Portal da Educao Adventista

*Professor Genivaldo *

18

mai
2014

Petiscos saudáveis para comer na Copa do Mundo 2014

 

http://www.google.com.br/url?sa=i&rct=j&q=&esrc=s&source=images&cd=&docid=j4mcCJotLg-moM&tbnid=IRTqPWOzov0LZM:&ved=0CAEQjxw&url=http%3A%2F%2Fcirurgiasplasticas.info%2Fdr-evandro-parente%2Fflorianopolis%2Ftag%2Foleaginosas%2F&ei=0iF5U5byDtHesAS-64CADw&bvm=bv.66917471,d.b2k&psig=AFQjCNFqtjJ01vkqDMXN3kZRhNyk4hsjVg&ust=1400533829940409

Vai reunir os amigos em casa para torcer pelo Brasil na Copa do Mundo 2014? Então, é preciso se planejar para servir petiscos que não vão deixar vocês sairem da dieta! Por isso, conversamos com Maria Fernanda Pio, nutricionista esportiva, para selecionar alimentos indicados para vocês comerem enquanto assistem aos jogos. Confira!
 
Assados, sempre!
 
Invista nos assados, como chips de batata doce, inhame, beterraba e cenoura. "Corte esses alimentos em fatias finas e coloque-os em uma forma anti-aderente, levando-os ao forno pré-aquecido, à potência máxima, até dourarem (aproximadamente 5 minutos). Quando estiverem prontos, pode acrescentar um fio de azeite extra-virgem e um pouco de sal para temperar", sugere Maria. 
 
Esses alimentos são alternativas saudáveis aos petiscos industrializados. "Essa substituição possui uma boa oferta de carboidratos, promovendo energia, e seu preparo é livre de gorduras saturadas e trans (o azeite é uma gordura insaturada, cujo consumo moderado traz benefícios à saúde)", alerta a nutricionista. 
 
Oleaginosas
 
Mix de oleaginosas também é ótima pedida. "Aposte na castanha-do-pará, amêndoas, castanha-de-caju, amendoim sem sal, macadâmia, avelã e nozes, que podem ser consumidas junto com frutas secas como o damasco, a tâmara e uvas passa", sugere Maria. 
 
As oleaginosas são conhecidas por promoverem saciedade, além de serem ricas em ricas em nutrientes importantes para o corpo. "Elas possuem proteínas, fibras, vitamina E, selênio, zinco, cobre e magnésio. No entanto, por serem muito calóricas, devem ser consumidas com moderação. Procure consumi-las sem sal ou, se não quiser abrir mão, use-o com bastante moderação", indica a nutricionista. 
 
Pipoca caseira
 
Preparar a própria pipoca, além de ficar com aquele cheirinho delicioso em casa, é outra forma de deixar de lado os alimentos industrializados. "Coloque 4 colheres de sopa (ou mais, dependendo da quantidade de pessoas) de grãos de milho em um saco de papel (serve aquele saco de padaria em que se vende o pão francês), e leve-o ao micro-ondas em potência máxima por aproximadamente 2-3 minutos (o tempo de estouro do milho vai depender da potência de cada micro-ondas - portanto, fique atenta). Você pode preparar também um sal de ervas para acompanhar, batendo 1 xícara de sal marinho (ou sal do Himalaia, sal rosa, e outras versões mais saudáveis do sal de cozinha) com 1 xícara de ervas desidratadas à sua escolha (manjericão, alecrim, orégano, cebolinha, salsa...) no liquidificador, e depois peneire na sua pipoca", sugere a nutricionista.
 
 
Fonte: Corpo a Corpo - Vila Lake Villas

Envie para um amigo

Deixe seu comentário

Não há comentários a serem exibidos!

Clima Tempo