Portal da Educao Adventista

*Professora Verônica *

17

set
2014

LER, ESCREVER, RELER, REESCREVER


Lendo jornal

Para nossa aula de Língua Portuguesa, solicitei aos meus alunos que trouxessem um jornal da semana.

 

Compreendo que é de suma importância que este gênero seja abordado nas escolas, pois é fonte inesgotável de possibilidades que abrange todas as áreas do conhecimento. 

 

 

 

 

 

 

 

Trabalhar com o jornal em sala de aula, possibilita a apropriação de um texto verídico, do cotidiano de todos os alunos, famílias, escola e sociedade. Utilizá-lo como ferramenta de aprendizagem propicia uma leitura de mundo, onde o aluno se coloca como agente do processo e principalmente como um cidadão crítico e modificador do espaço em que vive. Para desenvolvermos esta atividade pedagógica, foram feitas alguma reflexões sobre esse gênero literário.

 

 

-Que notícias mais interessam aos adultos? E às crianças?

-É importante ler jornal? Por quê?

-Existem jornais para crianças? Quais eles conheciam?

Os alunos foram divididos em grupos e saíram de sala para perguntar aos funcionários da escola se eles tinham o hábito de ler jornal.

Após esse momento, conversamos sobre o resultado do que foi pesquisado.

O representante de cada grupo leu uma reportagem. Destacamos o valor da imprensa como um meio que veicula informações, comunicando fatos que acontecem no Brasil  e a quantidade de informações contidas em uma reportagem.

 

 

 

Ainda realizaremos as seguintes estrátegias:

-Dramatização do texto O cidadão e o jornalista;

-Interpretação e fatos significativos em uma reportagem;

-Confeccionar um quadro com reportagens políticas;

-Entrevistar 5 familiares;

-Confeccionar um gráfico, basaedo no resultado da entrevista realizada;

-Ler, escrever, reler e reescrever textos jornalísticos;

-Elaboração de um jornal da nossa turma.

 

 

 

Objetivo principal é transformar o jornal em um recurso pedagógico complementar às atividades curriculares e oferecer aos alunos um reforço concentrado na leitura e na escrita, incentivando o desenvolvimento da aprendizagem e o gosto pela leitura.

Pedagoga

Verônica Lopes

 

comentários[1]

16

set
2014

AULA DESENVOLVIDA COM ENCARTE DE SUPERMERCADO


Realizamos atividades com a utilização de um encarte comum 
distribuído gratuitamente, em um determinado supermercado, como instrumento desafiador, motivador e criativo para o desenvolvimento da tarefa. Essa pesquisa escolar tenta apontar indicativos pedagógicos para que a aprendizagem do ensino de números decimais se torne mais efetiva. A análise das discussões e o comportamento dos alunos durante a realização das atividades envolvendo o tema transversal trabalho e consumo, revelaram que estas provocam reflexões e nos permitem concluir que a metodologia utilizada na sala de aula teve efeito positivo na formação dos conceitos uma vez que atribui significado ao conteúdo estudado diminuindo a distância entre a teoria e a prática, fazendo com que o aluno sinta-se parte do conteúdo. Com a utilização do encarte, cada aluno produziu duas situações problemas envolvendo adição e mutiplicação com números decimais. Realizaram diversas continhas com os valores impressos e também foram trabalhados as características de um encarte, disponibilidade dos produtos e promoções. Como este material se referia à parte de drogarias, eles ficaram bem surpresos com os valores dos medicamentos. O que também, além de trabalharmos o conteúdo de números decimais, fizemos um debate sobre a indústria farmacéutica, a superlotação dos hospitais, a característica da sociedade atual e considerando-os a sociedade do amanhã, que atitudes positivas devem ter para transformar o quadro atual para uma sociedade mais saudável.


Pedagoga
Verônica Lopes
Números decimais.

comentários[3]

15

set
2014

Projeto Compartilhando Esperança

Projeto Compartilhando Esperança.Culminância do nosso Projeto Compartilhando Esperança. Após o nosso cine pipoca, apoio à nossa aula de religião, meus alunos saíram às ruas para compartilhar mensagem de conforto e esperança. Com o apoio do livro didático, prepararam uma lembrança especial e distribuíram àqueles que passavam em torno do CADC. Ao todo foram 60 kits distribuídos com um delicioso BIS. Parabéns aos meus queridos alunos, pelo empenho em nosso projeto.

Pedagoga 
Verônica Lopes

comentários[3]

7

set
2014

BRINCANDO E FIXANDO O CONTEÚDO - VERBOS

Minha estratégia para fixar o conteúdo ensinado e trabalhado em sala de aula, foi um campeonato com balões. As equipes foram dispostas e um a um se encontravam com o colega que estava bem a frente deles. Ao se abraçarem para estourar o balão, sempre verificavam se tinha alguma ficha tarefa. Se esta fosse encontrada, eles se reuniam e conversavam entre si para responder o que estava sendo pedido. Foi bem divertido!!!

comentários[1]

7

set
2014

CANDIDATOS DO CADC - 5º ANO C

As eleições no Brasil têm sido, nas duas últimas décadas, uma verdadeira festa da cidadania, no qual a população brasileira pode eleger por si mesma os seus governantes. Porém, essa festa nem sempre ocorre de forma completa e justa. Apesar da existência da Justiça Eleitoral, há entraves em alguns lugares do Brasil. Após estudarmos em sala de aula sobre a origem do conceito de república na Antiguidade Clássica; a origem da república no Brasil e compararmos situações atuais e passadas no tocante ao sistema republicano de governo no Brasil, foi dado início às eleições do 5º ano. Este projeto tem os seguintes objetivos:

 

- Levar o aluno a entender a cidadania como participação social e política e exercitar e desenvolver essa cidadania;

- Proporcionar aos alunos oportunidades para que possam pensar, questionar, criticar, dar opiniões do que seria preciso mudar para que possamos viver num país e num estado melhor;

- Incentivar o aluno, desde já, a participar da política de forma ativa, mostrando a importância de bons governantes para qualquer país;

- Observar de forma crítica as promessas dos candidatos, verificando se realmente há possibilidade de cumpri-las;

- Incentivar a conversa em família sobre a política;

- Conhecer o significado do voto consciente;

- Ajudar na formação de cidadãos conscientes de suas potencialidades, conhecedores de seus direitos e responsabilidades;

- Desenvolver a oralidade e criatividade.
Justificativa:
Resolvi criar esse projeto para dar mais significado ao que foi estudado no nosso livro didático e pela situação citada abaixo:
Ao iniciar uma de minhas aulas, percebi meus alunos conversando sobre política e estavam todos eufóricos comentando sobre o assunto. Até que o meu aluno Gabriel Vitor me fez a seguinte pergunta:
_ Professora, em quem você vai votar?
Nossa, minha resposta causou ainda mais debate entre eles. E isso foi muito bom, pois percebi que acompanham os acontecimentos diários e não se deixam ser enganados por qualquer proposta dos futuros candidatos.
Professora
Verônica Lopes


comentários[92]

7

set
2014

CURTIR A SUA PRESENÇA!!!

Em minha primeira reunião de Pais e Mestres, utilizei o chocolate "Bis" (peço Bis para nossa 2º Reunião) como incentivo de rotorno para o nosso 2º encontro. 

 

Nossa segunda reunião foi um sucesso!!!

Agradeço o compromisso de todos os Pais e Responsáveis  que fazem desse momento tão especial.

Saibam que a parceria de vocês faz a diferença em nossa escola. 

Curtir a sua presença!!! Essa parceria faz a diferença!!!


Abraços,
Professora Verônica Lopes

comentários[2]

7

set
2014

O REINADO DO CAFÉ

Hoje, ensinei para os meus alunos sobre o "Reinado do café" no período imperial, características da produção cafeeira e o caminho para o fim da escravidão. Para que a aula tivesse significado, saímos da sala de aula e escolhemos um cantinho no pátio da escola, para que pudéssemos de forma mais descontraida e a vontade abordamos o tema. Iniciei minha aula mostrando-lhes um pacote de café descafeínado, onde foram trabalhados os seguintes pontos:

 

-Descrição da embalagem;

 

-O significado da palavra descafeínado;

 

-Debatemos sobre a substância contida no café (CAFEÍNA);

 

-Trabalhamos os maleficíos dessa substâncias;

 

-Consequências quando consumidos em excesso (Taquicardia, escurecimento dos dentes, agitação, insônia, dores de cabeça, etc.);

 

-A popularização do café em nosso país;

 

-Significado de expressões que levam essa palavra "café", mostrando o quanto o café se tornou popular;

 

-Quem fazia o trabalho que envolvia a produção do café;

 

-Dramatização do período em que a Lei Áurea foi assinada e a falta de assistência e de oportunidades de trabalho assalariado e digno aos ex-escravos;

 

-Formação de favelas (lugar onde os ex-escravos procuraram se estabelecer);

 

-A importância de cuidarmos do nosso corpo e a preocupação de ingerirmos bebidas saudáveis (Terminamos nossa aula tomando um delicioso suco de laranja).

 

Devido os escravos serem considerados um nada para os barões do café, destaquei o valor e a importância do respeito ao próximo. Eles compreenderam, que todos independente de raça ou cor são importantes, pois somos a imagem e semelhança de Deus.

 

Materiais utilizados; copos descartáveis, TNT, um pacote de café descafeínado e um suco de laranja ADES.

 

Professora Verônica Lopes

comentários[0]

Sistema

http://youtu.be/KPrIow9HKho

Para pensar!

Assinar RSS

mais buscadas

2004-2011 Educação Adventista Todos os direitos reservados.