área muito grande do fiorde.

 

"Estamos falando em milhões de metros cúbicos", disse à emissora NRK o professor da Universidade Ártica de Tromso Roger B. Larsen. "As imagens que estamos captando com sonares e outros equipamentos são totalmente atípicas."

 

Ele acrescentou que a substância tem uma consistência parecida com a de margarina.

 

Larsen, que é especialista em pesca, contou que faz viagens anuais à região. "Nunca vi nada parecido nestes fiordes."

 

O oceanógrafo Jan Helge Fossa afirmou que esse tipo de proliferação é normal, mas a escala atual pode ser inédita na região - o que tem causado espanto entre pescadores.

 

Equipamentos de pesca lançados ao mar na região ficaram cobertos com a substância (Foto: Gunnar Saetra/Instituto de Pesquisa Marinha da Noruega)Equipamentos de pesca lançados ao mar na região ficaram cobertos com a substância (Foto: Gunnar Saetra/Instituto de Pesquisa Marinha da Noruega).
Fonte: G1

comentários[18]

6

nov
2015

Risco de câncer aumenta com a altura

 

Tall and small man next to each other

A associação entre a altura e o risco de câncer tem sido observada por um longo tempo. E o que os pesquisadores puderam concluir é que as pessoas mais altas têm, em geral, maior risco de desenvolver a doença.

 

Um novo estudo se dedicou a analisar mais a fundo esta ligação através de um tamanho de amostra mais representativo, com mais de 5 milhões de adultos. Com isso, os cientistas não só foram capazes de mostrar que a associação é verdadeira em um número significativo, como também puderam calcular o aumento do risco para cada 10 centímetros extras de altura.

 

Mais altura = mais risco de câncer

 

Os pesquisadores descobriram que o risco de desenvolver câncer em mulheres aumentou em 18% para cada 10 centímetros a mais, enquanto para os homens o risco aumentou em 11%. A pesquisa foi realizada com base na análise de registros militares de 5,5 milhões de pessoas na Suécia, nascidas entre 1938 e 1991. Mas, considerando que o estudo até agora só foi apresentado em uma conferência, e não foi publicado ainda, alguns cientistas alertam sobre tirar muitas conclusões da pesquisa.

 

Precipitadas

 

A altura pode ser UM dos muitos riscos de desenvolver câncer, mas está longe de ser um dos fatores mais perigosos e bem estabelecidos, como tabagismo, obesidade ou má alimentação.

 

De acordo com o professor do Instituto de Pesquisa do Câncer, Mel Greaves, a melhor teoria tende a apontar o dedo aos hormônios de crescimento. Outros estudos têm mostrado como as pessoas que têm nanismo genético também têm menores taxas de câncer em comparação com a população em geral. A mutação genética que os torna mais baixos acontece na parte do seu DNA que codifica os receptores de hormônios de crescimento, de forma que as células não respondem às influências dele.

 

Acontece com ratos também

 

Outra pesquisa tem mostrado que a mesma relação existe em camundongos geneticamente modificados. Esta pesquisa, no entanto, foi criticada. Como o estudo é baseado em dados coletados anteriormente ao longo de um período de décadas, os pesquisadores obviamente não controlaram fatores de confusão, como o tabagismo. É também provável que os aumentos no risco também iriam mudar dependendo da localização do estudo, suas dietas, exposição ao sol, entre muitas outras coisas.

 

Conclusão

 

Em geral, há evidências consideráveis que sugerem uma relação entre altura e câncer que não é explicada por outros fatores conhecidos. Claramente, a altura adulta não é em si uma “causa” do câncer, mas é entendida como uma influência dentre outros fatores. [iflscience] - via hypescience.

comentários[30]

3

nov
2015

Arqueólogos dizem ter achado fortaleza grega em Jerusalém

 

 Local em Jerusalém onde foram encontrados resquícios de fortaleza grega citada na Bíblia na Cidade Velha em foto de 2015 (Foto: Ronen Zvulun/ Reuters)Local em Jerusalém onde foram encontrados resquícios de fortaleza grega citada na Bíblia na Cidade Velha em foto de 2015 (Foto: Ronen Zvulun/ Reuters)

 

Após um século de buscas, arqueólogos disseram ter descoberto os resquícios de uma antiga fortaleza grega que já foi um centro de poder em Jerusalém e um bastião usado para conter uma rebelião judaica comemorada no livro bíblico dos Macabeus (Edições católicas).

 

Há tempos os pesquisadores debatem a localização da cidade de Acra, construída mais de dois mil anos atrás por Antíoco Epifânio, rei do império selêucida helênico. Muitos afirmam que ocupava o local onde hoje se encontra a Cidade Velha de Jerusalém, com vista para a Igreja do Santo Sepulcro ou junto à colina onde dois templos judeus estiveram no passado e que hoje abriga o complexo da mesquita de Al-Aqsa.

 

Mas os restos desenterrados pela Autoridade de Antiguidades de Israel e tornados públicos nesta terça-feira estão do lado de fora dos muros da Cidade Velha e dão vista para um vale ao sul, uma área na qual, segundo os arqueólogos, a construção de Jerusalém se concentrou nos tempos do rei bíblico David.

 

Antíoco, que viveu entre 215 e 164 a.C., escolheu o local para Acra para poder controlar a cidade e monitorar a atividade no templo judeu, afirmou Doron Ben-Ami, que liderou a escavação.

 

Com um comprimento estimado em mais de 250 metros e uma largura de 60 metros, ela teria dominado o campo. Debaixo do que uma década atrás era um estacionamento pavimentado, a equipe de Ben-Ami escavou uma colina artificial composta por várias camadas de terra deixadas por sucessivas culturas.

 

Em uma área, eles descobriram pedras de uma seção de uma grande parede, a base de uma torre e um aterro em declive de fins defensivos que artefatos próximos, como moedas e alças de jarras de vinho, sugerem terem pertencido ao tempo de Antíoco.

 

Pedras de estilingue de chumbo e pontas de flecha de bronze do período também foram encontradas, talvez remanescentes de batalhas entre forças pró-Grécia e rebeldes judeus que tentavam tomar a fortaleza.

 

“Este é um exemplo raro de como rochas, moedas e terra podem se juntar em um episódio arqueológico único para abordar realidades históricas específicas da cidade de Jerusalém”, afirmou Ben-Ami.

 

A localização de Acra foi mencionada vagamente em pelo menos dois textos antigos – o Livro dos Macabeus, que trata da rebelião, e um relato escrito do historiador Flávio Josefo.

 

Fonte: G1

comentários[13]

2

nov
2015

7 coincidências históricas que não estão nos livros

 

d3 ilustracao close1Ilustração: Leandro Lassmar

 

Confira 7 casos de coincidências históricas que provam que a vida sempre foi malandra.

 

7 x 3 = DEU AZAR OUTRA VEZ

Quando o rei da França Luís 16 era criança, foi advertido por um astrólogo a ficar sempre cauteloso nos dias 21 de cada mês. Ele seguiu o conselho tanto quanto pôde, mas o destino o alcançou: em 21 de junho de 1791, ele foi preso tentando escapar da Revolução Francesa. No dia 21 de setembro de 1792, a França aboliu a monarquia. Em 21 de janeiro de 1793, ele foi executado.

 

CAIM E ABEL

Abraham Lincoln, o presidente norte-americano que guiou o país na Guerra Civil, foi assassinado por John Wilkes Booth em 1865. O que nem todos sabem é que, pouco antes do crime (a data é incerta), seu filho Robert Lincoln caiu nos trilhos de um trem e foi salvo por ninguém menos que... Edwin Booth, irmão do assassino de Abraham!

 

DISFARCES TROCADOS.

Durante a 1ª Guerra Mundial, os britânicos transformaram o navio de passageiros RMS Carmania num navio de guerra e o disfarçaram como o navio de passageiros alemão SMS Cap Trafalgar. Adivinhe qual embarcação esse navio afundou em 14 de setembro de 1914? Isso mesmo, o verdadeiro SMS Cap Trafalgar. Que os alemães haviam disfarçado como o quê? O próprio RMS Carmania, para parecer um navio de passageiros.

 

MENSAGEM VALIOSA

Na Guerra Fria, espiões da União Soviética usavam moedas ocas para passar mensagens. Sem querer, uma dessas foi parar nas mãos de um garoto nos EUA, que descobriu uma mensagem criptografada dentro e a entregou às autoridades em 1953. O código permaneceu indecifrado até que, em 1957, o espião russo Reino Hayhanen, que estava infiltrado havia cinco anos, se entregou às autoridades e recebeu a tarefa de decifrar o código. Aí veio a descoberta: tratava-se de uma mensagem de boas-vindas para o próprio Hayhanen, que havia extraviado e nunca chegado ao destinatário.

 

MULHER AO MAR

Violet Jessop foi uma enfermeira argentina azarada... ou sortuda. Especializada em trabalhar em navios, em 1911 ela tripulava o RMS Olympic, que colidiu com o cruzeiro HMS Hawke e quase afundou. Em 1912, arranjou outro navio para trabalhar: o Titanic. Após sobreviver à tragédia do choque com o iceberg, ela arranjou emprego no Britannic... que afundou em 1916 após colidir com uma mina marinha. Conhecida como "Miss Inafundável", Violet só morreu em 1971, aos 83 anos.

 

LEVA UM CINTINHO, FILHO!

Durante a 2ª Guerra, em 1942, o norte-americano Elgin Staples tirava um cochilo no navio USS Astoria, onde trabalhava, quando acordou e viu que a embarcação estava afundando. Ele se safou graças a um cinto salva-vidas. O barco que o resgatou também afundou - e ele foi salvo pelo mesmo cinto. Isso foi em Gualdacanal, próximo à Austrália, mas o cinto vinha dos EUA. Ao chegar em casa, ele descobriu, atônito, que o cinto havia sido feito na fábrica em que sua mãe trabalhava - e que ela própria o havia inspecionado e aprovado.

 

CRUZADINHAS INIMIGAS

Leonard Dawes, um professor aposentado, produzia as palavras cruzadas do jornal britânico Daily Telegraph durante a época da 2ª Guerra. Em um intervalo de duas semanas em maio de 1944, seus passatempos incluíram palavras como Utah e Omaha (codinomes de duas operações dos EUA no Dia D), entre outros termos suspeitos. O serviço secreto britânico interrogou Dawes achando que ele era um espião alemão, mas tudo não passava de coincidência.

 

Fonte: Mundo Estranho

comentários[19]

Clima Tempo