Portal da Educao Adventista

*Profª Ritíssima *

3

out
2010

Soneto

Pela manhã ouço os passarinhos

Que me acalmam e me dão alegria

Quando ando pelo caminho

Beijo a mada com carinho

 

Bem em meio ao sertão

a casa irradia

flores caídas no chão

Hoje é um lindo dia

 

E pra casinha simples do sertão

Levo meu carneiro e meu alasão

Minha amada dentro do coração

 

Lá vivo feliz

sem nenhuma dúvida

é tudo que eu sempre quis

 

autora: Sabrina Santana

comentários[25]

3

out
2010

Soneto

Quando eu vejo verdes campos

Já me lembro do interior

Com muitas flores e pinheiros

Onde vejo o sol se pôr

 

Vejo uma estrada

sem fim

Onde sempre passo

Ali tem mata e capim

 

Ali em meio a tanto calor

Mora meu amor

A moça mais linda do interior

 

Estas lembrança que agonizam

Tenho certeza vão passar

pois no meu lugar, com meu amor vou morar

 

Autor:  Osmar Sanga Junior

comentários[20]

3

out
2010

Soneto

Quando vejo os lindos campos

Logo lembro meu sertão

Vejo galinhas pelos cantos

e milho espalhado no chão

 

Vejo uma velha casa de madeira

perto da cerca um chiqueiro

Umas vaquinhas leiteiras

E um cachorro companheiro

 

Após o bosque, o riacho

onde pesco lambari

A melhor coisa do mundo é morar aqui...

 

Isto aí é o meu sertão

Onde trabalho e pesco

e cuido da criação

 

 

Autor: Cícero Rogerio Agostinhaque

comentários[19]

3

out
2010

Ah, que saudade!

As montanhas, os riachos

Os bosques e os rochedos

Este é o meu lugar

Onde com a amada vou morar.

 

Apopulação lá fora,

Vivendo em meio turbulento

Não desfruta dos prazeres,

Desta brisa, deste vento...

 

Ah! Quão prazeroso é!

As lembranças que tenho contigo

Desta casinha, dessa galinha, desse gado!

 

Mas com certeza afirmo,

De lembranás vão passar,

E contigo na casinha, juntos vamos ficar!

 

 

Autor: Lucas Andrade de Lima

 

 

comentários[22]

3

out
2010

Alegria no campo

Lá em cima

Por onde as águas passam

Uma casa na colina

Onde os pássaros voam

 

Uma casinha

com flores na janela

Toda enfeitadinha

minha amada mora nela

 

Borboletas e abelhas no jardim

O sol brilhando na imensidão

Tudo o que eu quero é você perto de mim

 

Nessa sossegada vida há paz e harmonia

A brisa brincando com o balanço

Vivendo assim a alegria

 

 

Autora: Rafaela Guimarães

comentários[21]

calendário


Assinar RSS