Portal da Educao Adventista

*Professor Genivaldo *

31

out
2011

Inaugura usina híbrida com tecnologia eólica e de hidrogênio


Instalação de geração de energia renovável é a primeira do tipo no mundo.
Armazenamento de hidrogênio permite fornecimento mesmo sem vento.


Usina servirá para desenvolver tecnologia híbrida de produção de energia. (Foto: AFP)Usina servirá para desenvolver tecnologia híbrida de produção de energia. (Foto: AFP)


Foi inaugurada nesta terça-feira (25) em Prenzlau, no leste da Alemanha, a primeira usina híbrida de energia eólica e de hidrogênio no mundo.

A vantagem dessa instalação é que, quando há muito vento, ela produz hidogênio que é armazenado para quando a velocidade do ar diminuir.

Assim, fica garantida uma capacidade estável de fornecimento de energia, o que apenas uma turbina eólica não pode assegurar, já que depende das condições meteorológicas para produzir mais ou menos eletricidade.

A Alemanha pretende que, até 2050, 80% de sua matriz energética seja renovável, reduzindo em especial o uso de energia nuclear e termoelétrica a carvão.

A nova usina, por enquanto, é um projeto-piloto que não funciona comercialmente. A ideia é usá-la para melhorar essa tecnologia a ponto de torná-la viável economicamente. Sua capacidade é de 6 Megawatt.


Fonte: G1

comentários[0]

30

out
2011

Por que os padres não podem se casar?


A princípio, padres não se casavam por opção, para dedicar 100% do tempo e das energias à oração e à pregação - da mesma forma que Jesus Cristo. Em 1139, ao final do Concílio de Latrão, contudo, o matrimônio foi proibido oficialmente a membros da Igreja. Embora a decisão tenha se apoiado em passagens bíblicas - como "É bom para o homem abster-se da mulher" (presente na primeira carta aos Coríntios) -, uma das razões mais fortes para a transformação do celibato (como é conhecida a proibição do casamento em regra foi o que, já naquela época, ditava as regras da humanidade.


Fé? Nada disso. Grana! Na Idade Média (do século 5 ao 15), a Igreja Católica alcançou o auge do seu poder, acumulando muitas riquezas, principalmente em terras. Para não correr o risco de perder bens para os herdeiros dos membros do clero, o melhor mesmo era impedir que esses herdeiros existissem. Isso não fez muita diferença para os monges, que, por opção, já viviam isolados em mosteiros, mas em algumas paróquias a proibição gerou discórdia. A maior delas ocorreu no começo do século 16 e foi uma das razões pelas quais o cristianismo passou pelo seu maior racha: Martinho Lutero rompeu com o papa e criou a Igreja Luterana, que permitia o casamento dos seus pastores - e permite até hoje (veja a lista abaixo).


Depois da Reforma Protestante, a Igreja Católica reafirmou o celibato, definindo no Concílio de Trento, em 1563, que quem o rompesse seria expulso do clero. A regra se manteve até 1965, quando o papa Paulo VI permitiu que padres se casassem e continuassem freqüentando a Igreja (sem a função de padres, claro). Para conseguir essa liberação, o padre noivo precisa enviar um pedido ao Vaticano e esperar a autorização, que pode demorar até dez anos. "João Paulo II tornou o processo mais demorado, mas Bento XVI está limpando a mesa", diz o teólogo Afonso Soares, professor da PUC-SP. Além de promover a tal limpeza, o novo papa surpreendeu, em agosto do ano passado, ao aceitar que o ex-pastor anglicano David Gliwitzki, casado e pai de duas filhas, e tornasse padre.


Mulher do padre Veja como outras religiões tratam a vida amorosa de seus sacerdotes

Judaísmo

Rabinos podem ter relacionamentos e se casar. A única recomendação é que a esposa seja judia


Budismo

Não reconhece nenhum ser superior capaz de dar ordens de conduta, mas monges e monjas vêem a abstinência sexual como algo que eles devem se esforçar a aprender


Cristianismo protestante

Pastores (batistas, metodistas, da Assembléia de Deus ou de qualquer outra corrente) podem se casar. Entre os luteranos, há grupos de monges que, por opção, adotam o celibato


Cristianismo Ortodoxo

Homens casados podem virar padres, mas dificilmente serão promovidos a bispos. A regra é a mesma em correntes católicas orientais, como a maronita e a ucraniana


Islamismo

Qualquer homem (no islamismo, não há sacerdotes como no catolicismo) não só pode como deve ter quatro esposas, se puder sustentá-las, é claro. As mulheres, por outro lado, só podem ter um marido


Fonte: Mundo Estranho

comentários[0]

30

out
2011

Por que lavar a toalha se estamos limpos após o banho?


Porque, na verdade, não estamos limpos quando saímos do chuveiro. "Eliminamos apenas uma parte dos micro-organismos presentes na pele durante o banho", afirma Rita de Cássia Frenedozo, coordenadora do curso de ciências biológicas da Unicsul.


O que não sai com a água acaba na toalha. Mas não é só isso: no ar, existem milhares de espécies de micro-organismos, como fungos e bactérias, que se reproduzem mais com a umidade do tecido. Eles podem se impregnar na toalha e causar micoses e crises alérgicas. Se há duas ou mais toalhas de banho, o simples contato entre elas é suficiente para espalhar a contaminação. E, para quem adora largar a toalha molhada em cima da cama, vale o aviso: os micro-organismos podem, sim, ir direto para o seu lençol e passar a noite com você. O ideal é deixar a felpuda secando em um local ventilado e com sol.


Data de validade


Saiba quando trocar sua roupa de banho


  - De banho a cada 5 dias

  - Mais de uma toalha a cada 3 dias

  - De rosto 3 vezes por semana

  - Tapete 1 vez por semana


Fonte: Mundo Estranho

comentários[0]

28

out
2011

Fique esperto: O que é propaganda subliminar?


Assim são chamadas as mensagens de persuasão feitas para serem percebidas apenas no subconsciente.


A primeira experiência do gênero foi realizada em 1956, em Nova Jersey, nos Estados Unidos, pelo publicitário Jim Vicary. Durante a projeção de um filme, ele inseriu a frase "Beba Coca-Cola" numa velocidade tão rápida - aparecendo com apenas 0,003 segundo de duração - que ela passava desapercebida. O olho humano só capta imagens que duram no mínimo 0,02 segundo, mas, de acordo com Vicary, as mensagens ficavam gravadas na mente das pessoas - tanto que, no intervalo do filme, as vendas do refrigerante aumentaram 60%. Ele repetiu a experiência com a mensagem "coma pipoca" e obteve o mesmo resultado. Também é possível fazer propaganda subliminar com sons. "Uma técnica comum é usar batidas de coração como ruído de fundo para propaganda política.


O som fica quase imperceptível, principalmente se misturado à trilha sonora ou à fala do candidato, mas passa uma sensação de calma e segurança. O expediente já foi utilizado por políticos como Covas e Maluf, e nas propagandas de carro da Chevrolet", afirma o publicitário Flávio de Alcântara Calazans, professor da Faculdade Cásper Líbero, em São Paulo. O caso mais famoso aconteceu no Japão, em 1997, quando mais de 700 crianças tiveram ataque epiléptico por causa do desenho Pokemón. A animação trazia um estímulo luminoso - flashes coloridos imperceptíveis - que deveria causar uma sensação agradável, mas que provocou curto-circuito no cérebro das crianças.


"Propaganda subliminar é crime em países como Estados Unidos e França, mas aqui no Brasil não existe uma legislação específica sobre isso - embora o Código de Defesa do Consumidor deixe claro que esse tem o direito de saber quando está diante de uma mensagem, publicitária", diz Flávio.


Fonte: Mundo Estranho

comentários[3]

28

out
2011

O que significa o sufixo "grado" no nome de cidades russas?


"Grado" significa cidade  e costuma servir como sufixo na língua russa. Para usar a palavra "cidade" separadamente, os russos utilizam "gorod" - "grad" é um termo mais antigo. Além de estar em cidades russas como Stalingrado e Leningrado, aparece em outros lugares do leste europeu: Belgrado, capital da Sérvia, significa "cidade branca" em sérvio.


Stalingrado, como dá para deduzir, é a cidade  de Stálin. Na época da União Soviética, era comum batizar cidades em homenagem a seus líderes. Em 1918, Petrogrado se tornou Lenigrado e, após a queda do regime, voltou a ter o nome que usava até 1914, São Petersburgo. Stalingrado passou a se chamar Volgogrado após 1961, levando como prefixo o nome do rio que passa por lá.


Tradução simultânea

Os sufixos que indicam cidades em outras línguas


Inglês - land ou polis - Cleveland / Minneapolis

Português - lândia ou pólis - Uberlândia / Florianópolis

Russo - grado - Volgogrado

Japonês - mura - Motomura

Hindu - gaon - Amingaon

Francês - ville - Albertville


Fonte: Mundo Estranho

comentários[0]

28

out
2011

Dicas para tirar as crianças da frente da TV ou computador




Quando a criança insiste em ligar e ficar em frente à tevê (ou computador), não é fácil fazê-la mudar de idéia. Nesse momento, o jeito é lançar mão de estratégias que podem dar certo. Confira SETE dicas:


1.    Se a garotada não tem aula durante a tarde, uma soneca depois do almoço pode ajudar a tirá-los da frente da telinha.


2.    Aqueles que não gostam de dormir à tarde podem se divertir com joguinhos e outras atividades esportivas, como natação.

3.    Integrar os pequenos nos afazeres de casa dá um pouco de trabalho, mas é uma boa alternativa à rotina da televisão/computador. Eles podem, por exemplo, lavar a calçada ou dar uma força na preparação de um bolo ou gelatina.


4.    Uma companhia diferente, como a do amiguinho da escola, é outra saída que pode ser eficiente.


5.    Não esqueça que estipular programações e horários é uma prerrogativa do qual pai e mãe não devem abdicar. Oriente a babá para que ela também controle horários e programas.


6.    Conte histórias que incentivem o imaginário infantil. A Bíblia tem histórias lindas!


7.    Leve seu filho à praça, ao parque, à praia ou mesmo ao playground. Criança não pode ficar trancada dentre de casa o dia inteiro.


Fonte: Amilton Menezes

comentários[0]

26

out
2011

De novo não - fraude no ENEM, será ?

Estudantes dizem que escola do CE antecipou questões do Enem



Apostilas foram distribuídas até 3 semanas antes da prova, segundo alunos.
Diretor diz que examinará o material; MEC nega vazamento e aciona a PF.



aluno do CE mostra livretos distribuídos por escola (Foto: 
Elias Bruno/ G1 CE)
Aluno mostra os livretos que teriam sido distribuídos
por escola de Fortaleza. Material não possui logotipo
da instituição de ensino (Foto: Elias Bruno/G1 CE)

Um estudante de 18 anos postou no Facebook nesta terça-feira (25) fotos de cadernos de questões distribuídos pelo colégio Christus, de Fortaleza, antes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), em que afirma conter pelo menos 11 questões idênticas às das provas do último fim de semana. Dois alunos do colégio também confirmaram ao G1 terem recebido o caderno com as questões idênticas às contidas na prova do Enem. O Ministério da Educação afirmou, por meio de sua assessoria de imprensa, que "não houve vazamento da prova" e que acionou na manhã desta quarta-feira (26) a Polícia Federal para investigar o caso.


O jovem, que prefere não se identificar, disse ao G1 que recebeu o material de um colega que estuda no Christus, na sexta-feira (21), véspera do Enem. O material não possui logotipo ou alguma outra marca da instituição de ensino. Pelo menos dez questões presentes no material, inclusive com imagens e gráficos, são idênticas às aplicadas nas provas do Enem. "Não tive tempo de ver esse material antes da prova, mas quando saí do Enem vi alunos do Christus dizendo que havia questões idênticas no material", conta.


Questões do Enem contidas na apostila distribuída a estudantes
Prova do Enem* Questão
Ciências Humanas (prova azul) 20 - 36
Ciências da natureza (prova azul) 49 - 50 - 56 70 - 87
Linguagens (prova amarela) 113
Matemática (prova amarela) 154 - 180
Questão similar (prova amarela) 32
* Enem teve 4 versões de prova em cada diacom as mesmas questões com numerações diferentes


Na manhã desta quarta-feira, o diretor da escola, Davi Rocha, disse que ainda não examinou o material impresso com as questões semelhantes à prova do Enem. "Ainda não sei se esse material é realmente nosso, mas, se for, vamos esclarecer tudo."

Por volta de 12h15, em novo contato com o G1, Rocha afirmou que as questões batem com o banco de dados da escola de colaboradores da escola e estudantes. Muitos deles participaram de testes de nivelamento do Enem que o MEC aplica para estruturar a prova. Como são muita questões e muitos momentos acredita que os colaboradores podem ter repassado as questões para o banco de dados da escola. Segundo o diretor, os colaboradores pesquisam provas de vestibulares de todo o país, então seria possível que questões tenham conteúdo semelhante.

A assessoria do MEC diz que nenhuma escola pode se apoderar de questões aplicadas em pré-testes do Enem.

Sobre a impressão da apostila sem o logotipo da escola, o diretor não confirmou que o material tenha sido impresso pelo colégio. Fundada em 1951, o Christus é uma das escolas particulares mais tradicionais de Fortaleza e tem 10 unidades na capital cearense. Em seu site, a escola destaca que é primeiro lugar no Enem no Ceará juntando todas as suas unidades.

Em seu perfil no Facebook, a escola postou que ''uma instituição de ensino que tenha profundo conhecimento da TRI - Teoria da Resposta ao Item - e possua vasto banco de questões fornecidas por professores, por ex-alunos e pela conversão de questões do estilo clássico para o estilo Enem poderá ter boa margem de acertos nas avaliações do Enem''.


MEC aciona Polícia Federal


Por meio de sua assessoria de imprensa, o Ministério da Educação afirmou ao G1: "O Ministério da Educação e o Inep (autarquia do MEC que organizou o Enem) continuaram acompanhando o tráfico de informação na rede social mesmo após a aplicação das provas. As informações veiculadas com maior intensidade nesta terça-feira por estudantes de Fortaleza dando conta de que estudantes do Colégio Christus teriam recebido apostilas com questões semelhantes à do exame nos obrigou a revisar todas as medidas de segurança da aplicação da prova de Fortaleza. Não há nenhum registro de problemas de logística, de que nenhum vazamento tenha saído da prova, a prova foi serena".

Ainda afirma o MEC: "Na manhã desta quarta-feira (26), o Ministério da Educação e o Inep, por volta de 7h, dado o grande movimento que circulou na rede social a partir dos estudantes de Fortaleza, acionou a Polícia Federal para investigar as origens da informações". Segundo o Inep, 639 estudantes do Colégio Christus fizeram a prova do Enem.


Ciências da Natureza - questão 87 da prova azul. Em destaque,
 a mesma questão é vista na apostila do Enem (Foto: Reprodução)Ciências da Natureza - questão 87 da prova azul. Em destaque, a mesma questão é vista na apostila do Enem (Foto: Reprodução)

 

Dez questões idênticas


O estudante ouvido pelo G1 relatou que, depois de ouvir comentários na escola dele sobre a antecipação das questões, resolveu comparar com a prova do Enem. "Comprovei que no material do outro colégio [Christus] havia questões idênticas as das provas de matemática, ciências e linguagens", afirma. Dizendo-se indignado, o candidato tirou fotos das questões iguais e postou na internet, o que gerou repercussão nas redes sociais.

Após receber cerca de mil comentários no Facebook, o estudante postou: "Gente, eu sei que é revoltante, é uma das provas mais importantes da nossa vida. Mas cuidado com as palavras, muito aluno do colégio recebeu isso e acertou as questões merecidamente. Vamos esperar também por um esclarecimento da escola antes de fazer julgamentos".


O G1 comparou as questões dos quatro livretos da escola com os cadernos Azul, da prova de ciências humanas e ciências da natureza, e Amarelo, da prova de linguagens e matemática, do Enem. Há pelo menos 10 questões iguais e uma similar nos materiais.

Na prova de ciências da natureza, foram detectadas 5 questões idênticas às dos livretos. Em matemática e ciências humanas, são 2 questões iguais em cada um dos testes. Na prova de linguagem, há 1 questão idêntica.


Matemática - questão 154 da prova amarela. Em destaque, a 
mesma questão na apostila do Enem (Foto: Reprodução)Matemática - questão 154 da prova amarela. Em destaque, a mesma questão na apostila do Enem (Foto: Reprodução)


'Surpresa'

Dois alunos do colégio Christus confirmaram ao G1 terem recebido o caderno com as questões idênticas às contidas na prova do Enem. Aluno do curso pré-vestibular, um estudante de 22 anos afirmou que recebeu material de revisão contendo "várias" questões iguais às do Enem duas semanas antes da prova.

"Levei um susto. Na hora, fiz as questões 'no automático', mas queria comprovar para não correr o risco de a resposta ser uma letra diferente do exercício". O estudante preferiu não se identificar por medo de represálias dos colegas que temem a anulação da prova.

Outra estudante, que também não quer se identificar, afirmou que todos os alunos da unidade Nunes Valente, da mesma escola, receberam quatro pequenos livros com 24 questões cada, divididos em ciências da natureza e humanas, linguagens e matemática.

"O professor nos recomendou fazer, dizendo que eram questões possíveis de cair no Enem e que não mostrasse à concorrência, porque enfim... Acho que nenhum colégio diria para mostrar seu material ao concorrente, né?", afirmou.

A jovem relatou que recebeu o material três semanas antes da prova, no início do período de revisão e que achou "estranho" quando percebeu que havia questões iguais às do exercício que recebera. "Fiquei surpresa quando vi, e feliz, claro". Para ela, as questões não eram difíceis, "mas já era garantido".

O Enem teve problemas de vazamento de provas em 2009 e de impressão em 2010, que obrigou alguns milhares de alunos a refazerem o exame.

comentários[0]

25

out
2011

EUA desativam bomba atômica mais antiga de arsenal da G.Fria



Especialistas nucleares do Estado do Texas se preparavam nesta terça-feira para desarmar a maior, mais poderosa e mais antiga bomba atômica do arsenal americano da era da Guerra Fria.


A última bomba B-53 --construída em 1962, o ano da Crise dos Mísseis com Cuba-- será desmontada na usina Pantex, próxima à localizade de Amarillo, o único local nos Estados Unidos onde atualmente armas atômicas são construídas, mantidas e desarmadas.


Reuters
Técnicos da única usina nos EUA que ainda lida com armas atômicas analisam bomba B-53 dias antes de sua desmontagem
Técnicos da única usina que ainda lida com armas atômicas nos EUA analisam bomba antes de desmontagem


De cor cinza, 4.500 km de peso e do tamanho de uma caminhonete, o dispositivo tinha o poder de apagar da face da Terra, com seus nove megatons de potência, uma zona metropolitana inteira ao ser lançada de um bombardeiro B-52.


De fato, a bomba que destruiu a cidade japonesa de Hiroshima, nos últimos dias da Segunda Guerra Mundial, tinha uma potência muito menor.


O desarmamento desta bomba é "significativo em razão de se tratar da última deste tipo de armas multimegatômicas que as potências nucleares costumavam construir durante a Guerra Fria", disse Hans Kirstensen, diretor do projeto de informação nuclear da Federação de Cientistas dos Estados Unidos.



France Press
Bomba atômica B-53 tinha capacidade para destruir zona metropolitana e poder muito superior à lançada sobre Hiroshima
Bomba B-53 tinha capacidade para destruir zona metropolitana e poder muito superior à lançada sobre Hiroshima


"O mundo será um lugar mais seguro após a desmontagem desta arma", disse Thomas D'Agostino, diretor da Administração Nacional de Segurança Nuclear, em um comunicado divulgado pela Pantex.


Fonte: Folha


comentários[0]

25

out
2011

Filósofo afirma que odeia o moralismo dos vegetarianos


Em sabatina Folha/UOL, o filósofo Luiz Alfredo Pondé responde sobre suas críticas ao radicalismo vegetariano.

Nota: Galera vegetariana, fique esperta e elimine essa impressâo. [PG]



comentários[0]

25

out
2011

Existe mesmo areia movediça?



Existe, mas não como nos velhos filmes do Tarzan. Esse tipo de terreno até pode prender um animal, mas ver uma pessoa ser engolida, só no cinema. Além de ser difícil achar um atoleiro muito profundo, a pessoa que enfiar os pés nele ainda terá os braços livres, bastando se apoiar em áreas próximas com um solo mais firme para sair. As principais vítimas são os animais, que atolam as quatro patas e não têm como fugir. Mesmo assim, o perigo não é o bicho ser engolido, mas morrer de fome se não for resgatado.




Atoleiro animal -
Terreno instável é resultado de grãos soltos e muita água

1. Um área com areia normal tem grãos bem compactados, bem próximos uns dos outros. É como se a areia fosse prensada. Numa praia, por exemplo, a ação do vento e das pessoas e objetos que circulam em cima da areia ajudam a grudar os grãos, deixando o terreno mais firme


2. Sob certas condições, a areia pode ficar menos compactada. Em uma região entre dunas, por exemplo, os grãos trazidos pelo vento ficam protegidos da circulação de ar e acabam permanecendo mais soltos, formando uma areia fofa. Esse é um tipo de local que pode dar origem à areia movediça


3. Se esta areia fofa receber muita água, como a da chuva, os grãos que já estavam um pouco soltos se separam mais ainda. Os espaços vagos vão sendo preenchidos pela água, criando uma mistura viscosa de areia e líquidos que é a popular areia movediça, chamada pelos geólogos de areia fluidificada


4. Se um animal pisa nesta área instável, os grãos de areia passam a se movimentar em direção ao fundo, carregando junto as patas do bicho, como se elas fossem "grãos gigantes". Até suas patas atingirem um nível de areia mais compactada ele já pode estar completamente atolado


Fonte: Mundo Estranho



comentários[0]

25

out
2011

Acampamento militar da Roma antiga é descoberto na Alemanha


Lugar tem o tamanho de sete campos de futebol e era buscado desde 1968.


Achado foi no estado da Renânia do Norte-Westfália, oeste do país.


Foi divulgada nesta terça-feira (25) a descoberta de restos de um grande acampamento romano, às margens do rio Lippe, no estado alemão da Renânia do Norte-Westfália. O ponto era estratégico, pois fechava a linha defensiva do local e servia de entrada para a antiga Germânia até o rio Elba.


Wolfgang Kirsch, diretor da Liga Regional de Westfália-Lippe (LWL), que fez a descoberta, informou que os especialistas levaram mais de um século procurando este acampamento, que tem o tamanho de sete campos de futebol e está situado a 30 quilômetros da cidade de Dortmund, no oeste da Alemanha.


Dessa base, os soldados controlavam o rio Lippe, "uma das importantes regiões logísticas para os conquistadores romanos", disse Kirsch, que considerou a descoberta como "sensacional para a investigação da época romana na Westfália".


Objetos encontrados no acampamento vão desde o soldo pago aos legionários a vasos para armazenar água (Foto: LWL/S. Brentführer/Divulgação)Objetos encontrados no acampamento vão desde o soldo pago aos legionários a vasos para armazenar água (Foto: LWL/S. Brentführer/Divulgação)

'Peça de um quebra-cabeça'


O acampamento estava localizado perto de onde hoje é a cidade de Olfen e era o único que faltava para ser descoberto dos cinco grandes assentamentos militares romanos na região, com funções de abastecimento e defesa.

Para conquistar as terras livres da antiga Germânia e avançar as fronteiras do Império até o rio Elba, as forças do imperador Augusto entraram no território a ser conquistado através do rio Lippe, usado como meio de transporte.


O último grande acampamento romano na região foi descoberto em 1968, perto de Paderborn. Desde então, as pesquisas arqueológicas se intensificaram para encontrar o assentamento próximo a Olfen.


"Era como buscar a peça de um quebra-cabeça", disse Kirsch, que comentou que o acampamento descoberto fecha a lacuna dos assentamentos romanos na região, separados entre si por cerca de 18 quilômetros, o que equivalia a um dia de caminhada de uma tropa de soldados armados com todos seus pertences.


Kirsch acrescentou que as primeiras pistas sobre a localização do acampamento surgiram há três anos, quando arqueólogos descobriram moedas de cobre em um campo e escavações de prova posteriores encontraram restos de cerâmica e de uma cerca de madeira.


O acampamento romano de Olfen foi supostamente construído no início da ocupação da Germânia na margem direita do rio Reno, na época das campanhas bélicas de Druso, na última década antes do começo de nossa era.


Arqueólogos montaram maquete de como seria o acampamento romano às margens do Lippe (Foto: LWL/Brentführer/Divulgação)Arqueólogos montaram maquete de como seria o acampamento romano às margens do Lippe (Foto: LWL/Brentführer/Divulgação)


Fonte: G1

comentários[0]

25

out
2011

Jovens que bebem mais refrigerante são agressivos


Refrigerantes podem não provocar um estilo de vida positivo, como apregoa a propaganda de uma famosa marca de bebidas. Um estudo publicado pela revista Injury Prevention indica que o consumo de refrigerantes entre os adolescentes está ligado a um comportamento mais agresssivo.


Segundo a pesquisa, jovens que bebem mais de cinco latas de refrigerante não-dietéticos por dia estão mais propensos a ter atitudes violentas, como agressões e porte de armas.


O estudo baseou-se em entrevistas com 1.878 adolescentes de 14 a 18 anos de 22 escolas públicas da cidade americana de Boston. Os jovens foram classificados em duas categorias: "baixo consumo", até quatro latas por semana; e "alto consumo", mais de cinco latas por semana.


Fonte: Globo

comentários[1]

Clima Tempo