Portal da Educao Adventista

*Professor Genivaldo *

31

out
2015

Os cristãos e a festa do Halloween

 

Confira.

comentários[2]

31

out
2015

31 de outubro é o dia ...

 

Da Reforma Protestante.

 

Em 31 de outubro é comemorado por evangélicos de todo o mundo o dia da Reforma Protestante. Em 1517, um dia antes da festa católica de “Todos os Santos”, o monge agostiniano Martinho Lutero pregou publicamente suas 95 teses, na porta da Catedral de Wittenberg (Alemanha). Seu apelo era por uma mudança nas práticas da Igreja Católica, por isso o nome “Reforma”.

 

A iniciativa teve consequências por toda a Europa, dividiu reinos, gerou protestos e mortes. E mudou para sempre a Igreja. Para alguns, Lutero destruiu a unidade do que era considerada “a” igreja, era um monge renegado que desejava apenas destruir os fundamentos da vida monástica. Para outros, é um grande herói, que restaurou a pregação do evangelho puro de Jesus e da Bíblia, o reformador de uma igreja corrupta.

 

O fato é que ele mudou o curso da história ao desafiar o poder do papado e do império, e possibilitou que o povo tivesse acesso à Bíblia em sua própria língua. A principal doutrina de Lutero era contra o pagamento de penitências e indulgências aos lideres religiosos. Ele enfatizava que a salvação é pela graça, não por obras.

 

Conta-se que muita coisa mudou dentro daquele monge até então submisso ao papa quando, em 1515, Lutero começou a dar palestras sobre a Epístola aos Romanos. Ao estudar as Escrituras se deparou com o primeiro capítulo de Romanos, que decretava “o justo viverá pela fé”. Desvendava-se diante dele o que é conhecida como “justificação pela fé”, ou seja, a justificação do pecador diante de Deus não é por um esforço pessoal, mas sim um presente dado àqueles que acreditam na obra de Cristo na cruz.

 

O movimento encabeçado por Lutero ocorreu durante um dos períodos mais revolucionários da história (passagem da Idade Média para o Renascimento) e mostra como as crenças de um homem pode mudar o mundo.

 

A controvérsia acabou sendo, segundo historiadores, maior do que Lutero pretendia ou imaginara. Porém, ao atacar a venda de indulgências por parte da igreja, acabou opondo-se ao lucro obtido por pessoas muito mais poderosas do que ele. Segundo Lutero, se era verdade que o Papa tinha poder de tirar as almas do purgatório, devia usar esse poder, não por razões egoístas, como a necessidade arrecadar fundos para construir uma igreja, mas simplesmente por amor, e devia fazê-lo gratuitamente. A idolatria aos santos também foi um dos grandes pontos de discórdia com os lideres católicos.

 

A maioria dos historiadores concorda que Lutero teria tentado apresentar seus argumentos ao Papa e alguns amigos de outras universidades. No entanto, as teses colocadas na porta da Catedral de Wittemberg e os muitos argumentos teológicos impressos e distribuídos por ele nos meses seguintes, acabaram se espalhando por toda a Europa, fazendo com que ele fosse chamado ao Vaticano para se retratar perante o Papa. A partir de então, entrou abertamente em conflito com a Igreja Católica.

 

Acabou excomungado em 1520, pelo papa Leão X. Alegava-se  que ele incorria em “heresia notória”. Devido a esses acontecimentos, Lutero temendo a morte, ficou exilado no Castelo de Wartburg, por cerca de um ano. Durante esse período trabalhou na sua tradução da Bíblia para o alemão, resultando na impressão do Novo Testamento em setembro de 1522.

 

Fonte: http://www.mtagora.com.br

comentários[11]

30

out
2015

Como era uma execução na guilhotina?

 

Era um ritual sofisticado e cheio de etapas. A guilhotina já existia em versões mais simples, mas ficou famosa na Revolução Francesa (1789). Uma das motivações dos franceses era acabar com as regalias dos nobres - inclusive na pena de morte. Até então, plebeus condenados encaravam tortura, forca ou esquartejamento, enquanto membros da elite podiam escolher de que forma seriam executados (e ela sempre era mais branda). Para acabar com isso, o médico e político Joseph-Ignace Guillotin propôs penas iguais para crimes iguais. Após dois anos de debate, a proposta foi aceita, e outro médico, Antoine Louis, desenvolveu a arma. Ou seja, a guilhotina deveria se chamar luisette, mas um jornal se adiantou e atribuiu a invenção a Guillotin, que acabou dando seu nome a ela. Guiado por princípios humanitários, Guillotin queria possibilitar uma morte justa. Mas a guilhotina virou o símbolo da repressão revolucionária.

 

Show de horror


A morte na guilhotina era um espetáculo para ver e ser visto

 

Percurso

O carrasco cruzava a cidade para levar condenados à praça. Esses desfiles, que duravam cerca de duas horas, eram a etapa mais lenta do ritual

 

Linha de (des)montagem

Em Paris, a Place de Grève era palco de execuções de crimes comuns e a Place du Carroussel servia para os criminosos políticos. Cerca de 50 guilhotinas foram instaladas em várias cidades, e elas ficavam ativas por até seis horas por dia. Para seguir esse ritmo fast-food, a execução era breve, direta e mecânica - nem todos tinham tempo para dizer as últimas palavras

 

Infografico

 

Máquina da morte

O carrasco soltava a corda após prender o condenado com uma barra de madeira. A chapa metálica despencava e, em 0,68 segundo, decapitava o sujeito. A força que a lâmina afiadíssima exercia no pescoço não dava chances para tecidos nem vértebras.

 

Altura da guilhotina: 4,5 m

Distância percorrida até a execução: 2,3 m

Velocidade final de queda: 24 km/h

Bloco: 30 kg

Esferas: 1 kg cada

Lâmina: 7 kg

Largura da lâmina: 40 cm

 

O terror, o terror

Estima-se que 40 mil cabeças rolaram entre 1792 e 1799. O período mais sinistro dessa época, de 1792 a 1794, ficou conhecido como Terror. Nesse tempo, o governo revolucionário suspendeu garantias civis e cerca de 15 mil pessoas morreram naguilhotina. No fim do Terror, um golpe derrubou e guilhotinou Robespierre, o próprio líder do governo.

 

ILUSTRES GUILHOTINADOS

 

Luís 16

Não custa lembrar, a Revolução Francesa foi a revolução porque eles mataram o próprio rei! Luís foi encurralado, preso, julgado e condenado por alta traição.

 

Maria Antonieta

Nove meses após a execução de Luís 16 na atual Praça da Concórdia, foi a vez da rainha perder a cabeça.

 

Lavoisier

Pai da química moderna, Antoine Lavoisier foi condenado por se envolver com os donos de uma empresa inimiga dos revolucionários.

 

Danton

Um dos líderes do início da Revolução, acabou se opondo a Robespierre, que o declarou inimigo da república. Foi executado ao lado do jornalista Camille Desmoulins, ex-melhor amigo de Robespierre. Que sujeito bacana!

 

Fonte: Mundo Estranho

comentários[27]

29

out
2015

Para onde iam o xixi e o cocô nos primeiros aviões?

 

Há 109 anos, o 14 BIS fazia seu primeiro voo e inaugurou a 'Era das chuvas de fezes e urina humana'. Se nos primórdios da aviação quase mataram uma idosa e causaram diversos acidentes, hoje são extremamente raras de acontecerem.

Ao longo do último século, os avanços tecnológicos foram fundamentais para que os céus se tornassem mais seguros tanto à aviação quanto para a eliminação correta de dejetos humanosAo longo do último século, os avanços tecnológicos foram fundamentais para que os céus se tornassem mais seguros tanto à aviação quanto para a eliminação correta de dejetos humanos - Foto: Divulgação/U.S. Copyright Office

 

O mês de outubro é histórico para a aviação mundial. Foi nesta mesma época do ano, em 1906, que Santos Dumont realizou seu épico voo nos campos de Bagatelle, com o 14 BIS, e inaugurou os céus mundiais para uma nova Era. Naquela época, a tecnologia começava a engatinhar e nem todas as situações óbvias nos dias atuais eram assim no passado, como por exemplo o procedimento de descarte das fezes e urina dos passageiros.

 

Já pensou em ser atingido por um cocô humano voador? Pode parecer bizarro (e principalmente nojento!), mas esta situação já causou diversos acidentes no passado. Ao longo do último século, os avanços tecnológicos foram fundamentais para que os céus se tornassem mais seguros tanto à aviação quanto para a eliminação correta de dejetos humanos. O primeiro relato oficial de um avião eliminar dejetos humanos nas alturas ocorreu em 1927, quando o piloto Charles Lindbergh fez o primeiro voo sem escalas entre Nova York e Paris. Numa conversa posterior, ele afirmou ao então monarca inglês, George V, que despejou suas fezes e urina sobre o território francês.

 

Só a partir da década de 1930, que os aviões ganharam um compartimento especial para armazenar fezes e urina, mas ainda assim os acidentes eram frequentes. Devido a grande altitude das aeronaves, os detritos congelavam e se tornavam mortíferos blocos que pesavam até 150 kg. Ao longo das décadas de 1950 até o início dos anos 1980, os acidentes com blocos de fezes e urina se tornaram frequentes. Há registros de diversos casos de pedaços congelados recheados de 'cocô' que caíram do céu na Europa e EUA, entre os episódios mais famosos se destaca o de uma idosa de 77 anos que teve sua casa atingida por um bloco de 50 kg. O fato que ocorreu em 1974, nos Estados Unidos, só não foi fatal devido o 'presente' ter caído a dois metros de distância da poltrona onde a aposentada assistia à televisão.

 

A grande invenção que fez a 'chuva de cocô' diminuir consideravelmente foi o banheiro a vácuo. Criado na década de 1980, o equipamento acabou com a utilização em excesso de água dentro do vaso sanitário das aeronaves, diminuindo substancialmente o peso dos 'blocos de cocô' e por consequência, atenuando vazamentos de líquidos. Entretanto, casos de falhas no sistema ainda são registrados, como um que ocorreu em julho de 2015, num voo entre a Inglaterra e Dubai. Na época, houve um vazamento no sistema de armazenagem das fezes e urina que obrigou o piloto a retornar com a aeronave à Londres devido ao mau cheiro e risco de vazamento.

 

Atualmente, os relatos de 'chuvas de cocô humano' são raríssimos, pois a probabilidade de uma falha no sistema ocorrer no momento em que a aeronave sobrevoa uma região habitada é muito pequena. De qualquer forma é recomendável (e higiênico!) ficar sempre atento ao céu e preparar o guarda-chuva!

 

Fonte: http://ecoviagem.uol.com.br

comentários[22]

29

out
2015

É verdade que o pum das vacas aumenta o efeito estufa?

 

Durante a digestão, bois e vacas produzem muito metano, um gás que contribui com 23% do efeito estufa e é 21 vezes mais ativo que o gás carbônico na retenção dos raios solares que aquecem o globo! No Brasil, os rebanhos de bovinos e outros ruminantes (cabras, ovelhas, búfalos...) são responsáveis por 90% do metano gerado no país - no mundo, esse índice cai para 28%. O gás é produzido por bactérias do rúmen (uma das quatro cavidades do estômago dos bichos), que ajudam a retirar a energia dos alimentos que o gado come. O mais curioso é que a maior parte dos gases não sai estrondosamente pelo ânus do bicho, mas pela boca, como se fosse um arroto, junto com a respiração. Mas, antes que alguém resolva dar nome aos bois e mandar as vacas para o brejo por causa do efeito estufa, vale lembrar que o maior responsável pelo excessivo aquecimento global é o gás carbônico emitido por fábricas e carros." No caso dos ruminantes, dá para reduzir a emissão de metano mexendo na dieta dos animais e diminuindo o tempo para o abate", afirma o agrônomo Sérgio Raposo, da Embrapa.

 

Bufando e andando Ruminantes emitem 28% do metano produzido no mundo.

Fontes produtoras de metano no planeta


Animais ruminantes - 28%

Gás natural - 15%

Aterros - 13%

Cultivo de arroz - 11%

Esgoto - 10%

Outros - 23%

 

Fonte: Painel intergovernamental em mudanca do clima (IPCC) - Via Mundo Estranho

comentários[19]

28

out
2015

Robô motoqueiro

 

A Yamaha revelou no Salão de Tóquio 2015, nesta quarta-feira (28), um projeto de robô capaz de pilotar moto de forma autônoma.


Chamado de Motobot, essa espécie de "robô-motoqueiro", que lembra até um personagem do filme "Transformers" foi mostrada como um fusão das tecnologias de moto e robótica da empresa japonesa, reconhecida como uma das maiores fabricantes de motocicletas do mundo.



Ainda no evento, a marca apresentou um carro conceito esportivo, o Sports Ride Concept, e um novo triciclo: o MWT-9.

 

Robô "Valentino Rossi " a 200 km/h



O Motobot está em desenvolvimento e a marca quer alcançar o objetivo de rodar em motocicletas convencionais, sem nenhum tipo de alteração, a mais de 200 km/h na pista, informou a Yamaha.

 

E as pretensões são grandes: a montadora espera que o robô pilote tão rápido quanto Valentino Rossi, lenda da MotoGP.

 

Segundo a empresa, é necessário uma ampla gama de sistemas funcionando em perfeição para que a moto posso ser pilotada pelo robô. A meta é utiliza esta tecnologia para criar sistemas de segurança para os motociclistas.

Yamaha Motobot em uma YZF-R1 (Foto: Divulgação)Yamaha Motobot em uma YZF-R1 (Foto: Divulgação)
Assista o vídeo: http://migre.me/rWTQb
Fonte: G1

comentários[25]

26

out
2015

Bacon, linguiça e salsicha - produtos cancerígenos

 

OMS coloca bacon, linguiça e salsicha na lista de alimentos cancerígenos

 

O consumo de produtos como salsicha, linguiça bacon e presunto, aumenta o risco de câncer do intestino em humanos, afirma um novo relatório da OMS (Organização Mundial da Saúde) publicado nesta segunda-feira (26). De acordo com o documento, a carne processada é um fator de risco certo para a doença, e carnes vermelhas de um modo geral são um fator de risco "provável".

 

As canes processadas foram colocadas na lista do grupo 1 de carcinogênicos – que já inclui tabaco, amianto e fumaça de diesel – para os quais já há “evidência suficiente” de ligação com o câncer. O relatório foi feito pela IARC (Agência Internacional de Pesquisa do Câncer), órgão ligado à OMS.

 

Risco de câncer


"Para um indivíduo, o risco de desenvolver câncer colorretal em razão do consumo de carne processada permanece pequeno, mas esse risco aumenta com a quantidade de carne consumida", afirmou Kurt Straif, chefe de programa Monographs, do IARC, que avalia riscos para o câncer.

 

Um estudo de meta-análise -- que avaliou diversos outros estudos-- estima que cada porção diária de 50 gramas de carne processada aumente o risco de câncer colorretal em 18%. Esse tipo de câncer é hoje o segundo mais diagnosticado em mulheres e o terceiro em homens, e está matando 694 mil pessoas por ano (segundo dados de 2012 da OMS, os mais recentes).

 

A carne vermelha - grupo dentro da qual estão tecido muscular de boi, porco, carneiro, bode e cavalo - foi classificada como um carcinógeno (produto capaz de provocar câncer) "provável" e entrou na lista do grupo 2A, que contém o glifosato, princípio ativo de muitos herbicidas.

Cachorro quente (Foto: Reprodução/EPTV)Cachorro quente (Foto: Reprodução/EPTV)

 

A definição do IARC para carne processada inclui produtos "transformados por salgamento, curagem, fermentação, defumação e outros processos para realçar sabor ou melhorar a preservação", afirma um artigo publicado por cientistas do IARC na revista médica "The Lancet", que acompanhou a divulgação do novo relatório.

 

Carne vermelha


"Essas descobertas dão mais suporte às recomendações sanitárias atuais para limitar o consumo de carne", afirmou Christopher Wild, diretor do IARC.

 

"Ao mesmo tempo, a carne vermelha tem valor nutricional", afirmou o médico, sugerindo que as novas recomendações não sejam encaradas de maneira alarmista. "Esses resultados, então, são importantes para permitir governos e agências regulatórias internacionais para conduzirem avaliações de risco, de modo a equilibrar riscos e benefícios de comer carne vermelha ou processada e para fornecer as melhores recomendações diárias possíveis."

 

"A maior parte das carnes processadas contém carne de porco ou boi, mas também pode conter outras carnes vermelhas, frango, carne de segunda (fígado, por exemplo), ou subprodutos da carne, como o sangue", afirma o artigo.

 

A classificação mais branda para a carne vermelha é reflexo de "evidências limitadas" de que ela causa câncer. O IARC descobriu ligações principalmente com o câncer de intestino, mas também observou associações com tumores no pâncreas e na próstata, afirmou.

 

Fonte: G1 - Bem Estar

comentários[22]

25

out
2015

Por que a adolescência é uma fase tão difícil?

 

AdolescênciaIlustra: Werllen Holanda

 

Porque é uma fase de mudanças físicas, psicológicas e sociais. Essa etapa marca exatamente a transição da infância para a idade adulta - segundo a Organização Mundial de Saúde, a adolescência começa aos 10 e termina aos 20 anos. Durante esse período, o corpo muda e as ideias também. Como é tudo ao mesmo tempo, é normal que aconteçam conflitos internos e externos. Segundo a psiquiatra e psicanalista Helena Masseo de Castro, a sensação de dificuldade não pode ser considerada como regra, pois cada indivíduo tem uma experiência única de vida. "Nas famílias em que há diálogo, conversa, intimidade, carinho e confiança, a adolescência é mais leve, pois o amor entre pais e filhos é a base do amor-próprio, da autoestima", afirma. Além disso, vale lembrar que pessoas de classes sociais mais baixas podem ter problemas de adulto nessa fase, que se sobrepõem às questões da adolescência.

 

A MENTE

O período de indefinição entre criança e adulto gera alguns enfrentamentos psicológicos, como a perda da proteção dos pais, a necessidade de desenvolvimento da autonomia e a construção de uma identidade, inclusive a sexual. Tudo isso acarreta em novas emoções, percepções e reflexões

 

OS PAIS

Os progenitores perdem a característica de benfeitores e viram educadores, fontes de ordens, tarefas e exigências. Essa transformação pode ser encarada com contrariedade pelo filho, que no fundo gostaria de continuar sendo mimado. O adolescente também passa a enxergar as imperfeições dos pais, antes vistos como heróis. Daí pode surgir certa decepção

 

O COMPORTAMENTO

Com a capacidade de raciocínio mais desenvolvida, o adolescente ganha novas responsabilidades e papéis, tornando-se um novo ser social. Em casa, a hora de lazer pode se transformar em tarefas adultas, como cuidar do irmão. Na escola, é preciso escolher sua futura carreira. Na sociedade, há de se conquistar um emprego. Nos relacionamentos, é preciso buscar parceiros (as)

 

O CORPO

As transformações físicas e biológicas mantêm o adolescente em crescimento até a idade de 16 a 19 anos. Nessa fase ocorre também a puberdade, ou seja, o amadurecimento sexual. Nas meninas, entre 10 e 14 anos, inicia-se a formação de quadris e o crescimento dos seios, mamilos e pelos pubianos. Nos rapazes, dos 12 aos 16, surgem os pelos pubianos e aumentam o escroto e o pênis

 

O METABOLISMO

A ação dos hormônios se altera completamente. A glândula pituitária, no cérebro, secreta novos tipos que agem sobre os órgãos sexuais. Nos meninos, o folículo-estimulante promove a produção de células responsáveis pelos espermatozoides, e a testosterona conduz o surgimento de características típicas masculinas. Nas meninas, há a produção de estrogênio, que leva ao desenvolvimento dos seios e pelos pubianos, e da progesterona, reguladora do ciclo menstrual

 

A INVENÇÃO DA ADOLESCÊNCIA

Os adolescentes só surgiram há cerca de 70 anos. Até o século 19, a sociedade não concebia a ideia de uma fase transitória. Naquela época, o indivíduo deixava de ser criança entre 10 e 14 anos e passava à vida adulta. De um dia para o outro, começava a imitar o jeito de vestir e falar dos adultos, além de adquirir as mesmas obrigações e gostos. Quem criou o termo "adolescente" foi o psiquiatra Granville Stanley Hall, em 1898. Entretanto, a palavra pegou mesmo após a 2ª Guerra, quando nasceu o rock 'n' roll e a revolução cultural que afetou somente os mais jovens

 

FONTE Livro A Criação da Juventude - Mundo Estranho

comentários[14]

24

out
2015

Aniversário da ONU - 70 anos

 

Hoje comemoramos o Dia da ONU (Organização das Nações Unidas), sendo esta, a data em que a instituição foi criada.

 

A ONU  foi fundada no dia 24 de outubro de 1945, em São Francisco, Estados Unidos.

 

A ONU foi formada com a união de cerca de 50 países que buscam o desenvolvimento, defender os direitos humanos e a liberdade, e manter a paz mundial.Os trabalhos da ONU estão voltados para promover o bem social a crianças, idosos, refugiados de guerra, povos indígenas, fomentar a sustentabilidade, entre outros.

 

É formada por dezesseis agências especializadas que integram seu sistema. A UNICEF (Fundo das Nações Unidas para a Infância) é uma delas. É muito conhecida no Brasil, em razão das campanhas para a arrecadação de fundos a fim de desenvolver trabalhos em favor de crianças carentes que vivem no país.

 

Além da UNICEF, outros importantes órgãos são parte constituinte da ONU, como a OMS (Organização Mundial de Saúde), UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura), dentre outros.

 

Hoje a ONU conta atualmente com a participação de cento e noventa e três nações, sendo assim, considerado um grande avanço.

 

Os principais objetivos da ONU são:

- Manter a paz internacional.
- Garantir os Direitos Humanos.
- Promover o desenvolvimento socioeconômico das nações.
- Incentivar a autonomia das etnias dependentes.
- Tornar mais fortes os laços entre os países soberanos.

 

Fontes: Brasil Escola e smartkids.com.br



comentários[14]

23

out
2015

Chegou a hora do Enem

Depois se um tenebroso e longo inverno, o blog está de volta. Como não deu tempo de preparar um post, vou publicar na íntegra o que o Michelson postou no seu site Criacionismo.

 

O Exame Nacional do Ensino Médio de 2015 (Enem) será realizado neste fim de semana. Milhares de estudantes vêm, de longa data, se preparando para as provas, na expectativa de realizar o sonho de adentrar uma universidade. O acesso ao ensino superior é a grande meta desse público-alvo que vê no Enem a porta de entrada para maiores oportunidades acadêmicas. Na experiência do jovem estudante adventista do sétimo dia, o Enem não serve só como um meio de testar conhecimentos escolares; constitui também uma especial oportunidade de testemunhar a favor de Jesus e da lei de Deus.
Nos últimos anos, o quarto mandamento alcançou evidência na mídia e se tornou uma “questão de prova” do Enem para os alunos cristãos que acreditam na vigência e validade do sábado. Quem for participar do Enem necessita ter em mente algumas coisas muito importantes: estar preparado em relação ao conteúdo das provas, não perdendo tempo com assuntos que desviam a atenção do foco principal; ficar ciente da grande concorrência; e chegar no horário marcado para prestar o exame (não se atrasar). Na vida espiritual, esses pontos precisam ser altamente considerados, caso se pretenda passar no “Enem do Céu” que, há muito tempo, já começou a ser aplicado aos estudantes deste mundo.
Conforme Ellen White, estamos nos preparando aqui na Terra para entrar no curso superior celestial. Ela afirma que “o Céu é uma escola; o campo de seus estudos, o Universo; seu professor, o Ser infinito. [...] A educação na Terra é a iniciação nos princípios do Céu. [...] Ali se revelará ao estudante uma história de infinito escopo e riqueza inexprimível”. Assim, se desejamos ver concretizado o sonho da aprovação divina, não podemos encarar o Enem do Céu sem observar as condições necessárias que Deus colocou perante nós. Dessa forma:
1. Prepare-se bem e adequadamente, conhecendo o conteúdo de sua fé e aproveitando o tempo para estudá-la com dedicação. “Examinai-vos se estais na fé, provai-vos a vós mesmos” (2 Co 13:5). Cada um deve estudar por si para obter o conhecimento e enfrentar o teste que não será em grupo, mas individual. Atenção: não adianta colar ou empregar meios fraudulentos; a reprovação virá certeira. Quer ajuda? A Igreja é o “cursinho” mais apropriado para se obter a aprendizagem acerca de todas as matérias que caem no “Enem do Céu”.
2. Concentre-se no essencial, naquilo que será mais cobrado de você – a ciência da redenção. Esse é um assunto por demais profundo, o qual exige de nós muita aplicação mental e espiritual. Sobre essa matéria, o livro de estudos exclusivo continua sendo a Bíblia; a oração e o testemunho são os exercícios e a prática para aprofundamento do conteúdo; o louvor e a gratidão expressam a alegria por se conseguir compreender um pouco desse grande tema, exposto na vida de Jesus – o Professor que ensina como ninguém ensina. Preste atenção nas dicas teóricas e práticas dEle. Além de Jesus, você também conta com um “Monitor” bastante competente para auxiliá-lo no entendimento da ciência da redenção: o Espírito Santo.
3. Esteja consciente de que o mundo concorre com você, tentando tirar sua vaga e seu diploma da “universidade celestial”. Por isso, o Professor adverte: “Guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa” (Ap 3:11).
4. Não se atrase para o dia do exame. Fique pronto e alerta. Haverá um tempo em que o último sinal será dado e as portas fecharão. Quem estiver fora não mais poderá entrar e quem estiver dentro não sairá. Portanto, seja pontual e fiel no seu compromisso com Deus para que tenha direito de “entrar na cidade pelas portas” (Ap 22:14).
No Enem do Céu, assim como no da Terra, uns vão passar, outros não. Que nós, com a ajuda divina, sejamos aprovados (2Tm 4:7). Uma grande comemoração de vitória espera todo “estudante” que fizer sua parte (Ap 3:21; 7:9,10). Mas lembre-se: o Senhor é quem produz em nós tanto o querer quanto o efetuar.

(Frank de Souza Mangabeira, membro da Igreja Adventista do Bairro Siqueira Campos, Aracaju, SE; servidor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Sergipe)

comentários[12]

Clima Tempo