Portal da Educao Adventista

*educar para salvar *

24

mai
2015

Abrangência da Capelania

"A capelania participa do processo educativo em todos os segmentos da escola. Tem o aluno como primeira pessoa na sua atenção, mas passa também pelo apoio à familiares, além dos professores e funcionários que também experimentam as oportunidades de crescimento espiritual que a Bíblia oferece. Dirigida por um pastor, com o compromisso de valorizar o projeto pedagógico, o capelão coordena a área de ensino religioso, estimula momentos de busca a Deus e coopera com a direção, em ações que tornem o colégio um divulgador dos ensinos do Senhor Jesus." (Capelania do Colégio Batista, 2005.

comentários[0]

8

mai
2015

Projeto Capelania Universitária

%u2022 O que é a Capelania Universitária? 

É um serviço assistencial religioso de apoio espiritual, centrado nos princípios bíblicos. Comprometida com a formação integral do ser humano no resgate dos valores construtivos, transmitindo palavras de orientação e encorajamento às pessoas em momentos especiais ou de crise. O serviço prestado pela Capelania consiste em atender, aos que desejam um auxílio espiritual, uma palavra de amparo e consolo em momentos de dificuldade, bem como compartilhar momentos de alegria e gratidão.

%u2022 O que é um capelão universitário?

Define-se por capelão universitário um representante legal da instituição, responsável pela assistência espiritual. Cuida da área espiritual de alunos, professores e funcionários da comunidade universitária.  

Objetivos

Geral

Oferecer gratuitamente apoio espiritual aos estudantes da Escola.

Específicos

- Distribuir a Bíblia, porções bíblicas e literatura cristã.

- Promover reuniões de oração e estudo bíblico com os alunos

- Aconselhar alunos, funcionários e professores, com agendamento prévio.

- Desenvolver devocionais com os funcionários. Os horários das devocionais serão

  planejados com a liderança do departamento.

- Assistir alunos, funcionários e professores, em momentos de dor e perdas.

- Palestras sobre Qualidade de Vida: princípios da boa alimentação e saúde, princípios

  esses que gerem uma melhor qualidade de vida. Palestras com profissionais de saúde

  (médicos, fisioterapeutas, engenheiro agrônomo, psicólogos, nutricionistas, etc.)

- Eventos de dignidade humana (campanhas de altruísmo): promover campanhas que

  estimulem o interesse do aluno pela diminuição do sofrimento do seu próximo.

  Campanhas para ajudar alguém da escola ou vizinhos de alunos servem para estimular

  o altruísmo e o senso de responsabilidade humana para com o próximo.

O capelão e o sigilo

A capelania é um serviço muito mais voltado a ouvir as pessoas em suas angústias, nas suas aflições, nas suas crises existenciais, e muitas vezes nas suas confissões.

O capelão deve ser a pessoa mais capaz para guardar sigilo de todas as relações estabelecidas com o aluno e funcionários.   

Execução do Projeto

Para a execução deste projeto será composta uma equipe de quatro pastores, que farão o atendimento e execução das atividades propostas. Sendo que cada pastor escolheria uma noite, em acordo com a direção da Faculdade, para estar disponível para sua participação voluntária no projeto. Assim, durante um mês, será proporcionado a Faculdade quatro noites de atendimento.

comentários[0]

24

abr
2015

Escola: Lugar de Companheirismo

Vivemos em uma época em que somos encorajados a acumular... no entanto, a Bíblia nos convida a compartilhar.

"Cada um exerça o dom que recebeu para servir aos outros, administrando fielmente a graça de Deus em suas múltiplas formas." 1 Pedro 4:10 

Lenda Judáica

Deus convidou um Rabino para conhecer o céu e o inferno.

Ao abrirem a porta do inferno, viram uma sala em cujo centro havia um caldeirão onde se cozinhava uma suculenta sopa.

Em volta dela, estavam sentadas pessoas famintas e desesperadas. Cada uma delas segurava uma colher de cabo tão comprido que lhe permitia alcançar o caldeirão, mas não suas próprias bocas.

O sofrimento era imenso.

Em seguida, Deus levou o Rabino para conhecer o céu. Entraram em uma sala idêntica à primeira, havia o mesmo caldeirão, as pessoas em volta, as colheres de cabo comprido.

A diferença é que todos estavam saciados.

- Eu não compreendo, disse o Rabino, por que aqui as pessoas estão felizes, enquanto na outra sala morrem de aflição, se é tudo igual?

Deus sorriu e respondeu:

-Você não percebeu?

É porque aqui eles aprenderam a dar comida uns aos outros...

"A Bondade Infinita tem braços tão grandes queenvolvem qualquer coisa que se volte para ela."

                        ~ Dante Alighieri ~

"Cada um exerça o dom que recebeu para servir aos outros, administrando fielmente a graça de Deus em suas múltiplas formas." 1 Pedro 4:10

 

comentários[0]

14

abr
2015

Projeto Antitabagismo

 

 

 

 

 

 

 

 

Público alvo: Alunos Educação Infantil ao Ensino Médio.

Período de execução: 25 a 30 de Agosto de 2013

Justificativa: A organização Mundial da Saúde (OMS) afirma que o tabagismo deve ser considerado como uma pandemia e como tal ser combatido. O tabagismo é a maior causa, isolada e evitável de doença e morte.

O fumo é responsável por:

  • 30% das mortes por câncer

  • 90% das mortes por câncer de pulmão

  • 25% das mortes por doenças do coração

  • 25% das mortes por doença cerebrovascular 

    Objetivos Gerais:

  1. Compreender os efeitos do tabaco na vida física e espiritual.
  2. Decidir nunca fumar.
  3. Decidir deixar de fumar.

Áreas do Conhecimento:

  1. Português
  2. Religião
  3. Ciências
  4. História
  5. Química
  6. Matemática

Objetivos Específicos:

- Português: Alertar as pessoas amigas e familiares a respeito dos males causados pelo cigarro.

- História: Conhecer a história do tabaco no Rio Grande do Sul e/ou no Brasil.

- Ciências: Decidir respeitar e cuidar do meio ambiente, da Natureza que Deus criou.

- Religião: Aprender a cuidar do corpo como a máquina viva mais perfeita do Universo.

- Química: Descobrir alguns elementos/venenos químicos que compõem um cigarro e pesquisar

                   sobre cada um deles.

- Matemática: Aprender a importância de cuidar bem do dinheiro como meio para promoção da

                         saúde e bem-estar pessoal e social e/ou Calcular o custo que um fumante tem por mês

                         e por ano, de acordo com o número de carteiras de cigarro que consome por dia.

 Estratégias:

  1. Realização de uma Capela
  2. Realização do curso como deixar de fumar em 5 dias, em conjunto com o Colégio Adventista de Sarandi.
  3. II Caminhada e corrida contra o fumo
  4. Atividades em Sala
  5. Filme contra o tabaco
  6. Palestra
  7. Cigarrão
  8. Encenação de um sepultamento do Cigarro
  9. II Caminhada Contra o Fumo
  10. Divulgação: interna e externa

 Desenvolvimento das Estratégias:

1. II Caminhada Contra o Fumo

Data: Domingo - 25/08

2. Capela

  Será dividida em 3 partes:

  Primeira: Palestra com informações sobre o tabaco e seus malefícios. 15min.

  Segunda: Vídeo sobre os malefícios do cigarro. 20min.

  Terceira: Encenação de um sepultamento do cigarro.5min.

 3. Curso como deixar de fumar em 5 Dias

Será realizado no auditório do CAMAR, de Segunda a Sexta, às 19h 30m.

 4. Atividades em Sala

- Português: Elaborar uma carta (em grupo) pedindo para um amigo ou familiar fumante, parar de

                      fumar.

- Religião: O cuidado do corpo segunda as orientações divinas expressas na Bíblia.

- Ciências: Poluição ambiental, desmatamento, incêndios e venenos utilizados no  

                   plantio do tabaco.

- Matemática: Calcular o gasto de um dia, um mês, um ano, 30 anos de um fumante,

                         etc.

- Química: A fumaça do cigarro produz mais de 4.700 substâncias químicas. Estudar as          

                  10 mais conhecidas.

- História: Séc. X uso pelos índios, Séc. XVI entrada na Europa, Séc. XVII

                  cachimbo, Séc. XVIII tabaco mascado, Séc. XIX charuto, Séc. XX cigarro,

                  até chegar ao Brasil e RS.

 5. Divulgação do Projeto

- Exposição do cigarrão no pátio da escola.

- Painel ilustrativo.

- Divulgação nos meios de comunicação local: jornal, rádios, etc.

- Fichas de inscrições para cada equipe da gincana

fumo, antitabagismo, deixe de fumar

comentários[0]

27

mar
2015

A Bíblia Como Fonte Literária

 

 

A Bíblia é por excelência uma fonte literária...

Poesia - caracteriza-se pelo paralelismo, não pela metrica, ritmo ou rima. Ex. Prov. 28: 26 - "O que confia no seu próprio coração é insensato, mas o que anda em sabedoria será salvo". (Contraste)

Biografia - A história dos grande homens e mulheres da Bíblia. (Daniel, José, Rute, Jesus, etc)

AS FIGURAS DE RETÓRICA
Metáfora - comparação, onde o sentido não é literal mas figurativo.
"Eu sou a videira verdadeira e meu Pai é o agricultor". (João 15.1)
"Eu sou a porta "Eu sou o caminho"; "Eu sou o pão vivo"; "Vós sois a luz, o sal"; "a candeia do corpo são os olhos";

Prosopopeia - E a personificação de coisas inanimadas, atribuindo-se lhes os efeitos e ações das pessoas. Isaias 55:12, "Os montes e os outeiros romperão em cânticos diante de vós, e todas as árvores do campo baterão palmas".

Ironia - Expressão que significa o contrário do que se está pensando ou sentindo; é usada para diminuir e depreciar, mas também para louvar e engrandecer. o profeta Elias, no Carmelo, fala aos sacerdotes do falso deus Baal: "Gritai em altas vozes, pois ele é um deus; ou está em viagem, ou porventura está dormindo, e necessita que o acordem".

Hipérbole - Figura que engrandece ou diminui exageradamente a verdade das coisas, para apresentá-las vivas à imaginação.
Os Espias - "Vimos ali gigantes... e éramos aos nossos olhos como gafanhotos... as cidades são grandes e muradas até o céu" (Nm 13.37; Dt 1.28).

Fábula - Narrativa em que seres irracionais e objetos inanimados são apresentados falando, com paixão e sentimento humano para ensinar lições morais.
2 Reis 14.9 - "O cardo que estava no Líbano, mandou dizer ao cedro que estava no Líbano: dá tua filha por mulher a meu filho; mas passou uma fera que estava no Líbano e pisou aos pés o cardo".

As narrativas
Epopéia - Os feitos de um herói nacional. Por exemplo, Abraão, Gedeão, e Davi.

Épico - aparecem as narrativas de pessoas com façanhas militares. Lembramos a vida dos israelitas no deserto e a conquista de Canaã.

Tragédia - é a história da decadência de um indivíduo, da fama e honradez ao desastre e a miséria (Sansão, Saul e Salomão).

Romance - Aparece este gênero nos livros de Rute e de Cânticos dos Cânticos.

"Porque a palavra de Deus é viva, e eficaz, e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até a ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e propósitos do coração" (Hb 4.12).

comentários[0]

25

mar
2015

Escola: Lugar de Companheirismo

Vivemos em uma época em que somos encorajados a acumular... no entanto, a Bíblia nos convida a compartilhar.

"Cada um exerça o dom que recebeu para servir aos outros, administrando fielmente a graça de Deus em suas múltiplas formas." 1 Pedro 4:10

Uma Lenda Judáica

Deus convidou um Rabino para conhecer o céu e o inferno.

Ao abrirem a porta do inferno, viram uma sala em cujo centro havia um caldeirão, onde se cozinhava uma suculenta sopa. Em volta dela, estavam sentadas pessoas famintas e desesperadas. Cada uma delas segurava uma colher de cabo tão comprido que lhe permitia alcançar o caldeirão, mas não suas próprias bocas. O sofrimento era imenso.

Em seguida, Deus levou o Rabino para conhecer o céu.

Entraram em uma sala idêntica à primeira, havia o mesmo caldeirão, as pessoas em volta, as colheres de cabo comprido. A diferença é que todos estavam saciados.

- Eu não compreendo, disse o Rabino, por que aqui as pessoas estão felizes, enquanto na outra sala morrem de aflição, se é tudo igual?

Deus sorriu e respondeu:

-Você não percebeu?

É porque aqui eles aprenderam a dar comida uns aos outros...

"Cada um exerça o dom que recebeu para servir aos outros,..." é o que diz o apóstolo. Faça a sua parte!

comentários[0]

19

mar
2015

Ideias semana da Páscoa

Na categoria link encontra o vídeo A Ponte.

Na categoria Dowloads encontra o ppt para a mensagem As 7 Últimas Palavras

 

Boa Capela.

comentários[0]

19

mar
2015

Ideias semana da Páscoa

Modelo do Programa para a capela da Páscoa

 

 

comentários[0]

19

mar
2015

Ideias semana da páscoa

Ornamentação:

comentários[0]

19

mar
2015

Ideias para semana da Páscoa

NADA ERA DELE
Gióia Júnior

 

Disse o poeta um dia,

Fazendo referência ao mestre amado:

"o berço que ele usou na estrebaria

Por acaso era dele?"

-Era emprestado -

 

...E o manso jumentinho

Em que em Jerusalém chegou montado

E palmas recebeu pelo caminho,

Por acaso era dele?

-Era emprestado -

 

...E o pão, o suave pão

Que foi por seu amor multiplicado,

Alimentando toda a multidão,

Por acaso era dele?

-Era emprestado -

 

...E os peixes que comeu

Junto ao lago,

Ficando alimentado,

Esse prato era seu?

-Era emprestado -

 

...E o famoso barquinho?

Aquele barco em que ficou sentado

Mostrando a multidão qual caminho,

Por acaso era dele?

- Era emprestado -

 

...E o quarto em que ceou

Ao lado dos discípulos,

Ao lado de judas que o traiu, de Pedro que o negou,

Esse quarto era dele?

- Era emprestado -

...E o túmulo que depois do Calvário

Foi usado e de onde havia de ressuscitar,

Esse túmulo era dele?

- Era emprestado -

Em fim, nada era seu!!!

 

Mas a coroa que ele usou na cruz,

E a cruz que carregou e onde morreu

Essas eram de fato de Jesus!

Isso disse um poeta certo dia,

Numa hora de busca da verdade,

mas NÃO aceite essa filosofia

Que contraria a própria realidade...

O berço, o jumentinho, e o suave pão,

Os peixes, o barquinho, o quarto e a sepultura

Foram Dele a partir da criação,

"Ele os criou", assim diz a Bíblia

Mas a cruz que Ele usou,

A rude cruz, a cruz negra e mesquinha,

Onde os meus crimes todos expirou,

Essa cruz não era sua...

- Essa cruz era minha!-

 

comentários[0]
Assinar RSS

mais buscadas

2004-2011 Educação Adventista Todos os direitos reservados.