Portal da Educao Adventista

*Professor Genivaldo *

25

fev
2017

Carnaval na Bolívia celebra o diabo. E você celebra quem?

Em Oruro, na Bolívia, um único personagem é o grande homenageado no Carnaval. Sinônimo de boa sorte, o diabo Tío de La Mina é o tema de todas as fantasias da festa, que é considerada patrimônio cultural mundial pela Unesco.

Nota: Pelo menos a "festa" na Bolívia não esconde de ninguém quem é o dono do carnaval. Que Deus tenha misericórdia desse povo e todos aqueles que fazem do carnaval a sua festa máxima.

Assista o vídeo, e depois ore:

 

"E dizia Jesus: Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem". Lucas 23:3

comentários[0]

6

jan
2017

7 alimentos futuristas que estarão a disposição em 30 anos

 

No ano 1000, as pessoas definitivamente não compreenderiam a ideia de comer um Dorito. A alimentação é uma coisa que muda com o tempo e, dadas as preocupações atuais, nossa comida deve ficar muito mais estranha.

 

A pesquisa científica não nos traz apenas opções de alimentos mais convenientes e mais baratos, como também a esperança de superar questões de sustentabilidade.

 

A indústria da carne, por exemplo, desempenha um papel enorme na mudança climática, uma vez que uma boa parte das emissões de gases de efeito estufa vem do setor agrícola (o metano liberado por bovinos é prejudicial).

 

Enquanto isso, a população da Terra cresce rapidamente, e não sabemos como alimentar os 9 bilhões de pessoas que estarão habitando o planeta em 2050. Entre as soluções propostas para um futuro não tão distante, estão:

 

Insetos

Cerca de dois bilhões de pessoas já se alimentam de artrópodes, mas comer insetos não é uma coisa comum no Ocidente.

 

Isso provavelmente terá que mudar. Vamos ter que nos acostumar com grilos, gafanhotos e minhocas. Enquanto os dois primeiros são ótimas fontes de proteína, as últimas são boas fontes de gordura dietética.

 

Então, melhor um grilo que um pedaço de boi? Talvez. Um estudo do ano passado descobriu que os grilos alimentados com dietas de baixa qualidade não cresceram tanto quanto os que receberam dietas de maior qualidade, semelhantes às que os fazendeiros alimentam o gado. Mas outros insetos podem ser melhores. A mosca soldado-negro não sofreu este mesmo problema, e produziu proteína de forma mais eficiente.

 

Insetos supostamente tem um gosto muito bom quando preparados adequadamente, mas uma aceitação mais ampla provavelmente exigirá a superação de tabus culturais.

 

Carne de laboratório

Empresas como Memphis Meat e Mosa Meat também querem superar nossos problemas de gado, padronizando células-tronco em tecidos animais e usando esse tecido para fazer carne sintética.

 

Um estudo de 2011 publicado na revista Environmental Science and Technology descobriu que a carne de laboratório gastaria 7 a 45% menos energia, geraria 78 a 96% menos emissões de gases de efeito estufa, e necessitaria de 99% menos uso do solo do que a carne produzida convencionalmente.

 

Provavelmente vai demorar de 10 a 20 anos até vermos carne sintética nos mercados, mas alguns querem agilizar o processo. O cientista Mark Post crê que sua companhia pode começar vender o produto em apenas alguns anos. Suas primeiras amostras foram consideradas “comestíveis, mas não deliciosas”. Ele está trabalhando para melhorar o seu sabor agora.

 

Cultivo de peixe

Além das questões mencionadas acima sobre as emissões de gases do efeito estufa, a criação de gado também ocupa muita terra e necessita de um monte de alimentos para os animais. Os peixes requerem uma quantidade bem menor de alimento para gerar a mesma quantidade de proteína.

 

A sobrepesca é uma grande preocupação, mas um estudo recente descobriu que práticas sustentáveis, como limites de captura, poderiam aumentar os estoques de peixe até 2050.

 

Se melhores práticas de pesca comercial forem implementadas e combinadas com avanços na aquicultura ou na piscicultura, vamos ter mais peixes para substituir a carne vermelha de nossos pratos.

 

Em 2011, a aquiicultura atingiu um marco histórico quando o mundo cultivou mais peixe do que carne bovina pela primeira vez. Esse quadro ainda não mudou.

 

Frutos do mar falsos

Se estamos cultivando carne em laboratório, por que não fazer isso com frutos do mar também?

 

Pesquisadores da NASA criaram filés mergulhando músculos de peixe em soro bovino fetal, um processo usado pelos fabricantes de carne sintética também. Outra empresa, New Wave Foods, está tentando criar camarão sintético usando algas vermelhas.

 

Ainda não sabemos se estes produtos “falsos” de fato podem resolver nossos problemas de recursos naturais. “Acho que faz muito mais sentido dizer que isso poderia ser um bem de luxo”, disse Oron Catts, diretor da SymbioticA, um centro de pesquisa em biotecnologia da Universidade da Austrália Ocidental.

 

Algas

As microalgas, como outras plantas, se alimentam do dióxido de carbono na atmosfera.

 

Um estudo de 2013 descobriu que estas pequenas criaturas verdes produzem uma série de proteínas, gorduras e carboidratos que são uma boa fonte de nutrientes em produtos alimentares.

 

Uma pesquisa mais recente concluiu que algumas espécies de algas continham bastante ácido graxo ômega 3, bem como outros ácidos graxos que poderiam promover uma boa saúde cardíaca.

 

Dadas todas as vantagens, elas podem se tornar muito mais frequentes nos nossos pratos.

 

Alimentos geneticamente modificados

A modificação genética já faz aparições comuns no milho, soja, canola, beterraba, batata e outros vegetais, principalmente para conferir resistência a herbicidas ou pesticidas para que insetos e ervas daninhas não destruam as colheitas.

 

Mas por que parar por aí? A nova ferramenta de edição de genes CRISPR/Cas-9 permite que os cientistas alterem os genomas das plantas com incrível precisão. Os pesquisadores a usaram para produzir maçãs que não escurecem, batatas sem feridas e porcos resistentes a vírus.

 

Alimentos impressos em 3D

Alimentos impressos nas modernas máquinas 3D podem economizar tempo e oferecer uma opção saborosa e fácil de comer para pessoas idosas que sofrem com dificuldade para engolir.

 

A NASA já investiu na pesquisa de alimentos impressos em 3D em gravidade zero, para que os astronautas possam “cozinhar” nessas missões espaciais.

 Fonte: [comentários[0]

31

dez
2016

Você vai comemorar a virada do ano na hora certa?

 

Feliz 2017.

 

Eu e a minha família já nos confraternizamos na virada do ano. Não, não estou na Austrália ou Japão, nem em outro país, onde, de acordo com o movimento da Terra o novo ano já começou. Estou em Blumenau (SC). E, aqui e em todo o Brasil, já estamos vivendo o novo ano.

 

Você deve estar pensando: esse cara está doido, ainda não soou as doze badaladas da meia noite. Pois é, não é apenas a minha família que comemorou a passagem do ano, muitas outras também. Nós seguimos o relógio da natureza que foi instituído por Deus, ou seja, o dia começa na parte escura com o por do Sol, veja esses versos:

 

"No princípio Deus criou os céus e a terra. Gênesis 1:1

 

Deus chamou à luz dia, e às trevas chamou noite. Passaram-se a tarde e a manhã; esse foi o primeiro dia. Gênesis 1:5

 

Passaram-se a tarde e a manhã; esse foi o segundo dia. Gênesis 1:8

 

Passaram-se a tarde e a manhã; esse foi o terceiro dia. Gênesis 1:13"

 

Assim sucessivamente. Portanto o por do sol aqui em Blumenau foi às 20:14 h, em São Paulo às 19:57...

 

E tem mais, se você mora nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, está em vigor o horário de verão. Lembrou. Os relógios foram adiantados em uma hora. Portanto, se for para seguir o relógio oficial, a meia noite nessas regiões ainda será 23 horas. Por isso procuro fazer a vontade de Deus e seguir o seu horário que não sofre alterações.

 

Apesar dessa "controvérsia" Feliz Ano Novo para você e sua família.

 

Que em 2017 Deus possa ser a prioridade em sua vida.

comentários[0]

31

dez
2016

Reflexão para o Ano Novo.

Jesus Tem as Chaves


Estas são as palavras dAquele que é santo e verdadeiro, que tem a chave de Davi. O que Ele abre ninguém pode fechar, e o que Ele fecha ninguém pode abrir. Apocalipse 3:7


A poucas horas do fim do ano, caem bem as palavras de Fernando Pessoa, quando diz:


"De tudo ficam três coisas: / A certeza de que estamos sempre começando, / A certeza de que precisamos continuar, / A certeza de que seremos interrompidos antes de terminar. / Portanto, devemos fazer da interrupção um caminho novo, / Da queda, um passo de dança, do medo uma escada, / Do sonho uma ponte, da procura um encontro."


Sem dúvida, ao olhar para trás, temos um sentimento de gratidão por tudo de bom que aconteceu conosco. As vitórias conseguidas sozinho ou em família. Coisas que não dá para descrever, mas que foram sentidas e experimentadas.


Nesta época do ano, nossa fragilidade humana e nossa transitoriedade são acentuadas. Sabendo disso e de nosso temor pelas consequências de um mal feito, ou da incerteza do futuro, Jesus nos diz: "Eu fecho e ninguém abre, abro e ninguém fecha."


Ele está dizendo: Vou fechar. Nada de mágoa, nem de ficar voltando o DVD de sua vida para rever o que não foi bom e se lamentar de novo. Esqueça o que se foi. Eu já perdoei e joguei fora o código de entrada. Você não tem mais acesso. Ele diz: "Aspergirei água pura sobre vocês e ficarão puros" (Ez 36:25).


Mas Jesus também diz com Sua soberania: "Eu abro e ninguém fechará." Talvez você que está lendo este devocional esteja aguardando a transição de 31 de dezembro para 1º de janeiro para Deus começar a agir. Como se Ele tivesse engatilhado milhões de pedidos que serão acionados no primeiro minuto de 2017.


Acredite: agora mesmo Ele está Se movimentando. Primeiro fechando, tirando do alcance da nossa vista o que podia ter sido e não foi: desapontamentos, amargura e erros que cometemos. Em segundo lugar, Ele também diz: "Vejam, estou fazendo uma coisa nova! [...] Até no deserto vou abrir um caminho e riachos no ermo" (Is 43:19).


Pense agora em alguma coisa importante para o seu futuro: saúde, emprego, entrar na universidade, passar num concurso, encontrar um companheiro para a vida... Para qual dessas coisas gostaria de ver Jesus abrindo uma porta? Por que não Lhe confiar nossos sonhos e planos?

 

Adaptado da meditação matinal 2012 - CPB

comentários[0]

25

dez
2016

Orgulho de ser brasileiro

 

Orgulho de quê? Pesquisa Ibope revela que orgulho de ser brasileiro está em baixa

por Lauro Jardim - G1 (O Globo)

25/12/2016 06:05
Mapa do Brasil

O refrão "sou brasileiro, com muito orgulho..."  ainda é cantado aqui e ali em jogos da seleção (da seleção de Tite, bem entendido), mas nas ruas nunca esteve tão em baixa.

 

É o que constata uma pesquisa inédita feita pelo Ibope em todo território brasileiro entre os dias 8 e 12 de dezembro.

 

Em 2001, ainda nos tempos de FH, aqueles que declaravam ter "muito orgulho" eram 58% da população; hoje, são 34%.

 

Quem tinha "pouco" ou "nenhum" orgulho, em compensação, passou de 19% para 30% dos brasileiros neste período.

 

Nota do blogueiro: E você? Tem orgulho de ser brasileiro? Uma coisa eu tenho certeza: o Brasil só vai melhorar se cada brasileiro fazer a sua parte em busca de um Brasil melhor."Bora" melhorar o Brasil.

comentários[0]

17

mai
2016

NASA anuncia a descoberta de 1.284 novos planetas

 

Em um anúncio oficial feito no dia 10 de maio, a NASA revelou que o Telescópio Espacial Kepler descobriu 1.284 novos planetas fora do Sistema Solar, sendo que 9 são rochosos, e que podem ter a capacidade de abrigar vida. Essa foi de longe a maior revelação de novos exoplanetas descobertos de uma única vez!


O número total de exoplanetas confirmados é de aproximadamente 3.200, sendo que 2.235 foram descobertos apenas pelo Telescópio Kepler. E não pára por aí...


Dados recuperados da missão Kepler indicam que aproximadamente 25% de todas as estrelas normais (de sequência principal, como o Sol) localizadas na nossa Galáxia possuem planetas do tamanho da Terra em suas "zonas habitáveis", ou seja, na distância perfeita para que a água líquida exista em suas superfícies.

Ilustração artística de exoplaneta com 2 sois e um planeta com anéis
Ilustração artística de um planeta de água orbitando duas estrelas, e um gigante de gás com anéis.
Créditos: Richard Cardial / Galeria do Meteorito
Clique na imagem para ampliar

 

Segundo a cientista da NASA, Natalie Batalha, existem cerca de 70 bilhões de estrelas de sequência principal na Via Láctea, portanto, estamos falando de dezenas de bilhões de planetas potencialmente habitáveis, apenas em nossa Galáxia!

A missão Kepler, de 600 milhões de dólares, foi lançada em março de 2009, com o intuito de descobrir qual era a taxa de planetas parecidos com a Terra dentro da nossa Galáxia. O Observatório Espacial detecta os planetas extrassolares ao observar pequenas diminuições de brilho das estrelas, que são causadas por conta da passagem de planetas em seus discos, algo parecido com o que observamos no Trânsito de Mercúrio. O site do jornal norte-americano The New York Times fez um gráfico interativo dos Exoplanetas e seus sistemas descobertos por Kepler. Você pode conferir esse gráfico interativo de exoplanetas clicando aqui.


A descoberta de planetas potencialmente habitáveis


Desde o início da missão Kepler, em 2009, já foram descobertos 21 planetas com tamanhos de no máximo duas Terras, localizados em zonas habitáveis de suas estrelas. Como mostra a figura abaixo, as esferas laranjas representam os 9 novos planetas anunciados recentemente. As esferas azuis representam os outros 12 planetas que já eram conhecidos:

Infográfico de planetas em zonas habitáveis
Infográfico de pequenos exoplanetas em zonas habitáveis. Créditos: NASA / Kepler   Tradução: Galeria do Meteorito
Clique na imagem para ampliar


Esses planetas estão todos localizados dentro da zona habitável de suas estrelas, e todos estão em escala, e podem ser comparados com a Terra, Vênus e Marte. A faixa verde representa a zona habitável, e quanto mais distante dessa faixa, mais difícil é a possibilidade do planeta abrigar água líquida, e portanto, a vida como conhecemos.



A missão de busca por planetas extrassolares de Kepler estava programada para ter fim em 2013, mas o Telescópio Espacial ainda está em funcionamento. O grupo de cientistas responsável pela missão descobriu uma maneira de estabilizar o Observatório Espacial usando a pressão da luz solar, e em 2014, Kepler embarcou numa nova missão chamada K2.

O Telescópio Espacial Kepler continua a procura por novos exoplanetas em sua missão K2, mas também está observando supernovas, cometas e asteroides. Kepler possui combustível suficiente para continuar operando até meados de 2018, segundo os cientistas responsáveis. Até lá, muita coisa nova deve ser revelada...

 

Fonte: NASA - via http://www.galeriadometeorito.com
Imagens: (capa-ilustração/NASA/W. Stenzel) / Richard Cardial / Galeria do Meteorito / NASA / Kepler

comentários[0]

24

out
2015

Aniversário da ONU - 70 anos

 

Hoje comemoramos o Dia da ONU (Organização das Nações Unidas), sendo esta, a data em que a instituição foi criada.

 

A ONU  foi fundada no dia 24 de outubro de 1945, em São Francisco, Estados Unidos.

 

A ONU foi formada com a união de cerca de 50 países que buscam o desenvolvimento, defender os direitos humanos e a liberdade, e manter a paz mundial.Os trabalhos da ONU estão voltados para promover o bem social a crianças, idosos, refugiados de guerra, povos indígenas, fomentar a sustentabilidade, entre outros.

 

É formada por dezesseis agências especializadas que integram seu sistema. A UNICEF (Fundo das Nações Unidas para a Infância) é uma delas. É muito conhecida no Brasil, em razão das campanhas para a arrecadação de fundos a fim de desenvolver trabalhos em favor de crianças carentes que vivem no país.

 

Além da UNICEF, outros importantes órgãos são parte constituinte da ONU, como a OMS (Organização Mundial de Saúde), UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura), dentre outros.

 

Hoje a ONU conta atualmente com a participação de cento e noventa e três nações, sendo assim, considerado um grande avanço.

 

Os principais objetivos da ONU são:

- Manter a paz internacional.
- Garantir os Direitos Humanos.
- Promover o desenvolvimento socioeconômico das nações.
- Incentivar a autonomia das etnias dependentes.
- Tornar mais fortes os laços entre os países soberanos.

 

Fontes: Brasil Escola e smartkids.com.br



comentários[14]

31

mai
2015

"Brincando" com os Espiritos - Charlie Charlie

 

 



Trata-se do Charlie Charlie, que consiste em cruzar dois lápis, um sobre o outro, e ambos sobre uma folha de papel com as palavras sim e não escritas. Charlie seria um espírito que responde aos chamamentos dos participantes movimentando o lápis, ou outros objetos no ambiente à volta. Depois de iniciada a brincadeira, um chamamento pedirá permissão ao espírito para deixá-la. Charlie Charlie podemos parar?

Veja notiícia no Correio Braziliense

 

Experiências como esta, por brincadeira ou como forma de culto aos mortos não são uma novidade. A Bíblia afirma que foram práticas como estas o motivo dos juízos de Deus sobre os povos que as exerciam. 

De fato, Deus advertiu o Seu povo, que estava passando a ocupar essa mesma região, a não aprender estas práticas, pois para Ele são uma abominação. 

Nos tempos modernos, foi a partir de 1848, na casa da família Fox, em Hydesville, Nova York, com as irmãs Kate, Margaret e Leah, que as famosas "batidas misteriosas" foram observadas pela primeira vez, sendo atribuídas a um espírito que se identificava como Sr. Splitfoot, que havia sido morto naquela casa, e com o qual elas podiam se comunicar.

Desde então, esta prática que Deus qualifica como abominável, que era tão comum no antigo paganismo, tem se popularizado nos dias atuais com o advento do neopaganismo, que encontra cada vez mais adeptos, conscientes ou inconscientes, de que isso abre um canal em sua mente para que seres espirituais efetivamente passem a tomar completo controle da sua vontade. 

A advertência encontrada na Bíblia, em Deuteronômio 18:9-12, é absolutamente clara, e os resultados nefastos de sua desobediência são certos.

Texto de Eliezer Militao

 

Fonte: Escola Adventista de Pelotas RS - Adpatado por Dirceu Junior (Escolo Adventista de Blumenau)

comentários[20]

26

mai
2015

Avanço do E. Islâmico ameaça ave rara sob risco de extinção

 

Apenas uma fêmea sobrevivente do íbis eremita conhece as rotas migratórias para a África, dizem especialistas (Foto: ThinkStock)Apenas uma fêmea sobrevivente do íbis eremita conhece as rotas migratórias para a África, dizem especialistas (Foto: ThinkStock)

 

Uma espécie rara de ave estaria ameaçada pelo avanço do autodenominado "Estado Islâmico" sobre a cidade síria de Palmira, alertaram especialistas.

 

Os especialistas acreditavam que o íbis-eremita - Geronticus eremita, uma ave da mesma família dos guarás - estava extinto até descobrirem uma minúscula colônia perto de Palmira em 2002.

 

Mas três pássaros que viviam em cativeiro foram abandonados na semana passada depois que seus cuidadores fugiram do "Estado Islâmico" ("EI").

 

Em busca de Zenóbia


As autoridades estão oferecendo uma recompensa de US$ 1 mil (cerca de R$ 3 mil) por informações sobre uma quarta ave.

 

Segundo a Sociedade de Proteção da Natureza no Líbano, a ave perdida, Zenóbia, é o único pássaro que conhece as rotas migratórias do íbis-eremita com destino à Etiópia.

 

Sem ela, outros pássaros em cativeiro não podem ser postos em liberdade e a ave poderia ser extinta na natureza, alertam os especialistas.

 

"A guerra acaba, mas ninguém pode trazer de volta uma espécie extinta", disse à BBC o diretor da organização, Asaad Serhal.

 

Em 2002, sete íbis-eremitas foram descobertos perto de Palmira, um oásis sírio fundado há mais de 4 mil anos que também guarda relíquias arquitetônicas.

 

Apesar dos esforços de proteção, o número caiu para quatro desde então. Este ano, apenas Zenóbia voltou ao ninho após a migração de inverno.

 

Os especialistas não sabem se os outros três pássaros que estavam sendo mantidos em cativeiro ainda estão vivos.

 

A possível queda total de Palmira, apenas dias após o "EI" capturar a cidade iraquiana de Ramadi, elevou as preocupações na comunidade internacional.

 

A milícia tem destruído rastros de antigas civilizações em localidades que ocupa, desprezando seu passado pré-islâmico. Um dos alvos recentes foi a cidade de Nimrud, um dos maiores tesouros arqueológicos do Iraque.

 

As ruínas de Palmira são patrimônio mundial da Unesco, o braço das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura.

 

Localizada no meio do deserto e próxima a um oásis, Palmira contém as monumentais ruínas de uma cidade que foi um dos mais importantes centros culturais do mundo, segundo a Unesco.

 

Fonte: G1

comentários[4]

18

mai
2015

Estamos perdendo para o peixinho dourado

 

Uma pesquisa feita no Canadá concluiu que o tempo de atenção média dos seres humanos já é mais curto que o dos peixinhos dourados -- e isto pode ser culpa da tecnologia, dos dispositivos portáteis e das mídias digitais.

 

No ano 2000, a capacidade de atenção humana era, em média, de 12 segundos. Em 2013, esta capacidade caiu para 8 segundos - 1 segundo atrás da capacidade de atenção média estimada por cientistas de um peixinho dourado (leia reportagem da BBC com mais detalhes sobre pesquisa)

 

 

Fonte: G1

comentários[17]

21

abr
2015

Inmet confirma tornado em Xanxerê, no Oeste catarinense

 

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) confirmou na manhã desta terça-feira (21) que Xanxerê, no Oeste catarinense, foi atingida por um tornado no final da tarde de segunda (20). Duas pessoas morreram, 120 ficaram feridas e aproximadamente mil pessoas ficaram desabrigadas, conforme o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar da cidade. Pelo menos 2,6 mil casas foram danificadas e cerca de 200 mil unidades consumidoras ficaram sem luz na região devido à queda de cinco torres de transmissão de energia.

saiba mais

 

Os ventos que formaram o tornado podem ter variado de 100km/h até 330km/h por volta das 15h, horário do fenômeno, conforme o Inmet. Há uma estação meteorológica do instituto na cidade que marcou  ventos de 84 km/h no horário. Entretanto, a estação fica longe dos bairros onde ocorreu o tornado. Ela  não registrou a velocidade dos ventos que formaram o fenômeno.

"Pelas características dos estragos e pela intensidade dos ventos, definimos a classificação do tornado. Este deve ficar entre F2 e F3, pelas imagens disponíveis", disse Mamedes Luiz Melo, meteorologista do Inmet Brasília.

A escala de classificação de tornados começa em 65 km/h e chega a mais de 500 km/h. O F0 é o mais fraco e o F5 é considerado o mais forte. O fenômeno de Xanxerê foi classificado com danos de fortes a severos pelo Inmet.

Ao menos cinco torres de energia, que suportariam ventos de até 200 km/h, desabaram. Na cidade, muitos carros foram virados com o fenômeno, capotando lateralmente, o que também indicaria a característica cíclica dos ventos.

Formação de tornado
Tornado é um funil que se forma entre a base da nuvem e o solo. Santa Catarina é uma das regiões do país mais favoráveis a formação de nuvens cumulonimbus, as que podem dar origem a tornados, conforme o Inmet. Com a incidência de frentes frias, fenômenos de chuva e não de frio, há mais chances do fenômeno.

De acordo com o órgão, pelos mapas meteorológicos, é possível ver que esta nuvem cumulonimbus cobria toda a região Oeste catarinense no horário do fenômeno. O tornado depende da climatologia e topografia.

Ainda segundo o meteorologista do Inmet, a formação do tornado é de difícil previsão. "Geralmente os radares só detectam o fenômeno quando ele acontece. É diferente de um furacão, por exemplo, que é possível prever onde e quando ele deve acontecer", diz  Melo.

Em Santa Catarina, há um radar meteorológico de Lontras, do Governo do Estado, que poderia detectar este tipo de fenômeno em curto prazo. Entretanto, além de não ter a amplitude de cobertura da região Oeste, o instrumento está desligado desde janeiro, por problemas em peça de alta tensão.

Conforme o Inmet, as próximas 48 horas na região devem ser de abertura de tempo, com pouca incidência de chuva, e queda de temperaturas. Não há indicativos para novas formações.

Defesa Civil contabiliza o número de desabrigados e desalojados (Foto: Flávio Carvalho/TudosobreXanxerê)
Cerca de 2,6 mil casas foram danificadas (Foto: Flávio Carvalho/TudosobreXanxerê)

 

Dois mortos
Segundo os bombeiros e a Polícia Militar (PM), duas pessoas morreram em bairros diferentes de Xanxerê. Uma delas era o pai que ficou abraçado aos filhos tentando protegê-los dos escombros.

Xanxerê possui 47.679 habitantes

 

"O temporal passou rápido, coisa de três minutos. Tem pessoas embaixo de escombros, não sabemos exatamente o número de vítimas", afirma Walter Parizotto, major do Corpo de Bombeiros. Segundo a Polícia Militar de Xanxerê, a segunda morte em decorrência da tempestade ocorreu no hospital.

 

Feridos
Conforme o Corpo de Bombeiros, aproximadamente 120 pessoas ficaram feridas, sendo que cerca de cinco tiveram lesões mais graves. Os ferimentos incluem cortes, fraturas e até amputações. O quartel teve queda de energia elétrica e os dados estavam sendo levantados à mão.

De acordo com a Polícia Militar em Xanxerê, 74 pessoas deram entrada no Hospital São Paulo - entre elas três crianças em estado grave. Oito feridos foram transferidos para outros hospitais da região oeste, segundo a PM.

 

Fonte: Portal G1

comentários[9]

4

mar
2015

Empresa lança filtro odorizador q elimina o cheiro d seu pum

 

Empresa lança odorizador para cuecas que deixa o seu "pum" sem cheiro!

 

Acredite, ou não, mas uma empresa lançou um odorizador chamado "Flatulence Deodorizer", que funciona como um filtro que elimina o cheiro dos gases de uma pessoa.

 

Segundo a empresa, o produto é extremamente fino e indicado para quem está com algum tipo de problema que está deixando as flatulências com odores desagradáveis.

 

O pacote vem com 10 filtros descartáveis e é vendido na internet por US$ 29,95.

Se conhece algum amigo com esse problema, vale a pena indicar o produto. rs

 

Por .

comentários[11]

Clima Tempo