Portal da Educao Adventista

*Informatica *

22

jul
2014

3 Soluções para problemas com o Windows 8.1 Update 1


Por:Baboo @ 13 abr 2014 | 12:13 am

No início desta semana a Microsoft lançou o Windows Update 8.1, mas nem todos puderam instalá-lo pois alguns usuários relataram problemas na instalação.

Desde então a Microosft disponibilizou dois patches oficiais que servem como soluções para problemas com o Windows 8.1 Update 1, e postamos abaixo uma terceira solução não-oficial para quem ainda não conseguiu instalar o Windows 8.1 Update 1.

Soluções para problemas com o Windows 8.1 Update 1

1. Quem tentou instalar, mas apareceu o erro 0x800f081f deve instalar este patch.

2. Quem não consegue desinstalar o IIS no Windows 8.1 ou Windows Server 2012 R2 deve instalar este patch.

3. Quem ainda não conseguiu instalá-lo, pode aplicar esta solução (NÃO NOS RESPONSABILIZAMOS POR ISSO - FAÇA POR SUA PRÓPRIA CONTA E RISCO):

I. Abra o Command Prompt > Executar como Administrador:

:

Soluções para problemas com o Windows 8.1 Update 1

II. Digite dism /online /remove-package /packagename:Package_for_KB2919355~31bf3856ad364e35~amd64~~6.3.1.14 <ENTER>

Soluções para problemas com o Windows 8.1 Update 1 - comando 1

III. Quando o passo acima for finalizado, digite dism /online /cleanup-image /startcomponentcleanup <ENTER>

Soluções para problemas com o Windows 8.1 Update 1 - comando 2

IV. Tente instalar novamente o Windows 8.1 Update 1

O comando dism permite a instalação/remoção/atualização de atualizações .cab ou .msu do Windows

Informações do site Neowin e deste tópico do fórum da Microsoft

Sobre o Windows 8.1 Update 1

O Windows 8.1 Update 1 inclui melhorias com foco no uso do sistema operacional com mouse e teclado, como novos botões e menus de contexto na tela inicial e novos botões para minimizar, maximizar e fechar os apps Metro.

Já para os usuários em computadores/notebooks/ultrabooks sem telas sensíveis ao toque, a atualização permitirá que o sistema operacional inicialize diretamente na área de trabalho por padrão. Você ainda poderá acessar a tela inicial clicando no botão Windows na barra de tarefas ou pressionando a tecla winkey no teclado.

Além disso, a Microsoft também confirmou que com o Windows 8.1 Update 1 é possível fixar os apps Metro na barra de tarefas para acesso rápido.

 

Sobre o Windows 8.1 Update 1

O Windows 8.1 Update 1 inclui melhorias com foco no uso do sistema operacional com mouse e teclado, como novos botões e menus de contexto na tela inicial e novos botões para minimizar, maximizar e fechar os apps Metro.

Já para os usuários em computadores/notebooks/ultrabooks sem telas sensíveis ao toque, a atualização permitirá que o sistema operacional inicialize diretamente na área de trabalho por padrão. Você ainda poderá acessar a tela inicial clicando no botão Windows na barra de tarefas ou pressionando a tecla winkey no teclado.

Além disso, a Microsoft também confirmou que com o Windows 8.1 Update 1 é possível fixar os apps Metro na barra de tarefas para acesso rápido.

Faça o download do Windows 8.1 Update 1

Outra novidade trazida por esta atualização é o Modo Empresarial no Internet Explorer 11. O Modo Empresarial permitirá que as empresas especifiquem quais sites devem ser carregados neste modo de compatibilidade automaticamente. Isto é útil, principalmente, para casos no qual portais internos só podem ser visualizados corretamente com versões mais antigas do navegador.

Ao configurar este modo, o administrador pode especificar o local onde a lista de sites, usados pelo Modo Empresarial, fica armazenada e também pode optar por permitir ou não que os usuários ativem este modo manualmente.

O Windows 8.1 Update 1 também permitirá que os fabricantes de computadores utilizem especificações mais modestas para novos dispositivos. A empresa confirmou que agora os fabricantes poderiam utilizar no mínimo 1GB de RAM e 16GB de capacidade para armazenamento em novos dispositivo (antes era necessário ter pelo menos 2GB de RAM e 32GB de capacidade).

comentários[0]

21

jul
2014

50% dos brasileiros não conhece apps de streaming de música

 

, de INFO Online

 

Apesar de serviços como Spotify, Deezer e Rdio estarem cada vez mais comuns no país, metade dos internautas brasileiros não conhece apps de streaming de música pelo smartphone. Os dados são de uma pesquisa realizada pela Opinion Box em parceria com a Mobile Time.

Durante a pesquisa, 1484 internautas foram entrevistados. As proporções de distribuição geográfica, faixa etária e renda mensal desse grupo no Brasil foram consideradas no estudo.

Os entrevistados precisaram escolher se preferem ter suas músicas favoritas salvas em mp3 ou CDs, ou um serviço no computador ou no celular que dê acesso a praticamente todas as músicas do mundo, inclusive suas favoritas, a qualquer momento, mas sem a possibilidade de armazenamento. 55% preferem ter as músicas, enquanto 45% optam por acessá-las.

Do grupo que afirmou conhecer os serviços de streaming, 53% disseram que preferem ter suas músicas guardadas em mp3 e 47% afirmaram que preferem o streaming. Dos que não conhecem os apps, 57% preferem guardar as músicas no computador e 43% preferem acessá-las online. Dentre os apps preferidos o Deezer lidera, seguido por Spotify, Rdio e Soundcloud, respectivamente.

Segundo a Mobile Time, os dados revelam a necessidade dos serviços melhorarem a divulgação de seus produtos. Os aplicativos precisam mudar a mentalidade do consumidor para que ele se acostume com a ideia de ouvir músicas online, sem precisar de um iPod ou mp3.

Outra parte da pesquisa relevou em que aparelho as pessoas preferem ouvir suas músicas. O computador ficou em primeiro lugar (79,2%), seguido por celular (75,8%) e rádio (67,9%). Além disso, um em cada quatro internautas brasileiros respondeu que não costuma ouvir música no celular.

origem do texto: Revista Info

comentários[0]

18

jul
2014

Relógios geram desconforto entre Google e Samsung, diz site

Por: , de INFO Online

 

As relações entre Google e a Samsung podem se complicar com o crescimento dos dispositivos vestíveis no mercado.

Segundo o site The Information, o CEO do Google Larry Page está descontente com o fato de a Samsung escolher o sistema Tizen como sua plataforma principal para relógios inteligentes.

 

O site afirma que Page realizou uma "tensa reunião" com o vice-presidente da Samsung Jay Y para mostrar seu descontentamento pelo fato da fabricante investir mais em relógios com o sistema Tizen, como o Gear 2 e Gear Fit, e não na plataforma Android Wear. 

No entanto, a própria Samsung ultimamente vem afirmando que o sistema Tizen continuará importante para a empresa, embora até hoje nenhum smartphone com a plataforma tenha sido lançado. 

O primeiro relógio da Samsung com Android Wear, o Gear Live, basicamente tem o mesmo hardware do Gear 2, mas com o sistema do Google %u2014 algo também criticado por Page, alegando que a fabricante não se importou em criar um novo modelo para se destacar entre os consumidores. 

Apesar de não caber ao Google ditar onde a Samsung deve investir, as duas empresas já vinham se desentendendo sobre a usabilidade do Android, com a companhia de Mountain View pedindo para a fabricante parar de desenvolver apps similares aos seus produtos.

http://info.abril.com.br/noticias/mercado/2014/07/relogios-geram-desconforto-entre-google-e-samsung.shtml

comentários[0]
Assinar RSS

mais buscadas

2004-2011 Educação Adventista Todos os direitos reservados.