Portal da Educao Adventista

*Professor Genivaldo *

28

nov
2009

É uma questão de hermenêutica!

Olá alunos,

Vocês vivem constantemente diante de questões de hermenêutica, e eu sempre digo que quando vocês dominarem essa arte o sucesso estará garantido.

Estamos chegando a mais um final de ano. As últimas provas e trabalhos estão acontecendo. Portanto não se deixe enganar, fique atento a HERMENÊUTICA. Aproveite bem o seu tempo para estudar, senão o seu mês de dezembro será mais longo.

Para que não fique dúvida vamos relembrar o que significa a tal da hermenêutica:

Hermenêutica - É a ciência que nos ensina os preceitos, as regras e os métodos para uma correta interpretação.

Schleiermacher assim definiu hermenêutica: "A doutrina da arte de compreender."

Um abraços a todos. As férias estão chegando.

comentários[2]

26

nov
2009

Alô galera do 2º ano do Ensino Médio


Já se encontra no downloads slides referentes ao conteúdo da prova de História do dia 02/12 - Período Entre-Guerras. É só baixar e estudar.,

comentários[1]

22

nov
2009

Notas do Trabalho de Geografia - 7º ano


As notas do trabalho sobre as regiões brasileiras já se encontram no sistema de notas do colégio. São duas notas. Confira o seu desempenho. Qualquer dúvida venha falar com o professor.

comentários[7]

14

nov
2009

2012 - O Fim do Mundo


As pessoas estão preocupadas com o fim do mundo por causa do filme de Roland Emmerich, que coloca o tempo do fim em 21 de dezembro de "2012" (nome do filme). A data é sugerida por um Calendário da civilização Maia (cultura mesoamericana pré-colombiana).

 A mídia tem aumentado a curiosidade pela ficção ao afirmar que um planeta de nome fictício (Nibiru) "entrará em choque com a Terra". Basta você acessar o Google, digitar "2012" e encontrará uma enxurrada de "informações" sobre a "nova moda apocalíptica". Para não cairmos nessa onda de euforia, é importante termos em mente que:

 1) O Calendário Maia não é o Calendário de Deus;

 2) Um filme que se propõe a ter sucesso de bilheteria por uns bons anos JAMAIS passará DE VERDADE a ideia que o mundo acabará em menos de três anos;

 3) O "tempo do fim" na Bíblia é o fim do pecado e das consequências trágicas trazidas à humanidade (a principal, a morte. Ver Romanos 6:23). O "fim" ocorrerá por ocasião da volta gloriosa de Jesus (Apocalipse 1:17; Mateus 24:30, 31; 2 Pedro 3:10-13);

 4) O Apocalipse não é sinônimo de catástrofes. O nome grego do último livro da Bíblia significa "Revelação" e, por isso, está relacionado com esperança e não com calamidades, como é passado pelos veículos de comunicação sensacionalistas. É nesses pontos que irei me deter, de maneira breve.

 O CALENDÁRIO DE DEUS NÃO É O MESMO UTILIZADO PELOS MAIAS

 Não devemos negar a dedicação dos Maias no estudo, especialmente da astronomia. Todavia, o tempo de Deus não é o tempo do ser humano. O "Calendário Divino" que aponta os sinais da volta de Cristo são: o capítulo 24 de Mateus, o capítulo 21 de Lucas e o capítulo 6 do livro do Apocalipse, entre outros. O Calendário de Deus não é numérico, mas, profético.

 Portanto, o que os Maias dizem a respeito do fim do mundo deve ser desconsiderado por todo aquele que acredita na Bíblia e que ao menos tem bom senso.

Leandro Quadros.

Saiba mais acessando http://www.esperanca.com.br/ofimdomundo/?p=124 

Assista um documentário especial sobre o asunto: http://www.esperanca.com.br/ofimdomundo/?p=188

comentários[1]

13

nov
2009

Revisão de História 7º ano - Absolutismo

Alô galera.
Prepare-se para a prova de recuperação. Baixe a aula de revisão em downloads, 7º ano.

bom estudo.

comentários[3]

5

nov
2009

Galera do 7º ano - Expansão Marítima

Já se encontra a disposição no downloads um resumo das aulas sobre a Expansão Marítima. Vá lá conferir, baixar e revisar.
Bom estudo.

comentários[0]

2

nov
2009

1º ano - Respostas dos exercícios de História Módulo 21

Para facilitar o seu estudo, encontra-se no downloads um resumo da aula sobre o Renascimento Cultural.

Repostas
Páginas 6 e 7:


1.
a) O aumento das trocas comerciais entre os centros da economia continental além do surgimento de uma nova classe social, a burguesia. Destacam-se também, nesse contexto, o mecenato e a invenção da imprensa.

b) a crítica ao teocentrismo, indicando que o homem é visto no Renascimento como o responsável pelos seus atos, enfatizando o antropocentrismo; a crítica ao geocentrismo, destacando a teoria de Copérnico sobre o heliocentrismo.

2. Os mecenas eram os patrocinadores das artes. Ao sustentar filósofos, escultores, pintores e outros, eles procuravam atingir projeção social. Burgueses, nobres e estadistas se encontravam entre os grandes mecenas da época. Seus recursos financiararm importantes obras renascentistas. A Igreja também teve um papel importante com mecena.

3. Havia posperidade econômica e cultural;
 Estava dividida em cidades-estados lideradas por um rica  burguesia comercial.
 O Renascimento italiano é favorecido ainda, por uma tradição clássica, já que o país abrigou o centro do Império Romano.
 Proteção dos mecenas (papas, bispos, reis, príncipes e banqueiros que reúnem obras clássicas, amparam os estudiosos da literatura grega e latina, fundam bibliotecas e embelezam seus palácios e igrejas).

4. Na transição do feudalismo para o capitalismo e no no renascimento comercial e urbano. Os intelectuais e artistas do Renascimento buscavam a inspiração na cultura clássica greco-romana.

5.
a) Defendeu a teoria do heliocentrismo, considerando o Sol com o centros do Universo. Sua visão era contrária ao geocentrismo defendida pela Igreja Medieval.

b) Permitiu estabelecer melhor relação das distâncias entre os planetas e o Sol. Possibilitou a diferenciação entre plaentas e estrelas.

c) As nvas técnicas foram aplicadas à navegação, contribuindo decisivamente para a expansão marítima.

6. Pessoal.

Testes de Vestibular - páginas 7 e 8

1. A
2. A
3. E
4. D
5. B
6. E
7. A
8. A


comentários[0]

Clima Tempo