Portal da Educao Adventista

*Astronomia *

31

mar
2012

Comprando um bom Telescópio

Por Leocádio Benez Neto

Adquirir um telescópio de qualidade no Brasil não é das tarefas mais fáceis, mesmo em grandes centros praticamente não existem lojas especializadas. Trazer seus instrumentos do exterior poderia ser a solução, mas legalmente uma importação sai cara por causa dos altos impostos cobrados e o frete. Existem também mercadorias trazidas do exterior ilegalmente, mas não há nenhuma garantia para os produtos adquiridos desta maneira.

Um outro problema na hora de comprar um telescópio é saber a qualidade do instrumento. A qualidade óptica, para uma pessoa leiga, é muito difícil de ser avaliada. É melhor confiar em uma marca ou fabricante tradicionalmente reconhecidos, que naturalmente garantirão um padrão de qualidade, evitando futuras frustrações.

Cuidado com telescópios vendidos em lojas de departamentos, magazines e lojas de fotografia, e que prometem ampliações altíssimas. Alguns vendedores fazem alarde de seus telescópios anunciando o aumento que eles proporcionam, por exemplo: 400x, 600x etc... Ampliações dessa ordem são totalmente inviáveis para pequenos telescópios e a qualidade da imagem certamente vai decepcionar. Sem contar o dinheiro mal empregado.

Se você quer fazer da sua iniciação em astronomia uma experiência agradável e não uma tragédia, invista seu dinheiro em abertura e lentes oculares de qualidade. Quanto maior a abertura ( diâmetro da lente ou espelho do telescópio), mais luz o instrumento capta e maior a capacidade de visualizar estrelas fracas e nebulosas ou galáxias. A definição ou nitidez da imagem também melhora com o tamanho da ótica. Outra dica importante é: não compre um telescópio refrator ( com lente ), a não ser que dinheiro não seja problema para você, e esteja disposto a investir pelo menos U$2.000,00. A imagem do telescópio refrator é de ótima qualidade mas, um bom refrator custa várias vezes mais que um refletor de tamanho equivalente. Agora se o custo-benefício lhe atrai, um telescópio refletor do tipo newtoniano com espelho de 6 a 8 polegadas seria ideal para um bom início. Eu possuo um de 4,5 polegadas que já é suficiente para muitas observações amadoras, mas, para visualizar objetos de baixa luminosidade (galáxias, nebulosas, etc), um pouco mais de abertura irá ajudar.

Quanto ao aumento, não se deixe enganar. Teoricamente você pode ter muitos aumentos com um telescópio, dependendo da ocular que usar, mas, existe um limite onde a qualidade da imagem começará a ficar inaceitável. Em geral telescópios de boa qualidade suportam aumentos em torno de 50 vezes por polegada em condições boas de céu, ou seja: um telescópio de 6 polegadas funcionará satisfatoriamente com aumento de até 300 vezes.

As figuras mostram a imagem de um telescópio de 6 polegadas com respectivamente, 200x, 300x, 500x de aumento. Note que no maior aumento ocorre perda da nitidez. Para conseguir o aumento de 500x com boa imagem seria necessário um telescópio de 10 polegadas.

200x

300x

500x

Alguns telescópios 'Estado da Arte', como os refratores da Takahashi, conseguem qualidade excepcional em até mais de 100 vezes por polegadas em condições de céu comuns mas, a um preço altíssimo. Na prática vale mais um aumento mediano com uma boa qualidade do que querer turbinar o telescópio e só ver borrões indefinidos.

Eu particularmente prefiro iniciar com telescópios curtos (abertura entre 6 e 7.5), que são ligeiramente mais claros que dão boas imagens de nebulosas e galáxias e também são apropriados para astro-fotografia, devido ao campo de visão mais largo (requer 'clock drive' para uso em astro-fotografia). Também são mais fáceis de transportar, cabendo sem dificuldades no assento traseiro do carro, facilitando muito a vida do astrônomo.

Suponha que você compre um telescópio de 6 polegadas, o que equivale a aproximadamente 150 mm, e com comprimento focal de 1100 mm. E também três oculares uma de 20 mm, uma de 10 mm e outra de 4 mm. Daí podemos calcular as seguintes características do seu equipamento:

  • A abertura desse telescópio é de 1100 / 150 = 7,3 (médio claro)
  • Aumento com a ocular de 20 mm será de 1100 / 20 = 55 vezes
  • Aumento com a ocular de 10 mm será de 1100 / 10 = 110 vezes
  • Aumento com a ocular de 4 mm será de 1100 / 4 = 275 vezes

Apesar de ter um aumento médio, é um telescópio claro e com boas lentes oculares será possível muitas observações satisfatórias.

O ideal seria grande aumento e grande luminosidade, mas isso somente é possível com telescópios maiores, de 10 a 16 polegadas ou mais, e que naturalmente não são equipamentos baratos para iniciantes, portanto não se iluda achando que irá obter imagens iguais às do Hubble, também não precisa desanimar, se você já leu o artigo até aqui certamente irá comprar um bom equipamento e conseguirá boas imagens.

Aqui vale a pena fazer uma observação; com exceção dos modernos telescópios computadorizados, que já vem com GPS e bússola eletrônica incorporados, telescópios grandes são muito bons de imagem mas, além de grandes e difíceis de transportar, são mais trabalhosos para montar e alinhar e podem levar quarenta minutos ou mais para estarem prontos para uso, já um telescópio menor, em bem menos tempo ele já estará pronto e posicionado. Se você possui disposição e paciência para esse trabalho, tudo bem, ocaso contrário seu grande telescópio ficará encostado sem uso, pois só em pensar em carregar, montar e ajustar você já desiste de sair para observar. Então não adianta ter um telescópio para não usar, se você não tem essa disposição é melhor algo mais portátil que seja utilizado sempre.

Abaixo está uma lista com exemplos de telescópios que podem ser adquiridos no Brasil. São construtores e empresas de qualidade reconhecida. Sempre que possível o preço será indicado. E sempre que eu encontrar novidades a lista será atualizada.

Espero que esses artigos possam ajudar a esclarecer as dúvidas e mostrar que adquirir um bom equipamento para iniciar não é tão difícil nem tão caro como muitos pensam.

Detalhe do telescópio Newtoniano de 135mm e sua montagem Dobsoniana

O construtor de telescópios Sebastião Santiago Filho de São Paulo capital, dispõe de uma ótima série de telescópios pré-projetados que vão de 135 mm até 300 mm, tanto Newtonianos como Cassegrains, com bons preços e condições de pagamento. Cada telescópio vem com uma ocular de 15mm Kellner importada e montagem dobsoniana como da foto ao lado. Existe também a opção de montagem equatorial com 'Clock Drive' para todos os modelos.Também é possível comprar cada modelo na forma de kit o qual vem acompanhado de CD ROM com manual detalhado da montagem. Boa opção para aqueles que querem montar pessoalmente o seu instrumento.

Site: http://www.telescopiosastronomicos.com.br/

O construtor de telescópios Sr. Dario Pires de Araraquara SP, tem larga experiência em instrumentos de qualidade. Amante da astro-fotografia, direcionou sua técnica de construção para telescópios curtos, f/5, f/6, com espelhos parabólicos e especialmente desenvolvidos para fotografar. Oferece também outras opções a partir de 150mm com oculares do tipo Plossl e buscadora também de sua confecção. Montagens de todos os tipos motorizadas ou não com ótimo acabamento mecânico.Veja em seu site vários exemplares de fotos feitas com uso de seus telescópios.O modelo de 150mm da primeira foto é a minha indicação para iniciar.

Site: http://www.techs.com.br/users/dariopires/

 

 

Detalhe do modelo ETX-90EC

 

A MEADE, renomada marca de telescópios, lançou a pouco tempo uma solução 'Hi Tech' que está sendo uma revolução na astronomia de quintal. Aliando qualidade ótica, portabilidade e controle computadorizado, tem aberto uma nova era no estudo de astronomia para o iniciante ou o astrônomo amador. São instrumentos tão pequenos que à primeira vista parecem brinquedos, mas na prática rivalizam com muitos telescópios maiores por uma fração do custo deles. Possui um moderno sistema computadorizado com mais de 30.000 objetos catalogados e vários acessórios como: adaptador para câmera fotográfica, adaptador para uso terrestre, maleta de transporte, tripés e software para conexão com computador externo. Possui diâmetros entre 70mm e 125mm e o modelo de 90mm (foto ao lado), é a minha indicação e foi testado pela revista Sky&Telescope com aumento de até 250x com resultados muito satisfatórios.

A MEADE é representada no Brasil pela OMNIS LUX: http://www.omnislux.com.br/

fonte:image

 

 

............................................................

 

comentários[0]

26

mar
2012

Netuno

...

image

comentários[0]

23

mar
2012

Urano

...

image

comentários[0]

22

mar
2012

Saturno

...

image

comentários[0]

21

mar
2012

Jupiter

...

image

comentários[0]
Assinar RSS

mais buscadas

2004-2011 Educação Adventista Todos os direitos reservados.