Portal da Educao Adventista

*Biblioteca Dalka Bergold *

31

jul
2011

Poder de Irradiação

Professora recém-aposentada do curso de biblioteconomia da Universidade de Brasília, Walda de Andrade Antunes é uma das principais estudiosas brasileiras sobre bibliotecas escolares. Já foi coordenadora do Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas, do Ministério da Cultura, e do programa Salas de Leitura/Biblioteca Escolar, do MEC (atual Biblioteca da Escola). Atualmente, é consultora do Instituto Ayrton Senna e do Instituto de Pesquisas, Estudos, Cultura e Educação (Ipece).

Para a estudiosa, a lei que torna obrigatória a existência de bibliotecas em todas as escolas, aprovada neste ano, constitui um grande avanço, ainda que o tempo previsto para a adequação seja grande e o acervo mínimo, pequeno. Defende, também, a função pedagógica do profissional responsável pela biblioteca, cargo para o qual deve receber formação específica.

Segundo a professora Walda uma das grandes lutas que se tem no Brasil hoje é fazer com que as secretarias e os governos entendam que a função da biblioteca é tão didática e pedagógica quanto a da sala de aula.

"A biblioteca deve permear todo o plano pedagógico da escola, os professores de todas as disciplinas devem ter relação com ela, pois um aluno não consegue desenvolver um problema de matemática se não for bom leitor, não souber interpretar questões."

Incentivar o educador e complementar o seu trabalho deve ser parte da política das bibliotecas.

 

Leia, a seguir, a entrevista concedida à subeditora Marina Almeida.

comentários[0]

28

jul
2011

Crianças que usam tecnologia escrevem melhor

Crianças que utilizam blogs, SMS ou acessam redes sociais no dia a dia melhoram suas habilidades com a escrita, indicou uma pesquisa realizada pela instituição britânica National Literacy Trust.

Das 3.001 crianças entre 9 e 16 anos entrevistadas pelos pesquisadores, 24% possuem seu próprio blog, enquanto 82% enviam mensagens de texto por celular pelo menos uma vez por mês. Desse total, 73% falam com amigos por meio de serviços de mensagem instantânea, como MSN e Google Talk.

O levantamento também mostrou que, embora utilizem meios digitais na comunicação, os jovens ainda fazem uso de papel e caneta na hora de anotar dicas durante as aulas ou no momento em que precisam finalizar seus deveres de casa.

As crianças que possuem blogs ou estão nas redes sociais foram avaliadas como donas dos melhores textos. "Nossa pesquisa sugere uma forte relação entre a utilização da tecnologia pelas crianças e atividades com leitura e escrita", disse o diretor da National Literacy Trust, Jonathan Douglas. "A relação com as tecnologias on-line incentiva os jovens a escrever pequenas histórias, cartas, letras de música ou diários", completou.
 
Douglas também quebrou paradigmas ao afirmar que os estilos informais de escrita, comuns na web, não atrapalham o progresso da habilidade na redação de textos. Questionado sobre o futuro da literatura em tempos de mídias digitais, o pesquisador foi enfático: "Nosso estudo mostrou que, quanto mais a tecnologia é utilizada, mais habilidades literárias são desenvolvidas".

Revista Veja

comentários[0]

14

jul
2011

Por que não recomendamos a leitura de romances?

A coluna Mulher 7 x 7, no site da revista Época comenta um artigo publicado no Journal of Family Planning and Reproductive Health Care, segundo o qual a leitura de romances água com açúcar pode gerar problemas de relacionamento, criar expectativas irreais sobre sexo e levar a relações sexuais sem camisinha e a gravidez indesejada. A autora, a psicóloga Susan Quilliam, diz que muitas mulheres que chegam ao seu consultório baseiam suas decisões nesse tipo de literatura - e não na realidade. Para Susan, as mulheres estão muito mais expostas aos romances do que à educação sexual formal. Em alguns países ocidentais, os romances são quase a metade de todos os livros de ficção vendidos.

Segundo Época, recentemente, outra psicóloga, Juli Slattery, escreveu que os romances "desequilibram de forma perigosa" a vida das leitoras. "Tendo a acreditar no poder de influência da cultura, como a literatura e o cinema nas nossas vidas. E acho que, para algumas pessoas, os romances e as comédias românticas são obstáculos a uma vida mais real - e feliz", escreve Letícia Sorg, autora do texto da coluna.

leia mais...

Retirado do Blog de Michleson Borges

comentários[0]

7

jul
2011

A Biblioteca na II Mostra Cultural do CAF-C

A noite Literária deste ano foi surpreendente, a começar pela junção de três programas em um: exposição artística/cultural/cine animação; noite literária e show de talentos, pais, alunos e convidados estiveram reunidos no dia 28 de Junho numa rica programação onde várias atrações tiveram lugar. Com início as 17h, o auditório do próprio colégio ficou pequeno para o grande número de pessoas presentes.

A biblioteca Dalka Bergold contribuiu de perto nesta programação sendo palco para contação de histórias bíblicas e fomentando a produção de textos através do projeto Rato de Biblioteca. Mas o destaque ficou por conta do pré-lançamento do Livro "A Descoberta de Afonso", que junto com a premiação dos destaques no primeiro semestre de 2011, sobretudo alunos e professores, empolgou a platéia.

Destaque também foi o sorteio da bolsa de estudos da escola inFlux entre os finalistas do concurso de desenhos do projeto citado, sendo contemplada a aluna Mariana bandeira do 7º turma C. Na ocasião, foram apresentados ao público alguns exemplares do livro infantil que é um dos frutos do trabalho da equipe da biblioteca 2010/2011. Este livro poderá ser adquirido em breve na escola, porém ainda aguardamos um maior engajamento dos alunos na continuação do mesmo no segundo semestre (veja mais detalhes sobre o livro no blog da biblioteca-Oficina de Textos).

comentários[0]

Campanha de Doação