Portal da Educao Adventista

*Professor Genivaldo *

24

nov
2013

Como se faz chocolate aerado?

 

Anote aí os ingredientes: chocolate e gás carbônico. Mas, antes que você se revolte por pagar mais para degustar ar, saiba que o processo de colocar CO2 na guloseima não é barato e nem simples.


Mas o segredo está na quantidade de leite em pó da fórmula: é ela que regula a quantidade e formação das bolhas. "O leite possui uma proteína, a caseína, que forma 'redes' que seguram naturalmente o ar", diz Valdecir Luccas, engenheiro químico e pesquisador do Instituto de Tecnologia de Alimentos de Campinas.



É justamente essa dosagem que a Nestlé patenteia e não deixa ninguém chegar perto, protegendo os anos de pesquisa e milhões de dólares gastos para criar o Suflair. Pode reparar, as gôndolas não trazem muitos aspirantes ao posto: a Arcor, por exemplo, gastou US$ 1 milhão para lançar sua versão, o Aerado.



Por isso as receitas caseiras para Suflair nunca funcionam: bater, aquecer no micro-ondas e acrescentar fermento em pó, segundo Luccas, só resultam em um chocolate de gosto ruim e todo esburacado.

 

Ar, doce ar

Conheça a fantástica fábrica de chocolate aerado


1. Cai dentro

O chocolate é derretido e, ainda quente, dividido em moldes. A diferença é que esse tem uma mistura especial de leite em pó, que favorece a criação de bolhas de ar na barra.


2. Dá um gás

Jatos de CO2, o grande responsável pelas bolhas, são despejados na massa por bicos injetores. Essa parte da linha de produção é guardada como segredo de Estado.


3. É o frescor

No final, o chocolate entra em um túnel para ser resfriado. É o truque para segurar o gás e dar a forma final à barra de chocolate.
Fonte:Super Interessante

 

comentários[1]

23

nov
2013

Por que os cachorros fedem tanto quando ficam molhados?

 

72317520

A gente não quer te assustar, mas a resposta é meio nojenta: o "cheiro de cachorro molhado" é o resultado de uma reação química da água com algumas secreções malcheirosas produzidas pelos cães.

 

"Quando eles se molham, essas secreções se diluem pelo corpo. Quando elas evaporam, nossas narinas entram em contato com o odor desagradável", afirma o veterinário Gelson Genaro, especialista em fisiologia e comportamento animal. Além dessa, existem também outras razões para a fedentina.

 

"Os cachorros possuem muitos fungos e bactérias na pele. Se depois do banho eles ficam com o pêlo úmido, pode haver uma predisposição a infecções que provocam cheiro ruim", diz a veterinária paulista Ângela Velloso Braga Yazbek. Por isso, vale o conselho: para evitar que o animal fique com um odor barra-pesada, é preciso secar bem o pêlo com a toalha e, em seguida, com o secador - com cuidado para não queimar o bichinho...

Cheiro cu-ri-o-so! Glândulas perto do * soltam líquido que gera o odor

1. Os cachorros possuem glândulas em certas partes do corpo - como a ad-anal, perto do ânus, que liberam uma secreção gordurosa e fedorenta para marcar o território do animal.

 

2. Quando os cachorros são molhados, a água se mistura a essas secreções, diluindo-as e espalhando-as em outras partes do corpo.

 

3. Se o cachorro não for bem seco, a água, ao evaporar, leva consigo moléculas das secreções. É o que nossas narinas reconhecem como cheiro de cachorro molhado.

 

Fonte: Mundo Estranho

comentários[0]

10

nov
2013

Por que os lagos congelam só na superfície?

 
 

Frozen_Lake_-_Kosovo

Porque a camada de gelo funciona como uma espécie de cobertor, impedindo que a água mais profunda congele. "A capa gelada faz o papel de isolante térmico. Como o gelo é um mau condutor, ele evita que o resto da água perca calor para a atmosfera", afirma o glaciologista Jefferson Cardia Simões, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

 

Há ainda outro fator importante: no inverno, o fundo do lago libera o calor armazenado pelo solo durante o verão, deixando a temperatura um pouco mais quente, perto de 4ºC. Pode não ser nada encorajador para um mergulho, mas é o suficiente para manter a água em estado líquido, garantindo a sobrevivência de várias espécies. Nos lagos que congelam só no inverno, a capa de gelo não costuma ter mais que 1 metro de espessura. Parece pouco, mas, se ela for bem sólida e longa, suporta o peso de um caminhão de 25 toneladas!

 

A água de lagos e rios congela a 0ºC e nos oceanos a -1,8ºC - porque o sal reduz a temperatura necessária para o congelamento. O "cobertor gelado" dos mares também pode ser mais espesso. Existem regiões no Ártico com mais de 30 metros de gelo, embora a média não ultrapasse 5 metros no Pólo Norte e 1,20 metro no Oceano Antártico.

 

Fonte: Mundo Estranho

comentários[1]

10

nov
2013

Por que às vezes vemos a lua de dia?

 

por-que-vezes-vemos-lua-dia

 

Na verdade, ela sempre pode ser vista de dia, com exceção de dois dias do ciclo lunar. Dos 29,5 dias que constituem o ciclo, só não podemos vê-la nas fases de lua cheia e de lua nova. Isso porque, na nova, ela fica entre a Terra e o Sol (mas sem bloqueá-lo, como em eclipses), então seu lado voltado para nós não recebe luz e não aparece. Na cheia, ela não é vista, porque ainda está abaixo do horizonte quando escurece: só nasce quando o Sol se põe, e se põe quando ele nasce. Fora isso, conseguimos vê-la de dia, nem que seja só por algumas horas.

 

Fases da lua


O ciclo lunar se renova todo mês. Saiba os horários para ver:


Lua nova


Nasce às 6h e se põe às 18h

 

Lua quarto crescente


Nasce às 12h e se põe à 0h

 

Lua cheia


Nasce às 18h e se põe às 6h

 

Lua quarto minguante


Nasce à 0h e se põe às 12h

 

Consultoria Maria de Fátima Saraiva, professora de astronomia da UFRGS. Via Mundo Estranho

comentários[3]

Clima Tempo